Você está na página 1de 70

PRINCÍPIOS ATIVOS PARA

REJUVENESCIMENTO
72 anos
61 anos
77 anos
ANTES DE COMEÇAR
RELEMBRANDO....
DERME
•A derme está localizada imediatamente sob a epiderme,
•É um tecido conjuntivo que contém fibras protéicas, vasos
sangüíneos, terminações nervosas, órgãos sensoriais e
glândulas.
•Principais células da derme são os FIBROBLASTOS;
ENVELHECIMENTO CUTÂNEO
FIBROBLASTOS
- Células mais abundantes da matriz extracelular.
- Contribuem para o processo de cicatrização de
ferimento.
- São responsáveis pela produção de todos os
tipos de fibras proteícas, colágeno, elastina e
glicosaminoglicanos.
ENVELHECIMENTO CUTÂNEO
ENVELHECIMENTO CUTÂNEO
ENVELHECIMENTO CUTÂNEO
MATRIZ EXTRACELULAR

- Conjunto de substâncias que mantém as células


da pele unidas.

- É composta por colágeno, elastina, ácido


hialurônico, glicoproteínas e células.

- Varia de composição de acordo com o tecido


em que é encontrada.
ENVELHECIMENTO CUTÂNEO
MATRIZ EXTRACELULAR

A matriz extracelular é formada por elementos


fluidos e fibrosos.
Os fluidos são as glicosaminoglicanas e
proteoglicanas
Os fibrosos são proteínas estruturais (colágeno,
fibras elásticas ou fibras colágenas) e proteínas
adesivas (fibronectina e laminina).
ENVELHECIMENTO CUTÂNEO
MATRIZ EXTRACELULAR

Glucosaminoglicanas- Componentes do tecido conectivo, mais


especialmente da substância amorfa intercelular.

Existem 7 tipos de Glucosaminoglicanas:


•ácido hialurônico
•sulfato de condroitina,
•sulfato de queratana I e II,
•sulfato de dermatana.
ENVELHECIMENTO CUTÂNEO
MATRIZ EXTRACELULAR

 Os proteoglicanas são encontrados em todos os tecidos,


principalmente na matriz extracelular.
Se associam uma às outras e a outros componentes principais
de matriz, colágeno e elastina, de forma muito específica.
Determinam a organização estrutural da matriz
ENVELHECIMENTO CUTÂNEO
MATRIZ EXTRACELULAR
Funções:
- Preencher os espaços não ocupados pelas
células
- Dá resistências ao tecidos.
- Auxilia na transmissão de sinais nervosos.
- Auxilia na nutrição e eliminação de substâncias
nocivas.
ENVELHECIMENTO CUTÂNEO
COLÁGENO
- Proteínas que representa mais de 25% de toda
a proteínas do organismo.
- Principal componente ESTRUTURAL da pele e
dos órgãos.
- O envelhecimento promove uma perda gradual
na quantidade de colágeno.
- Aos 50 anos o organismos produz 35% menos
colágeno.
ENVELHECIMENTO CUTÂNEO
ELASTINA
- É uma das principais fibras elásticas,
juntamente com o colágeno.
- Formam proteínas mais finas que o colágeno e
por isso são mais elásticas.
- Confere elasticidade e resistência aos tecidos.
- Faz com que a pele volte ao seu estado normal
após ser tensionada
ENVELHECIMENTO CUTÂNEO
ENVELHECIMENTO CUTÂNEO
Processo que levam ao envelhecimento:

- Glicação do Colágeno

- Envelhecimento mitocondrial

- Inflamação crônica

- Redução do Suprimento de Hormônios Sexuais

- Fotoexposição
ENVELHECIMENTO CUTÂNEO
Glicação:
• Reação não enzimática entre proteínas e glicose ou ribose;

• Uma molécula de glicose se liga ao colágeno, tornando inativo;


•Essa molécula se chama AGE (advanced glycation end
product);
•Os AGES se ligam entre si, inativando o colágeno;
•Se acumulam com o envelhecimento e no diabetes, sendo
considerados marcadores das complicações crônicas da doença.
ENVELHECIMENTO CUTÂNEO
Envelhecimento Mitocondrial:

•As mitocôndrias são as organelas celulares


responsáveis pela respiração celular.

•A mitocôndria é uma das principais fontes de antioxidantes


ligados ao envelhecimento;
•O envelhecimento é causado pelo acúmulo de lesões no
genoma e pela redução de seus reparos, e esta relacionado
à diminuição das funções mitocondriais, levando a produção
de radicais livres
ENVELHECIMENTO CUTÂNEO
RADICAIS LIVRES
- Os radicais livres são formados normalmente no
corpo humano mas fatores externos aumentam
sua produção.
- Alteram a estrutura das células e substâncias
extracelulares, fazendo com que percam sua
função.
- O uso de substâncias antioxidante ajuda a prevenir
danos de radicais livres e reparar tecidos
danificados.
Radicais livres:

Átomo ou molécula que contém um ou mais elétrons não-pareados nos


orbitais externos, tornando essa substância altamente reativa.
( VALKO.,et al 2007).

Espaço
Molécula estável RADICAL LIVRE “vazio”
Os Radicais Livres são formados em um cenário de reações de óxido-
redução, isto é, ou cedem o elétron solitário, oxidando-se, ou recebem
outro, reduzindo-se .

Podem ser gerados no citoplasma, nas mitocôndrias ou na membrana e


como são espécies extremamente instáveis, eles podem atacar diversos
alvos celulares com o objetivo de estabilizar sua estrutura molecular.

Como conseqüência disso, temos a oxidação dos fosfolipídios de


membranas celulares e subcelulares, DNA, carboidratos e proteínas e
indução de doenças crônico degenerativas.
VALKO.,et al 2007).
Radicais livres em sistemas biológicos

Principais fontes de radicais livres no organismo:


Cadeia respiratória
Fagocitose:os fagócitos liberam oxidantes-óxido nítrico, íon superóxido e
peróxido de hidrogênio
Reações envolvendo ferro e outros metais de transição: a presença de
metais de transição acelera a decomposição de peróxido de hidrogênio a
hidroxila.

Fontes externas:
Cigarro
Poluição
Exposição ao sol
Consumo de bebidas alcoólicas
Tipos de radicais livres:

Os Radicais Livres são divididos em dois tipos: ERNs (espécies


reativas de nitrogênio) e EROs (espécies reativas de oxigênio).

Espécies reativas de Oxigênio • Espécies reativas de


nitrogênio
-Ânion superóxido (O2-)
-Peróxido de hidrogênio (H2O2)
- Óxido Nítrico (NO•)
-Radical hidroxila (HO•)
- Peroxinitrito (ONOO-)
Espécies Reativas de Oxigênio

São produtos do metabolismo celular liberados durante o processo de redução


do oxigênio, utilizado para converter em energia os nutrientes provenientes do
alimento.(VALKO.,et al 2007).

e- e- + 2H+ e- + H+ e- + H+
O2 O2-• H2O2 •OH H2O

A enzima citocromo oxidase adiciona quatro elétrons à molécula de oxigênio e a


reduz a água, seguindo quatro passos sequenciais, nos quais libera sucessivas
espécies reativas como ânion superóxido, peróxido de hidrogênio e radical
hidroxila (VALKO., et al., 2007)
ERO MECANISMO DE AÇÃO NO ORGANISMO
Ânion Superóxido Menor capacidade de oxidação,
superóxido dismutase (SOD) catalisa a
dismutaçãodo superóxido sendo formado através da redução do
Mn+ − SOD + O2− + 2H+ → M(n+1)+ − SOD + H2O2. átomo oxigênio.
Glutationa peroxidase H2O2 + 2GSH- GSSG
+ 2H2O

Radical hidroxila: Mais reativa , o organismo humano


não possui antioxidante endógeno
contra esse Radical Livre.
Peróxido de Hidrogênio: Não é considerado um verdadeiro
Catalase decompõe o (H2O2) segundo a
reação química Radical Livre, já que possui elétrons
2 H2O2 → 2 H2O + O2. pareados nas órbitas externas é
considerado como tal devido a sua
grande hidrossolubilidade e hiper-
reatividade, causando danos ao DNA.
Antioxidantes

Um antioxidante é uma substância capaz de neutralizar um


Radical Livre.

(Shahdi e Naczk,2004)
ENVELHECIMENTO CUTÂNEO
Inflamação Crônica:

•As METALOPROTEINASES(MMPS)fazem o balanço entre o


colágeno produzido e o degradado.

•Os fatores inflamatórios fazem com que esse balanço seja


prejudicado e as MMPS degradem o colágeno
ENVELHECIMENTO CUTÂNEO
Radiação solar:
ENVELHECIMENTO CUTÂNEO
FATORES HORMÔNAIS:
ENVELHECIMENTO CUTÂNEO
Componentes da Pele Alterações
Fibras de Colágeno Reduzem de número, se
tornam mais grossas e de
formato irregular
Fibras Elásticas Ficam mais espessas e se
fragmentam
Fibroblastos Presentes em menor
quantidade e com menor
atividade.
Vascularização Maior permeabilidade e
espessamento de vasos.
Macrófagos Diminui a atividade fagocitária.
ENVELHECIMENTO CUTÂNEO
Envelhecimento cutâneo
Características de uma pele envelhecida
Ressecamento com perda da
Perda do efeito capacidade de hidratação
esponja
 Ácido Hialurônico

Quebra da Perda da estrutura e


elastina aparecimento de rugas

 transporte de
Perda da aparência
nutrientes e oxigênio
saudável

Acúmulo dos produtos


da oxidação Manchas
ENVELHECIMENTO CUTÂNEO
PRINCÍPIOS ATIVOS PARA
REJUVENESCIMENTO
MECANISMOS DE AÇÃO

-Reposição dos componentes perdidos( Intrínseco).

- Estímulo aos fibroblastos.

- Estímulo da síntese de colágeno e elastina.

- Atividade Antioxidante

- Mecanismos genéticos
PRINCÍPIOS ATIVOS
Recuperação da porção lipídica

Ceramidas I, III e IV
Ácidos Graxos Livres:
óleo de Rosa Mosqueta, óleo de macadâmia, óleo de
semente de uva , óleo de girassol, óleo de oliva ,
óleo de cereja , óleo de amêndoas.
PRINCÍPIOS ATIVOS
Recuperação da porção hídrica
- PCA-Na
- Hidroviton (NFH)
- Trealose
- Fucose
- Aquaporines
- Gluconolactona (AHA)
- Outros (uréia, lactato de amônia)
PRINCÍPIOS ATIVOS
ANTIOXIDANTES (PROTEÇÃO)
Vitamina A
Vitamina E
Vitamina C
Ácido Alfa-Lipóico
Coenzima Q10
Alistin
N6-Furfuriladenina
L-glutation
Lipossomas SOD (superóxido dismutase)
PRINCÍPIOS ATIVOS
ANTIOXIDANTES (PROTEÇÃO)
RESVERATROL:

Encontrado no vinho tinto e em outras fontes naturais, o


Resveratrol é um potente antioxidante reconhecido
mundialmente como a "molécula da longevidade", pois estimula
o próprio corpo a produzir antioxidantes naturais, aumentando
as defesas das células contra as agressões externas
PRINCÍPIOS ATIVOS

Age no DNA da célula – ajudando a


combater o envelhecimento biológico,
reparando os efeitos visíveis dos
danos acumulados: rugas, perda de
firmeza e densidade
PRINCÍPIOS ATIVOS

Atuam na matriz extra-celular


-Genisteína - hidratação
-Estrógenos - hidratação
-Estriol - hidratação
-Progesterona - hidratação
-Ácido hialurônico - hidratação
PRINCÍPIOS ATIVOS

Atuam na matriz extra-celular


-Colágeno solúvel – (hidratação)
-Elastina solúvel – (hidratação)
-Silanóis – hidratação, ativação do AMP cíclico e síntese
-Ácido L-ascórbico – (síntese)
PRINCÍPIOS ATIVOS

Atuam na reorganização de fibras


-Silanóis-Os silanois são vetores que apresentam o elemento
silício como carreador
-Raffermine
-Genisteína e estrógenos- pela ação sobre as metaloproteases
-D-Pantenol
PRINCÍPIOS ATIVOS

•O silício (Si) é um mineral extremamente importante presente


em vários tecidos do corpo humano, como na pele, cabelos e
unhas.
•Na pele- papel essencial na formação estrutural da derme
através do AUMENTO DA SÍNTESE DE COLÁGENO, ELASTINA E
ESTABILIZAÇÃO DE GLICOSAMINOGLICANOS.

•No cabelo e na unha, o silício aumenta a síntese e a


compactação de queratina
SILÍCIO
• Facilita a formação das glicosaminoglicanas e do
colágeno por fazer parte da enzima prolina hiroxilase

(CARLISLE EM. 1981)


Elemento estrutural do tecido
SILÍCIO conjuntivo, regulador e normalizador
do metabolismo e divisão celular

Promove a formação de pontes


SILANÓIS entre os aa hidroxilados do
colágeno e das fibras elásticas

 da Taxa Protegendo as fibras da


de Degradação glicosilação não-enzimática

(SALVO, 1995)
SILANÓIS

• Os silanóis são derivados de silício orgânico,


• hidrossolúveis, com várias funções hidroxila
•Obtidos por um processo original e patenteado através da
reação com vários radicais(conferem uma ação específica
ao composto);
•Os silanóis possuem atividades biológicas particulares;
•Algumas propriedades são maximizadas pela natureza dos
radicais
Hidroxiprolisilane CN

•Estimula a biossíntese de colágeno,


•Contêm na sua composição aminoácidos vetorizados
precursores das fibras de colágeno e silício orgânico (Silanóis);
•Proporciona maior elasticidade e firmeza à pele.
ASCORBOSILANE C

•Ascorbosilane C é um novo ativo que possui os benefícios da


vitamina C para a síntese do colágeno;
•Está aliado a uma molécula de pectina-maior estabilidade para
a formulação.
•A molécula consegue penetrar na epiderme
•Fazer retenção de água na pele- hidratação
•Tem ação inibitória da melanogênese.
•Ex MÁSCARA TENSORA DOURADA ADCOS
ANTIGLICAÇÃO:

Consiste em impedir o cross-link irreversível do colágeno.


ATIVOS ANTI GLICAÇÃO:ALISTIN E SILICIOS ORGÂNICOS

ANTI METALOPROTEINASES:

São produtos que inibem a inflamação, processo que ativa as


MMPs .
ATIVOS ANTI MMPS-
LIPEX CANOLA U,
STIMU-TEX,
SEPLIFT DPHP,VITAL ET,DENSISKIN,LACTOLINE FLUID
PRINCÍPIOS ATIVOS PARA
REJUVENESCIMENTO
PEPTÍDEOS
- Substâncias que agem como mensageiras
biológicas no organismo.
- Os principais alvos na pele são os fibroblastos,
estimulando sua atividade.
- Utilizado em estética com finalidade hidratantes e
antienvelhecimento.
- O sequenciamento de aminoácido confere ações
específicas a cada peptídeos.
PRINCÍPIOS ATIVOS PARA
REJUVENESCIMENTO
PEPTÍDEOS
PRINCÍPIOS ATIVOS PARA
REJUVENESCIMENTO
PEPTÍDEOS
- Com o envelhecimento a produção de peptídeos
diminui e com isso se altera a fisiologia do tecido.

- Os peptídeos podem agir de duas formas:


- Sinalizadores (Estimulam Fibroblastos)
- Inibem ou Contraem e Musculatura (Contráteis
ou Descontráteis)
PEPTÍDEOS
Matrixyl Synthe 6®

- Estimula a síntese de seis elementos essenciais

para a pele, incluindo quatro tipos de colágeno.

- Favorece a maturação e estabilização de fibras de


colágeno e elastinas.

- Estimula a síntese de fibronectina e do ácido

hialurônico.
PETÍDEOS
PRINCÍPIOS ATIVOS PARA
REJUVENESCIMENTO
PEPTÍDEOS INIBIDORES DE NEUROTRANSMISSORES
- Inibem a contração muscular, reduzindo linhas de
expressão.
- A contração muscular ocorre por liberação de
acetilcolina na junção neuromuscular.
- Os peptídeos inibem a ligação de acetilcolina ao
receptores e fazer o relaxamento da musculatura.
- Exemplos: Argireline, Vialox, Leuphasyl, Sin Ake e
Bont L Peptide
PRINCÍPIOS ATIVOS PARA
REJUVENESCIMENTO
SIN AKE

- Creme de Veneno de cobras contendo um


tripeptídeo que é um antagonista da acetilcolina.

- Eficaz contra linhas de expressão por causar


relaxamento da musculatura.
PRINCÍPIOS ATIVOS PARA
REJUVENESCIMENTO
PRINCÍPIOS ATIVOS PARA
REJUVENESCIMENTO
PEPTÍDEOS EFEITO CINDERELA

TENSINE
RAFFERMINE
EASYLIFT
PEPHA TIGHT-ESTIMULA FORMAÇÃO DE COLÁGENO TIPO I
SESAFLASH
DENSISKIN- FAZ SÍNTESE DE COLÁGENO
ENVELHECIMENTO CUTÂNEO

Encurtamento dos Telomérico: a cada replicação celular somática, há encurtamento


progressivo dos cromossomos. Quando o encurtamento ser torna crítico ocorre a
morte celular.
KIT BIOGEN - ADCOS
BIOGEN ADCOS

• Tecnologia Pró-Gen
− Extrato vegetal padronizado de
raízes de baicalis (Scutellaria
Baicalensis)
− Ativa gene o promotor da
telomerase.
− Evita o encurtamento do telômero
por mecanismos genéticos.
PRINCÍPIOS ATIVOS PARA
REJUVENESCIMENTO
CÉLULAS TRONCO

- Na área cosmética as células-tronco estão sendo


estudadas para proteção de células tronco da pele.

- PhytCell Tec (Mibelle): Usa células tronco de maçã.


PRINCÍPIOS ATIVOS PARA
REJUVENESCIMENTO
CÉLULAS TRONCO

- São células que tem a capacidade de se diferenciar,


formando qualquer tipo de célula do organismos.

- Existem diversos cremes e tratamento no mercado


que prometem estimular as células tronco do pele.

- Ainda não existem estudo que comprovem a


eficácia destes produtos.
PRINCÍPIOS ATIVOS PARA
REJUVENESCIMENTO
PRINCÍPIOS ATIVOS PARA
REJUVENESCIMENTO
CÉLULAS TRONCO

- Os cosmético com células tronco atuam reforçando


a defesa antioxidante, estimulando a renovação
celular e promovendo a hidratação.

- Indicados para pessoas com mais de 35 anos,


revitalizando a pele, melhorando o tônus e firmeza
cutânea.

- Geralmente os ativos estão associados à vitaminas.


PHYCOJUVENINE
• Extraído da alga marrom Laminaria digitata,
• Age protegendo o DNA celular
• Estimulando a produção energética realizada pela mitocôndria.
• O oxigênio produzido pela mitocôndria age como um
energético para a célula e o tecido volta a trabalhar como
jovem-AUMENTA A PRODUÇÃO DE CÉLULAS TRONCO.
•Síntese de proteínas é aumentada e há um aumento também
no número de células jovens.
SÉRUM FACIAL –CELL COMPLEX
LINHA ADCOS-CELL COMPLEX PHYCOJUVENINE
PROFISSIONAL E HOME CARE POLISSACARÍDEO AL
AQUAPORINE EXTRATO DE MYRTUS COMMUNIS
PHYCOJUVENINE IGF
POLISSACARÍDEO THPE
AMINOÁCIDOS ESSENCIAIS OMEGAS
PCA-NA VITAMINA E
PULULAN FUCOGEL