Você está na página 1de 38

GERENCIAMENTO

DE RESÍDUOS
SÓLIDOS

Aula 1

Gisele Teixeira Saleiro


Estudo de Resíduos

• OBJETIVOS

Definição de resíduos sólidos.


Impactos ambientais relacionados aos
resíduos sólidos.
Conceito de avaliação do ciclo de vida dos
produtos gerados.
2
A Geração de Resíduos
Ao longo do desenvolvimento das formas de
organização dos seres humanos, as
atividades realizadas cotidianamente
geraram e descartaram quantidades
crescentes de resíduos na natureza e, este
é um processo inerente a vida dos seres
humanos.
3
A Geração de Resíduos
Ao longo do desenvolvimento das formas de
organização dos seres humanos, as
atividades realizadas cotidianamente
geraram e descartaram quantidades
crescentes de resíduos na natureza e, este
é um processo inerente a vida dos seres
humanos.
4
A Geração de Resíduos

Temos observado que a capacidade que os


seres humanos têm de explorar a natureza
para dela retirar elementos para sua
sobrevivência e sustento, não tem bastado.

5
A Geração de Resíduos
A conseqüente degradação ambiental é
percebida de forma clara e seus prejuízos
avançam, preocupam e colocam em risco a
sobrevivência dos seres humanos.

6
A Geração de Resíduos
Tais fatos associados são fatores
preponderantes no aumento da geração e
descarte de resíduos sólidos, sendo este
um enorme desafio ambiental a ser
enfrentado para que possamos alcançar a
sustentabilidade ambiental.

7
O que são resíduos sólidos?
A origem da palavra lixo, deriva da língua
latina, onde lix, significa "cinza" ou “lixívia”.
No dicionário Aurélio a palavra lixo significa
“aquilo que se varre da casa, do jardim, da
rua e se joga fora; entulho”

8
O que são resíduos sólidos?

O termo “resíduos sólidos” é um termo


técnico adotado pelos sanitaristas.
A palavra “resíduo”, também deriva do latim
residuu, que significa aquilo que resta de
qualquer substância e foi acrescida de
sólido.

9
Lixo
Lixo são produtos utilizados e liberados, que
não apresentam mais nenhuma capacidade
de sofrerem modificações para serem de
alguma forma novamente utilizados.

10
Resíduo

Resíduos sólidos são os produtos que uma


vez liberados, podem sofrer alterações e
serem novamente utilizados.

11
Lixo e Resíduo
lixo =de resíduo sólido

É representado por materiais descartados


pelas atividades humanas. Tais atividades
podem ser de origem doméstica, comercial,
industrial, hospitalar, agrícola, de serviços

12
Subdivisão dos Resíduos Sólidos

• Resíduos Sólidos Municipais (RSM);


• Resíduos de Serviços de Saúde (RSS);
• Resíduos Sólidos Industriais (RSI) ;
• Resíduos da Construção Civil (RCC);

13
Importância da Classificação

Para a tomada de decisões técnicas e


econômicas
* manuseio; * acondicionamento;
* armazenagem; * coleta;
* transporte;
* tratamento e disposição final.

14
NBR 10004

Publicada em 31 de maio de 2004.

Resíduos nos estados sólido e semi-sólido,

que resultam de atividades de origem

industrial, doméstica, hospitalar, comercial,

agrícola, de serviços e de varrição.

15
Resíduos Sólidos Municipais (RSM)

• Resíduos domésticos
• Resíduos comerciais e de serviços
• Resíduos de limpeza pública

16
Resíduos Residenciais
Também conhecido como lixo doméstico:

restos de alimentos, embalagens de

papel/papelão, plástico e vidro, papel

higiênico, fraldas descartáveis, podendo

conter ainda, pilhas e baterias, lâmpadas,

restos de produtos de limpeza,

medicamentos vencidos, tintas, trapos etc.;


17
Resíduos Comerciais e de Serviços
São os resíduos gerados em
estabelecimentos comerciais, tais como
lojas, restaurantes, escritórios, hotéis,
bancos etc.,
Constituído principalmente por papéis,
papelão, restos de alimentos, embalagens
diversas, papéis toalha e higiênico.
18
Resíduos de Limpeza Pública

Englobam resíduos de varrição, constituídos


por terra e areia, poeira, folhas e restos
vegetais, bem como papéis, embalagens e
restos de alimentos;

19
Resíduos de Serviços de Saúde (RSS)
Compreendem todos os resíduos gerados
nas instituições destinadas à preservação
da saúde da população, tais como
farmácias, hospitais, clínicas médicas,
odontológicas e veterinárias, postos de
saúde etc.;

20
Resíduos de Construção Civil (RCC)

Também denominados entulhos, são


aqueles oriundos de obras civis, compostos
de materiais inertes, tais como concreto,
argamassa, madeira, plásticos, papelão,
vidros, cerâmica, terra e areia, e de outros
compostos como tintas e sucatas metálicas.

21
Resíduos Sólidos Industriais (RSI)
São aqueles gerados pelas diversas
atividades industriais, podendo apresentar
características muito distintas;

22
Resíduos de Fontes Especiais

Resíduos, que, por suas características


peculiares, necessitam de cuidados
especiais, englobando resíduos radioativos,
agrícolas, de portos, aeroportos e terminais
rodoferroviários, entre outros.

23
Impactos Ambientais

24
Os impactos ambientais promovidos por
resíduos sólidos são intensos, de difícil
resolução e, bastante preocupantes.

25
Produção do Resíduo Sólido
A geração de resíduos no mundo gira em
torno de 12 bilhões de toneladas por ano;
2020 o volume previsto é de 18 bilhões de
toneladas/ ano.

26
Produção do Resíduo Sólido
Em 2008 foram produzidos
aproximadamente 67 milhões de toneladas
de resíduos, apresentando múltiplos
desafios e dilemas para sua gestão.

27
Coleta e Destino

Pouco mais da metade (50,8%) o destina


para os lixões.
Trata-se de um grande desafio a ser
enfrentado, pois a disposição inadequada
do lixo pode causar poluição das águas e do
solo, bem como problemas de saúde
pública.
28
O Ciclo da Vida
O Ciclo da vida é a história completa do
produto através de suas fases de vendas:
introdução, crescimento, maturidade e
declínio.

29
30
Os Custos Ambientais de um Produto

Os custos ambientais vêm crescendo


sistematicamente em função de exigências
legais e sociais e por isso mesmo, sua
identificação, mensuração, evidenciação e
gestão passam a ser fator crítico de
sucesso das empresas.

31
Gestão dos Custos Ambientais

A gestão dos custos ambientais está


associada aos impactos da atividade, que
são identificados através de direcionadores
de atividades e direcionadores de custos,
característicos dos sistemas de custeio por
atividade.

32
Custos de um Produto

Os custos de um produto envolvem a


produção passada, presente e futura, em
todo o seu ciclo de vida, permitindo gerir os
custos presentes e futuros e, com isso, sua
otimização.

33
A População e o Lixo

• De que forma podemos contribuir?


• O uso sustentável
• Usamos o que precisamos?

34
Nesta Aula:
• Vimos o conceito de resíduos sólidos e a
sua normalização pela NBR 10004.
• Apresentamos alguns impactos ambientais
causados por resíduos sólidos.
• Analisamos o conceito de ciclo de vida e
sua relação com a geração e descarte de
resíduos sólidos.
35
Gerenciamento
de Resíduos
Sólidos

Atividade

Professora: Gisele
Teixeira
• De que forma podemos contribuir para a
diminuição do acúmulo de resíduos sólidos
sem afetar o bem estar da população?
a-) limitando a compra de produtos;
b-) incentivando a reciclagem;
c-) diminuindo o uso de quaisquer tipos de
produtos;

37
• Resposta:
• Letra b
• A reciclagem permite reduzir o consumo de
matérias-primas, de utilização de energia e
a poluição do ar e da água, ao reduzir
também a necessidade de tratamento
convencional de lixo.

38