Você está na página 1de 38

CURSO BÁSICO

ENTENDENDO O ESPIRITISMO
AULA 2

z
“Como se criou o corpo
da doutrina espírita e
quem a criou? Sucinta
biografia de Allan
Kardec”
z
1ª REVELAÇÃO

10 mandamentos
(Moisés)
Lei da Justiça
z
2ª REVELAÇÃO

Evangelhos
(Jesus -> Consolador)
Lei do Amor
z
3ª REVELAÇÃO

Espiritismo
(Espírito da Verdade)
Ensinará todas as coisas
z
3ª REVELAÇÃO

“E eu rogarei ao Pai, e ele vos


dará outro Consolador. “
(João 14:16)
z
3ª REVELAÇÃO

“O Espírito da Verdade, que o mundo


não pode perceber, porquê não o vê
nem o conhece ... vós ensinará todas
as coisas e vós fará lembrar de tudo o
que vos tenho dito. “
(João 14:17-26)
z
DOUTRINA ESPÍRITA

Doutrina Espírita -> Conjunto


de ideias fundamentais, sobre
as quais se alicerça o
Espiritismo.
z
DOUTRINA ESPÍRITA

 Elevado potencial redentor.

 De fácil assimilação.

 Alcançasse a todos.

 Convite à redenção.

 Bases evangélicas.
z
DOUTRINA ESPÍRITA

Nos ensina que:


 Deus é a Inteligência Suprema,
causa primeira de todas as coisas.
 Espírito é um tipo de fluido, que no
nosso caso, está associado à
matéria.
z
CODIFICAÇÃO

É a elaboração/organização de ideias
cuja finalidade é facilitar a sua
divulgação.
z
O CODIFICADOR
z
ALLAN KARDEC

Hippolyte Leon Denizard Rivail


Nasceu no dia 3 de outubro de 1804
na cidade de Lyon, na França,
morrendo em Paris em 1869.
z
ALLAN KARDEC

Por que ele?


z
ALLAN KARDEC

Foi discípulo do educador Pestalozzi,


dedicando sua vida às atividades
educacionais.
z
ALLAN KARDEC

Foi um profundo conhecedor de


várias línguas, além de ser mestre
em química, matemática, astronomia,
física, fisiologia, retórica, anatomia
comparada e francês.
z
ALLAN KARDEC

Pertenceu a várias sociedades


culturais da França e escreveu 18
obras de pedagogia.
z
ALLAN KARDEC

Por que ele?


z
ALLAN KARDEC

Kardec, após assistir várias


apresentações das mesas girantes e
outros fenômenos, decidiu investigar
tais situações.
z
ALLAN KARDEC

Depois de uma série de experiências,


ele entendeu que muitas respostas
às perguntas sobre diversos
problemas eram fornecidas realmente
por espíritos, sem nenhuma
possibilidade de intervenção humana.
z
ALLAN KARDEC

Aos poucos, foi reunindo várias


informações, descobrindo uma série
de leis, codificando e publicando-as.
z
ALLAN KARDEC

Um ano antes da sua morte, fundou


a Revista Espírita e a Sociedade
Parisiense de Estudos Espíritas. Foi
considerado um "fenômeno" para a
época, pois escrevia seus livros em
transe.
z
ALLAN KARDEC

Os livros basilares da Doutrina


Espírita codificada por Allan Kardec,
formam o Pentateuco Kardequiano.
Pentateuco -> vem do grego,
pentateuchos, que significa cinco
livros.
z
ALLAN KARDEC

O Livro dos Espíritos (1857): nele


estão contidos os princípios
fundamentais da Doutrina Espírita.
z
ALLAN KARDEC

O Livro dos Médiuns (1861): fala


sobre o caráter experimental e
investigativo do espiritismo, visto
como ferramenta para se
compreender os fenômenos ditos
espíritas ou mediúnicos, que teriam
como causa a intervenção de
espíritos no mundo material.
z
ALLAN KARDEC

O Evangelho Segundo o
Espiritismo (1864): explica os
ensinamentos de Jesus sob a óptica
da doutrina espírita, dando atenção
especial a aplicação dos princípios da
moral cristã e de questões de ordem
religiosa como a prática da caridade,
da prece e da gratidão.
z
ALLAN KARDEC

O Céu e o Inferno (1865): Entre os


assuntos abordados estão: causas do
temor da morte, o céu, o inferno, os
limbos, o purgatório, a doutrina das
penas eternas, o código penal da
vida futura, os anjos e arcanjos, a
origem da crença dos demônios.
z
ALLAN KARDEC

Contém, também, dezenas de


diálogos estabelecidos com diversos
espíritos, nos quais estes narram as
impressões que trazem do além-
túmulo.
z
ALLAN KARDEC

A Gênese (1868): aborda diversas


questões de ordem filosófica e
científica, como a criação do
universo, a formação dos mundos, o
surgimento do espírito e a natureza
dos ditos milagres, segundo o
paradigma espírita de compreensão
da realidade.
z
ALLAN KARDEC

Entre os assuntos tratados em O


Livro dos Espíritos, estão os
conceitos de encarnação e
reencarnação
z
ALLAN KARDEC

De acordo com a doutrina espírita,


o processo reencarnatório é
importante para a nossa evolução
material-espiritual.
z
ALLAN KARDEC

A doutrina nos ensina, também, que


"muitos problemas de saúde podem
ter como causa, fatos passados,
inclusive de outras vidas".
z
ALLAN KARDEC

Portanto, a compreensão sobre o


tema "vidas passadas" pode ajudar a
resolver e entender muitos dos
nossos problemas.
z
ALLAN KARDEC

Suas obras foram traduzidas para


vários idiomas. Devido à liberdade de
culto, a expansão do espiritismo
representa uma forte corrente de
opinião quando o tema refere-se à
religião.
z
ALLAN KARDEC

A grande influência intelectual da


França no século 19 favoreceu a
expansão do espiritismo, que surgiu
como popularizador contra a
propagação dos ideais apenas
materialistas.
z
ALLAN KARDEC

Difundida em vários países,


especialmente no Brasil, que é maior
país espírita do mundo, o espiritismo
tem milhares de adeptos.
z
CURIOSIDADES

O pseudônimo Kardec advém da


revelação de um espírito sobre uma
das encarnações deste nosso grande
amigo, na Gália, junto aos druidas
onde ele se chamava “Allan Kardec”.
z
CURIOSIDADES

No 4º congresso Mundial em Paris,


no ano de 2004, o médium Divaldo
Pereira Franco, psicografou ao
inverso e em francês, (língua que não
tem fluência) a seguinte informação:
z
CURIOSIDADES

Allan Kardec, no século XV,


reencarnou como o reformador
religioso Jan Hus, que foi queimado
como herege.