Você está na página 1de 13

O

C
I
C
L
O O Ciclo da Água
4º ano de escolaridade
D
A

Á Formandas|
G
U Maria Cândida Sousa | Professora do 1º ciclo, E.B.1/JI de Gestalinho- Barca Maia
a
Rosa Maria Vilaça | Professora do 1º ciclo, E.B.1/JI de Ferronho- S. Pedro de Avioso Maia

Formadora: Maria Paula Rocha Melo

Maia,02 de Junho de 2005


O

C
I
C
L
O O ciclo
D
A da
Á água
G
U
a

A água é um líquido abundante na natureza. Não


apresenta sempre o mesmo aspecto.
Conhecem a "História de uma gotinha de água"? ...
O

C
I
C
L
O

D
A

Á Era uma vez uma gotinha


G
U de água pequenina e transparente.
a
Juntamente com outras Salpico formava a

água de um lago.
O

C
I
C
L
O
Um dia, o Sol
D
A
brilhante aqueceu
Á
G a água do lago.
U
a As Salpico separaram-se,

subiram e formaram o vapor de água.

Já não se viam as Salpico.


O

C
I
C
L
O
No céu,
a gotinha juntou-se
D a muitas outras e
A formaram as nuvens.
Á
G O vento empurrou as nuvens e a
U
a

Gotinha viajou por muitas terras.


O

C
I Quando a nuvem
C
L
ficou mais pesada
O
e encontrou ar mais frio,
D
A algumas
Salpico
Á
G caíram
U em forma
a de chuva.
O

C
I
C Ao passar pela montanha,
L o ar era muito, muito frio e
O
a gotinha juntou-se a outras e
D formaram água sólida.
A
Caíram na terra
Á
em forma
G
U de neve.
a
O

C
I
C
L
O
O calor do sol
D
A
derreteu a neve
Á
G
U
a e as Salpico voltaram a ser

água
líquida.
O

C
I Parte da água
C
L introduziu-se na terra
O

D e alimentou as plantas.
A

Á
G
Outra parte infiltrou-se no solo.
U
a Quando encontrou rochas impermeáveis
formou
um lençol
de água.
O

C
I
C
L
O

D
A

Á A gotinha,
G
U com outras companheiras,
a correu debaixo da terra
e formou
uma nascente.
O

C
I
C
L
O

D A gotinha de água
A

Á
foi ter ao rio
G
U
a
onde conheceu os peixes.
O curso da água levou a gotinha até ao mar.
O

C
I
C
L
O

D
A

Á
G
Agora a gotinha faz parte do mar. Vive numa
U
a onda à espera que o Sol a aqueça para de

novo poder subir e começar uma nova


viagem.
O

C
I
C CALOR DO SOL EVAPORA
L INDO AO CÉU PARAR
O COM GOSTO E ALEGRIA
D LEVANDO COMPANHIA
A ONDE EM NUVEM SE TRANSFORMA
Á DESCENDO A CHUVA
G
U AVENTUREIRA
a
ÁGUA ATENTA CORRE
GALGANDO MONTES E PLANÍCIES
UIVANDO SEM PARAR
ALGUMAS CAMINHAM P´ RO MAR