Você está na página 1de 11

 Inteligência é um conjunto que forma todas as características intelectuais

de um indivíduo, faculdade de conhecer, compreender, raciocinar, pensar e


interpretar. A inteligência é uma das principais distinções entre o ser
humano e os outros animais.

 Conceituar a inteligência é uma tarefa peculiar porque a inteligência


é a função psicológica responsável pela capacidade que temos de
compreender o significado das coisas, de conceituá-las.

 Existem muitas dificuldades no processo de conceituação da inteligência,


primeiro porque não podemos tocar nem vê-la, segundo porque é um
conceito complexo e ainda nem sabemos seu grau dessa complexidade,
terceiro porque enquanto característica psicológica ela interage com outras
funções psicológicas confundindo-se com elas.
 Inteligência Linguística: pessoas com facilidade em se
expressar, oralmente e através da escrita.

 Inteligência Lógica: pessoas com facilidade em trabalhar com


a lógica em geral, como operações matemáticas ou trabalhos
científicos.

 Inteligência Espacial: pessoas com facilidade em entender e


manipular o mundo visual, como imagens em 2D ou 3D.

 Inteligência Motora: pessoas que conseguem realizar


movimentos complexos com o próprio corpo, tendo para isso uma
espantosa noção de espaço, distância e profundidade dos
ambientes.
 Inteligência Musical: com facilidade em identificar e
reproduzir diferentes tipos de padrões sonoros, além de criar
músicas ou harmonias inéditas

 Inteligência Interpessoal: pessoas com facilidade de liderar,


a partir do entendimento do ponto de vista e intenções dos outros.

 Inteligência Intrapessoal: pessoas com facilidade em


observar, analisar e compreender a si próprias.

 Inteligência naturalista: são as pessoas com facilidade de


identificar e diferenciar diferentes padrões presentes na natureza.
 O conceito de Inteligência Emocional está presente
dentro da psicologia e foi criado pelo
psicólogo estadunidense Daniel Goleman.

 A Inteligência Artificial é um ramo de estudo da ciência


da computação que se ocupa em desenvolver mecanismos e
dispositivos tecnológicos que consigam simular o sistema de
raciocínio dos seres humanos, ou seja, a sua inteligência.
 Engatinham e andam precocemente;
 Aprendem rápido a ler, escrever,desenhar e fazer esportes;
 Cultivam interesses obsessivos em algumas áreas;
 Fazem perguntas difíceis, que exigem capacidade de
raciocínio de um adulto;
 Reagem de forma intensa a ruídos, dor ou frustração;
 Tem muita energia, podendo ser confundidos com crianças
hiperativas;
 Necessitam de menos horas de sono que o normal para a
idade.
 Geralmente, a observação por parte de... professores e
pais tem um papel fundamental na identificação de
portadores de altas habilidades, apesar de não ser a única
e nem a principal forma de identificar portadores de altas
habilidades. A forma mais confiável envolve uma
combinação de testes e avaliações por parte de um
psicólogo e, no caso de indivíduos ainda em idade
escolar, observação e relatórios dos professores.

 No teste, o QI do indivíduo geral tem que estar acima de


130, e outras habilidades testadas tem de estar em
percentis altos. Através de relatos e entrevistas, incluindo
as características das altas habilidades citadas acima.
 O conceito de superdotação e a sua definição é muito
polêmico e complexo. Alguns teóricos que seguem a
linha da psicometria consideram
como superdotados somente as pessoas que
apresentam QI total avaliado no teste WISC e agora no
SON R e o Wais, escala de inteligência para
adultos, acima de 130. Psicólogos da área da
psicometria, seguindo os passos de Lewis Terman, em
1916, associavam superdotação a Q.I’s elevados. Até
hoje, a superdotação e Q.I elevado continuam, por
muitos teóricos e profissionais, a ser sinônimo.
 Tipo Intelectual:apresenta flexibilidade e fluência
de pensamento,capacidade de pensamento
abstrato para fazer associações, produção
ideativa, rapidez do pensamento, compreensão e
memória elevada, capacidade de resolver e lidar
com problemas.

 Tipo Acadêmico: evidencia aptidão acadêmica


especifica, atenção, concentração; rapidez de
aprendizagem, boa memória, gosto e motivação
pelas disciplinas acadêmicas de seu interesse;
habilidade para avaliar, sintetizar e organizar o
conhecimento; capacidade de produção
acadêmica.
https://www.significados.com.br/inteligencia/. Acesso em 28/06/2018

http://www.psicosite.com.br/pro/art004.htm. Acesso em 28/06/2018

http://fait.revista.inf.br/imagens_arquivos/arquivos_destaque/iv8QVLnve57UjqC_2017-1-21-10-48
42.pdf. Acesso em 28/06/2018

https://www.portaleducacao.com.br/conteudo/artigos/idiomas/conceito-de-inteligencia/36714#. Acesso em
28/06/2018

CONCEITOS DE INTELIGÊNCIA E A TEORIA DAS INTELIGÊNCIAS MÚLTIPLASNOVIKOBAS, Augusto Cesar dos


Santos Acadêmico do Curso de Pedagogia da Faculdade de Ciências Sociais e Agrárias de Itapeva LAMARI
MAIA, Luciano Brunelli Docente da Faculdade de Ciências Sociais e Agrárias de Itapeva. Acesso em 01/07/2018

http://apahsd.org.br/caracteristicas-dos-alto-habilidosos/. Acesso em 01/07/2018

https://www.palpitedigital.com/alta-habilidade-superdotacao-qual-diferenca caracteristicas/. Acesso em


01/07/2018

https://www.almanaquedospais.com.br/diferenca-entre-superdotacao-altas-habilidades-e-inteligencia
superior/. Acesso em 02/07/2018

http://www.ebc.com.br/infantil/para-pais/2014/12/como-saber-se-a-crianca-e-superdotada. Acesso em
07/07/2018

http://www2.camara.leg.br/camaranoticias/tv/materias/PARTICIPACAO-POPULAR/47856 COMO -
IDENTIFICAR-E-ESTIMULAR-UMA-CRIANCA-COM-ALTAS-HABILIDADES.html. Acesso em 07/07/2018