Você está na página 1de 42

AULA DIGITAL

E
PLANO DE AULA
Equipe responsável pela produção
Nome do(a) Educopedista produtor(a) da aula: Petronilha Alice
Nome do(a) Educopedista revisor(a) da aula: Tânia Almeida
Coordenador de disciplina: Maria Poyares
Coordenador Pedagógico: Anderson Souto

Disciplina Ano Aula número


Língua Portuguesa 4º 3

Tema da Aula Digital

Enquadrando imagem, humor e crítica: a charge.


PARÂMETROS DIDÁTICOS
Competências e Habilidades envolvidas

- Distinguir um fato de uma opinião relativa a esse fato;


- Estabelecer relação causa/consequência entre partes e elementos do texto;
- Identificar a finalidade de textos de diferentes gêneros;
- Identificar efeitos de humor ou ironia;
- Identificar o efeito de sentido decorrente do uso da pontuação e de outras
notações;
- Identificar o tema de um texto;
- Inferir o sentido de uma palavra ou expressão;
- Inferir uma informação implícita em um texto;
- Interpretar texto com auxilio de material gráfico.

Referencial Teórico
Orientações Curriculares de Língua Portuguesa - SME/RJ
Atividade 1: Relembrando
Vamos relembrar o que você aprendeu na última aula?
Na aula anterior, você estudou como De verso em verso, faz-se o poema.

O objetivo central desta aula foi compreender a diferença entre prosa e poesia a partir do
gênero poema, reconhecendo seus principais recursos, como a organização em versos e
estrofes, a rima e o ritmo.

Clique na figura ao lado que traz


dicas de como escrever um poema.
Escreva as que você considere mais
importantes como dica para escrever
um bom poema em seu caderno.

Fonte: Ana Paula Lavado


Atividade 2: Apresentação inicial

Nesta aula, você vai aprender Enquadrando imagem, humor e crítica: a charge. Ao final
da aula, você estará pronto para:

Compreender os efeitos de humor e de ironia ao


lado do tom crítico no gênero charge (que conjuga
linguagem verbal e não verbal).

Fonte: Reflexões Diárias

Bons estudos!
Atividade 3: Pergunta-desafio
Observe as charges abaixo.

Fonte: Rfolha da Produção Fonte: Richar Lima Arquitetura

Você seria capaz de observar a crítica ao lado do humor e da ironia nas charges
acima?
Atividade 4: Por que isso é importante?
Clique na figura a abaixo e assista uma charge com o tema Cotidiano – Minhas Férias.

Fonte: Alexacs1

Agora, responda em seu caderno:

Esse texto está recheado de características do gênero charge. Qual seria a importância
desse tipo de discurso em nossas vidas?

Vamos, nesta aula, conhecer mais sobre o gênero charge.


Atividade 5: Educoquiz 1 – O que você já sabe?
Observe a charge a seguir para responder o Educoquiz 1 - questões 1 a 3.

Fonte: Scridb

1. Qual o personagem em destaque?

A) Um cão.
B) Uma vaca.
C) Um rinoceronte.
D) Um porco.
Atividade 5: Educoquiz 1 – O que você já sabe?

A) Resposta incorreta. Não é um cão, mas um porco aparentemente doente.


B) Resposta incorreta. Não é uma vaca, mas um porco aparentemente doente.
C) Resposta incorreta. Não é um rinoceronte, mas um porco aparentemente doente.
D) Resposta correta. É um porco, que está aparentemente doente.
Atividade 6: Educoquiz 1 – O que você já sabe?
Observe a charge a seguir para responder o Educoquiz 1 - questões 1 a 3.

Fonte: Scridb

2. Observe a expressão desta personagem e assinale sua principal característica física.

A) Ele está saudável.


B) Ele está irônico.
C) Ele está doente.
D) Ele está alegre.
Atividade 6: Educoquiz 1 – O que você já sabe?

A) Resposta incorreta. Ele não está saudável. Pelo contrário, parece muito doente.
B) Resposta incorreta. Ele não está irônico, mas passa a imagem de que encontra-se
muito doente.
C) Resposta correta. Ele está doente, aparentemente resfriado ou gripado.
Notamos isso por uma que está saindo secreção pelo seu nariz.
D) Resposta incorreta. Ele não está alegre. Pelo contrário, parece muito adoentado.
Atividade 7: Educoquiz 1 – O que você já sabe?
Observe a charge a seguir para responder o Educoquiz 1 - questões 1 a 3.

Fonte: Scridb

3. Por que as pessoas correram e deixaram o porco sozinho?

A) Por que ele está com uma cara de mau.


B) Por que ele está com a aparência de muito doente e isso pode ser contagioso.
C) Por que ele deve estar fedendo, uma vez que é um porco.
D) Por que ele fez alguma porcaria muito grande.
Atividade 7: Educoquiz 1 – O que você já sabe?

A) Resposta incorreta. A multidão não correu porque ele está com uma cara de mau,
mas devido à aparência de doença contagiosa do porco.
B) Resposta correta. Ele está com a aparência de muito doente e isso pode ser
contagioso.
C) Resposta incorreta. A multidão correu pelo fato de aparentar uma gripe muito forte,
mas não por ele estar fedendo.
D) Resposta incorreta. Não foi porque ele fez alguma porcaria muito grande, mas
devido ao aspecto de gripe muito forte que porco apresenta.
Atividade 8: Momento de reflexão – Finalidade da charge
Observe a charge abaixo!

Fonte: Ar@quem News

charge é um estilo de ilustração que tem por finalidade satirizar, por meio de
uma caricatura, algum acontecimento atual com um ou mais personagens
envolvidos. Agora responda: qual é a finalidade da charge acima?
Atividade 9: Linguagem Verbal e Linguagem Não Verbal na charge

O que é linguagem?

É o uso da língua como forma de expressão e comunicação entre as


pessoas. Agora, a linguagem não é somente um conjunto de palavras
faladas ou escritas, mas também de gestos e imagens. Afinal, não nos
comunicamos apenas pela fala ou escrita, não é verdade?

Observe a charge: exemplo


de linguagem verbal
(óxente, polo norte 2100) e
linguagem não verbal
(imagem: sol, cactus,
pinguim).

Fonte: Ligado no Meio Ambiente


Atividade 10: O discurso chargístico
As charges recorrem a variadas estratégias de discurso para produzir
os efeitos cômicos e reflexivos aos quais se propõem. Na maioria dos
casos, apenas algumas técnicas são empregadas em uma mesma
produção, mas certos elementos mostram-se frequentes ou mesmo
essenciais e, por vezes, aparecem juntos.

Fonte : Geologia 1C

Qual a situação foi retratada na charge


acima? Responda em seu caderno.
Atividade 11: A caricatura na charge
O É um recurso presente na maioria das charges de jornais impressos;
O É fundamental para produzir efeitos de sentido gerados por todo conjunto da
charge: o texto imagético e verbal;
O Apresenta exagero nas características de um indivíduo, valorizando ou
ridicularizando traços mais marcantes.

Qual a Personalidade
Mundial que foi retratada
na charge ao lado?
Responda em seu
caderno.

Fonte: Amarildo charge


Atividade 12: Educoquiz 2 – O que você aprendeu até aqui?
Observe a figura e responda:

Fonte: Humor para Todos

1. Que tipo de gênero textual representa esta imagem?


A) Um cartum.
B) Uma charge.
C) Uma caricatura.
D) Um desenho animado.
Atividade 12: Educoquiz 2 – O que você aprendeu até aqui?
A) Resposta incorreta. Para que a imagem pudesse ser considerada um cartum, seria
necessário que seu conteúdo não dependesse de determinado contexto histórico ou
temporal para ser compreendido.
B) Resposta Correta – Pode- se considerar a imagem como uma charge, pois
possui características semelhantes às que observamos na charge apresentada
durante a aula. Possui teor crítico e aborda um tema abrangente, não se
limitando somente, à um contexto histórico ou temporal.
C) Resposta incorreta. A imagem seria uma caricatura caso representasse alguém de
acordo com alguma característica que se destaca em relação às demais do
indivíduo, ou que, por algum motivo, o autor da caricatura desejou realçar.
D) Resposta incorreta. Não podemos dizer que a imagem vista é um desenho animado,
pois não possui as características necessárias para ser definida desta forma.
Atividade 13: Educoquiz 2 – O que você aprendeu até aqui?

Observe a imagem e responda:

2. Qual tema a charge retrata?


Fonte: Física Fácil
A) Uma geladeira engraçada.
B) A vida animal.
C) Uma pessoa que leva um susto ao abrir sua geladeira.
D) Um dos efeitos do aquecimento global representado pelo derretimento das
geleiras.
Atividade 13: Educoquiz 2 – O que você aprendeu até aqui?

A ) Resposta incorreta. A charge não trata de uma geladeira engraçada, pois representa
o desequilíbrio causado pelo aquecimento global demonstrado pelo pinguins
refrescando-se na geladeira.
B) Resposta incorreta. A charge não pretende falar da vida animal.
C) Resposta incorreta. A charge não trata de uma pessoa que leva um susto ao abrir
sua geladeira, e sim , que fica espantada com os animais abrigados no lugar que não
faz parte da sua vida.
D) Resposta Correta. Um dos efeitos do aquecimento global representado pelo
derretimento das geleiras e foi um dos temas abordados na RIO+20.
Atividade 14: Educoquiz 2 – O que você aprendeu até aqui?

Fonte: Scribd
3. Assinale a alternativa que melhor interpreta a charge acima:

A) A mulher está fazendo a limpeza da sala de estar.


B) O conteúdo apresentado pela televisão pode ser considerado um lixo.
C) A televisão está se quebrando toda.
D) A mulher está vendo a televisão se quebrar.
Atividade 14: Educoquiz 2 – O que você aprendeu até aqui?

A) Resposta incorreta. Ela não está fazendo a limpeza da sala de estar. Ao contrário,
observa a televisão despejando um conteúdo inútil.
B) Resposta correta. O conteúdo apresentado pela televisão pode
ser considerado um lixo pela mulher, uma vez que todo o “blá,blá,blá” da
televisão cai em uma lixeira.
C) Resposta incorreta. A televisão não está se quebrando toda, mas despejando um
conteúdo inútil para o espectador.
D) Resposta incorreta. A charge não representa a mulher vendo a televisão se quebrar.
Ela observa, estática, um despejar de conteúdo lixo de dentro da televisão.
Atividade 15: Educoquiz 2 – O que você aprendeu até aqui?
4. Assinale a alternativa que melhor interpreta a charge:

Fonte: Scribd

A) Em 1990, o homem era pobre e novo. Em 2008, ele está velho e rico.
B) O aparelho de TV ficou mais moderno em 18 anos.
C) Quanto mais o aparelho de TV se moderniza e melhora sua imagem, mais o homem
vai ficando sedentário por passar mais tempo assistindo televisão.
D) O homem engordou porque assistiu muito à sua televisão nesses 18 anos.
Atividade 15: Educoquiz 2 – O que você aprendeu até aqui?

A) Resposta incorreta. A charge em questão não retrata que, em 1990, o homem


era pobre e novo, enquanto em 2008, ele está velho e rico.
B) Resposta incorreta. Ao observar a charge, percebemos que a informação passada
não é de que o aparelho de TV ficou mais moderno em 18 anos.
C) Resposta correta. Quando comparamos os dois períodos, percebemos que
quanto mais o aparelho de TV se moderniza e melhora sua imagem, mais o
homem vai ficando sedentário por passar mais tempo assistindo televisão.
D) Resposta incorreta. Pois, na charge, não ficou claro que o homem não engordou
porque assistiu muito televisão nesses18 anos.
Atividade 16: A multimodalidade na charge
O Os textos multimodais utilizam mais de um modo de elaboração da mensagem. Portanto, a
charge é multimodal porque o conteúdo presente nela é veiculado por meio de texto, de
imagem e de desenho

Fonte : Ivan Cabral

O Na charge, só o desenho pode ser multimodal, pois nele esta presente diferentes cores,
tamanhos, símbolos e expressões dos personagens.
O A multimodalidade torna a charge mais ativa e nada enfadonha;
O A interação de imagens e de palavras dá abertura ao leitor para a construção de ideias, de
opiniões e de conclusões.
Atividade 17: A charge e a ação social no espaço sociocultural
O Neste aspecto, a charge tem o propósito de provocar a reflexão sobre assuntos de
destaque na sociedade;
O Contém um complexo ideológico de seu autor e da sociedade
O O leitor precisa observar, através de seus traços, uma denúncia, o humor e uma
critica.

Fonte : Portal Fiel


Observe a charge acima e, através de seus traços, responda qual seria a denuncia, o
humor e a crítica contidos nela. Forme duplas para discutir o assunto.
Atividade 18: Charges virtuais

O As charges vêm se adaptando à evolução tecnológica dos meios de comunicação;


O São a confirmação de que os gêneros se adéquam às condições socio-históricas e às
possibilidades tecnológicas;
O São do mesmo gênero, mas utilizam diferentes suportes, como animação e som.

Clique na imagem ao
lado e assista uma
charges- Okê sobre
“Mosquitos da
Dengue - Tropa de
Elite”

Fonte: charges.com.br
Atividade 19: O uso da Ironia na charge
O O chargista não quer que opinião dele seja aceita como verdade, mas quer levar o leitor à
crítica, à reflexão e ao humor.
O A ironia é um dos principais elementos da charge. É um instrumento de denúncia, geralmente
de situações políticas e econômicas.
O Às vezes, a ironia é mal interpretada ou nem percebida.

Fonte : Ivan Cabral


Atividade 20: Educoquiz 3 - O que mais você aprendeu?
1. Assinale a alternativa que melhor interpreta a charge:

Fonte: Scribd
A) O cliente não esteve satisfeito com uma compra e denunciou, ao órgão competente,
os procedimentos ilegais da loja.
B) Devemos sempre usar o Código de Defesa do Consumidor para fazer reclamações
e reivindicações perante a loja.
C) As redes sociais tem sido uma ferramenta poderosa para reivindicar nossos direitos
e denunciar abusos promovidos por instituições.
D) O cliente não respeita as normas da loja e infringe a lei.
Atividade 20: Educoquiz 3 - O que mais você aprendeu?

A) Resposta incorreta. Na verdade, o cliente demonstrou, ao vendedor, o pleno


conhecimento do Código de Defesa do Consumidor.
B) Resposta correta. Devemos sempre usar o Código de Defesa do
Consumidor para fazer reclamações e reivindicações perante a loja.
C) Resposta incorreta. Só conquistamos nossos direitos aos conhecermos um pouco
mais da legislação existente.
D) Resposta incorreta. Não é o cliente que não respeita as normas, mas o vendedor
que tenta mostrar-se alheio ao Código de Defesa do Consumidor.
Atividade 21: Educoquiz 3 - O que mais você aprendeu?
2. Assinale a alternativa que melhor interpreta a charge:

Fonte: Scribd
A) A mulher pensa que o homem é um farmacêutico e o questiona sobre substâncias
para emagrecer.
B) O mendigo está procurando no lixeiro as substâncias que a mulher solicita.
C) O uso indiscriminado das drogas entre as mulheres ansiosas.
D) As contradições envolvendo o acesso à alimentação, pois alguns pretendem deixar
de comer para emagrecer enquanto outros são magros por falta de comida.
Atividade 21: Educoquiz 3 – O que mais você aprendeu?

A) Resposta incorreta. Pois, na verdade, a mulher acha que o homem está magro
devido ao uso de substâncias emagrecedoras.
B) Resposta incorreta. Pois o mendigo, na verdade, está com fome por isso procura
lixo.
C) Resposta correta. O uso indiscriminado das drogas entre as mulheres
ansiosas.
D) Resposta incorreta. Pois, na verdade, envolve uma contradição entre uma mulher
achando que o homem com ficou magro à base de medicamentos para o
emagrecimento que ela tanto anseia.
Atividade 22: Educoquiz 3 - O que mais você aprendeu?
3. Assinale a alternativa que melhor interpreta a charge:

Fonte: Scribd

A) A televisão, ultimamente, não tem servido para nada.


B) A televisão não desenvolve o senso crítico nem estimula o homem a pensar e
raciocinar.
C) O homem ficou louco por causa da televisão.
D) O homem é rural e a televisão dominadora, condicionando e regendo a humanidade.
Atividade 22: Educoquiz 3 - O que mais você aprendeu?

A) Resposta incorreta. Na verdade, a televisão age de forma a impedir que o homem


pense por conta própria.
B) Resposta correta. A televisão não desenvolve o senso crítico nem estimula o
homem a pensar e raciocinar.
C) Resposta incorreta. Na verdade, a televisão tenta a qualquer custo impor através de
seu discurso a sua opinião sobre como nós devemos agir.
D) Resposta incorreta. Na verdade, a televisão impõe sua opinião não porque o
homem é rural, mas sim devido a facilidade que esse meio de comunicação tem
para influenciar o cidadão.
Atividade 23: Educoquiz 3 - O que mais você aprendeu?
4. Assinale a alternativa que melhor interpreta a charge:

Fonte: Scribd
A) O idoso vai comprar seu remédio e depois, seu caixão, para aproveitar as
promoções.
B) O aumento dos preços dos medicamentos tem alterado ou impossibilitado alguns
idosos de os adquirirem, o que pode ocasionar sua morte.
C) Enquanto uns produtos aumentam de preço, outros são ofertados em promoções.
D) Para um idoso brasileiro, é melhor investir num caixão funerário que nos
medicamentos.
Atividade 23: Educoquiz 3 - O que mais você aprendeu?

A) Resposta incorreta. Devido à alta dos medicamentos, muitos idosos vão ficar sem
acesso aos remédios.
B) Resposta correta. O aumento dos preços dos medicamentos tem alterado ou
impossibilitado alguns idosos de os adquirirem, o que pode ocasionar sua
morte.
C) Resposta incorreta. Na verdade, todos os medicamentos tiveram aumento,
impossibilitando a muitos idosos sua aquisição.
D) Resposta incorreta. Na verdade, nenhum idoso pensa em investir em caixão
funerário, mais anseiam por melhores condições de saúde.
Atividade 24: Educoquiz 3 - O que mais você aprendeu?
5. Assinale a alternativa que melhor interpreta a charge:

Fonte: Scribd

A) Os bancos mudaram todo o sistema de pagamento de deposito automático.


B) Os idosos têm dificuldade para lidar com novas tecnologias,procedimentos e
códigos modernos.
C) O brasileiro continua analfabeto e ignorante diante das mudanças no cenário
mundial.
D) Os bancos mudaram todo sistema de transações automáticas e a população está
com dificuldade.
Atividade 24: Educoquiz 3 - O que mais você aprendeu?

A) Resposta incorreta. Na verdade, não é devido a uma mudança no sistema de


pagamento de deposito automático, mas à dificuldade dos idosos assimilarem novas
tecnologias.
B) Resposta correta. Os idosos têm dificuldade para lidar com novas tecnologias,
procedimentos e códigos modernos.
C) Resposta incorreta. A charge em questão não retrata o analfabetismo, a dificuldade
de assimilação de novas tecnologias pelos idosos.
D) Resposta incorreta.
Atividade 25: Você está sendo desafiado
O desafio agora é utilizar um jornal ou revista, pode ser impresso ou pela internet, como
a “Folhinha de São Paulo” ou “O Globinho”, para selecionar uma reportagem, notícia,
artigo de opinião ou outro texto publicado. Escolham o assunto de interesse para
discutirem e elaborarem uma charge. Após produzirem a charge, enviem ao suporte
escolhido. Depois é só continuar acessando para ver se ela foi publicada. De qualquer
forma o editor do jornal irá ler e ficará sabendo de sua opinião da matéria através da
charge produzida. Leiam, interajam e sejam cidadãos críticos.

O A charge não pretende apenas distrair, mas, ao contrário,


alertar, denunciar, coibir e levar à reflexão”
O A agressividade, presente na charge, incita o leitor a se
conscientizar e assumir uma atitude crítica diante do texto.
O A charge é uma crítica temporal, desta forma, seu texto
envelhece rápido. Há, no entanto, alguns casos em que a
charge é republicada.

Fonte: Speranza Nueva


Atividade 26: Construindo um resumo

Agora que você aprendeu sobre

Enquadrando imagem, humor e crítica: a charge.

Escreva até 10 pontos principais estudados aqui. Para


isso, utilize o seu caderno!

Fonte: Conexão Ligth


Atividade 27: Educossíntese
Veja se você citou, em seu resumo, ao menos 5 dos 10 pontos apresentados abaixo. Se
existirem alguns pontos diferentes, discuta com os seus colegas e verifique, também, as
anotações deles.

- Interpretamos textos com o auxílio de - Identificamos efeitos de humor nos textos;


materiais gráficos diversos; - Estabelecemos diferenças entre fato e
- Identificamos a finalidade da charge; opinião;
-Diferenciamos linguagem verbal da - Produzirmos uma charge a partir de uma
linguagem não verbal; notícia de jornais infantis, como a “Folhinha
- Compreendemos os elementos de São Paulo” ou “O Globinho”;
composicionais da charge, conjugando - Analisamos charges que tenham a ver com
linguagem verbal e não verbal; maus comportamentos humanos, como jogar
- Observamos o caráter histórico e temporal lixos na rua, maltratar os animais, acumular
da charge e sua relação com as notícias água parada criando focos da dengue,
jornalísticas; crianças em trabalho infantil etc.;
- Estabelecemos relações entre os suportes - Observamos a crítica ao lado do humor e
e a charge (jornais, revistas, sites de da ironia na charge.
charges animadas);
Atividade 28: Na próxima aula...

Na próxima aula, você aprenderá sobre


“Histórias lendárias brasileiras: a lenda
folclórica”. Você entenderá a lenda
como um texto que revela versões
sobre a explicação de alguns
fenômenos, identificando os elementos
e as partes que constroem a narrativa,
além dos recursos que evitam repetição
de palavras no texto.
Fonte: Sempre Tops

Até a próxima aula!

Interesses relacionados