Você está na página 1de 62

Os Primeiros

Habitantes
da Península
Ibérica
Portugal, o
país onde
vivemos, nem
sempre foi
como hoje o
conhecemos.
Partilha com
a Espanha a
Península
Ibérica…
…povoada ao
longo de
muitos
séculos por
povos de
outras regiões
que aqui se
instalaram…
Os Iberos

Há cerca de 3000 anos, os Iberos viveram


na Península Ibérica.
Os Iberos

Eram agricultores, pastores e também se


dedicavam à cerâmica…
Os Iberos

… e à arte de trabalhar o ouro.


Os Celtas

Muito tempo
depois
chegaram os
Celtas.
Misturaram-se com os Iberos, originando os
Celtiberos.
Os castros ou citânias

Viviam no cimo
dos montes em
aldeias rodeadas
por muralhas, os
castros ou
citânias.
Distribuição de Iberos, Celtas e Celtiberos
Os Povos do Mediterrâneo
visitaram a Península Ibérica,
atraídos pelas suas riquezas
naturais.
Primeiro, os Fenícios,
depois os Gregos e mais
tarde os Cartagineses.
Os Povos do Mediterrâneo

Dedicavam-se ao comércio e vieram por mar,


aproveitando as águas calmas do Mediterrâneo.
Os Povos do Mediterrâneo

Da Península, levavam metais como cobre,


estanho, ouro e prata.
Os Povos do Mediterrâneo

Trocavam-nos
por armas,
tecidos,
estatuetas e
peças em
vidro e
cerâmica.
Os Povos do Mediterrâneo

Eram povos mais evoluídos e além das


mercadorias, trouxeram novos hábitos e costumes.
Os Povos do Mediterrâneo

Os povos da Península adquiriram com eles a


aprendizagem de novas técnicas artesanais, por
exemplo o fabrico de cerâmica e vidro,…
Os Povos do Mediterrâneo
…a escrita
com os
Fenícios,…
Os Povos do Mediterrâneo

…a conservação
dos alimentos
pelo sal com os
Cartagineses,…
Os Povos do Mediterrâneo

…o uso da
moeda
com os
Gregos.
Os Povos do Mediterrâneo

Rotas comerciais
Os Lusitanos

Da mistura de alguns
povos que viveram na
Península Ibérica,
resultou um povo
denominado Povo
Lusitano.
Os Lusitanos

Os Lusitanos eram
bons guerreiros,
viviam em tribos e
dedicavam-se à
agricultura e à pesca.
Como viviam?

"O seu principal


alimento é a carne
de cabra... Nas três
quartas partes do
ano o único alimento
na montanha são as
glandes de carvalho
que, secas,
quebradas e pisadas,
servem para fazer
pão.
Como viviam?

Uma espécie de
cerveja feita com
cevada é bebida
vulgar, enquanto o
vinho é raro.
Como viviam?

Comem sentados.
Para isto há bancos de
pedra, dispostos em
roda das paredes e em
que os convivas tomam
lugar segundo a idade
e a posição. A comida
circula de mão em
mão...
Como viviam?

Nas terras interiores


só se conhece o
comércio de troca,
ou então cortam-se
lâminas de prata em
bocadinhos que se
dão em pagamento
do que se compra.“
Os Romanos

No século III a.C., os


Romanos invadiram a
Península Ibérica, a qual
era habitada nessa
altura pelos Celtas,…
Os Romanos

…que ocupavam todo o


território a norte do rio
Douro, e os Lusitanos,
que ocupavam o
território entre o rio
Douro e o rio Tejo.
Os Romanos eram um povo com muita
habilidade na arte da guerra e civilizado.
Os Romanos

Construíram pontes, estradas e monumentos.


Os Romanos

Deixaram também a sua religião, o cristianismo


e a sua língua, o Latim.
Os Romanos e a resistência dos Lusitanos

O exército romano
era muito poderoso
porém foi
confrontado pela
grande resistência
dos Lusitanos…
Os Romanos e a resistência dos Lusitanos

…que travaram
duras batalhas
com os Romanos,
nas quais
obtiveram
grandes vitórias.
Os Romanos e a resistência dos Lusitanos

Os Romanos
propuseram tréguas aos
Lusitanos…
Os Romanos e a resistência dos Lusitanos

…quando os Lusitanos
desceram das
montanhas e
depuseram as suas
armas viram que tinham
caído numa cilada.
Os Romanos e a resistência dos Lusitanos

Foram cercados pelos Romanos que os


massacraram traiçoeiramente.
Viriato, o pastor guerreiro
Viriato, o pastor guerreiro

Nessa altura, vivia


um pastor nos
montes Hermínios,
de nome Viriato, que
era muito corajoso, a
quem chamavam
“Pastor Guerreiro”.
Viriato, o pastor guerreiro

O exército Romano
sentindo-se
humilhado por não
conseguir vencer os
Lusitanos,
comandados por
Viriato,…
Viriato, o pastor guerreiro

…contratou três
companheiros do
“Pastor Guerreiro”
que o assassinaram à
traição enquanto
dormia.
A morte do chefe Viriato
Pintura Renascentista Quadro do Museu de Arte de Madrid-Espanha
Monumento a
Viriato,
em Viseu
Contudo, a
resistência dos
Lusitanos não ficou
por aqui, e elegeram
um novo chefe –
Sertório.
Sertório acabou por
ter a mesma sorte
que Viriato e
também foi
assassinado à traição
durante um
banquete.
Por fim, os Romanos
conseguiram a vitória
sobre os Lusitanos, e
a Lusitânia passou a
ser uma província do
Império Romano.
A invasão pelos Bárbaros

Após cerca de 600 anos de domínio romano, a


Península Ibérica foi invadida pelos Bárbaros, dos
quais se destacaram os Visigodos.
A invasão pelos Bárbaros

Chamavam-se “bárbaros” por serem povos


guerreiros e menos civilizados.
A chegada dos Mouros

Por volta do ano


700, o povo
Árabe, vindo do
Norte de África, …
A chegada dos Mouros

…atacou a Península Ibérica, dominando-a


por mais de 500 anos.
Os Mouros

Este povo
transmitiu-nos
grande parte da
sua cultura
(Matemática,
Astronomia,
Navegação,
Agricultura, etc.)
Os Mouros

Na agricultura trouxeram a azenha …


Os Mouros

…e a cegonha
que servia para
tirar água dos
poços.
Ensinaram a moer os
cereais em moinhos de
vento.
Os Mouros

Também nos deixaram


muitas palavras que
enriqueceram a nossa
língua, como:
algarismo, alcatruz,
zero, chafariz, algodão,
arroba...
A expulsão dos Mouros

Depois de 500 anos


de domínio Árabe, os
habitantes das
Astúrias iniciaram a
expulsão dos Mouros
da Península Ibérica.
A expulsão dos Mouros - Batalha de Covadonga

Esta expulsão começou com a batalha de


Covadonga, nas Astúrias, no Norte da Península
Ibérica.
Ao conquistarem terras aos Mouros, estes foram
sendo empurrados para o sul da Península Ibérica.
Formaram-se novos reinos:
Leão Castela, Navarra e Aragão.
Obrigada!
A equipa que
produziu este
documento
agradece a vossa
atenção.
Bibliografia consultada

http://www.eb23-cmdt-conceicao-silva.rcts.pt/sev/hgp/index_h.htm
http://sol.sapo.pt/blogs/olindagil/
História Cronológica do meu Portugal