Você está na página 1de 25

COMPONENTES DA

ESTRUTURA DO TELHADO

Andressa Farias
Edgerson Souza
Algeroz

O algeroz é um elemento que faz parte da proteção de um telhado ,e sua


construção ou montagem é feita ao longo das juntas superiores de um
telhado e uma parede,e cuja finalidade é dispersar a água que dela escorre
em consequência, por exemplo, da chuva, conduzindo-a para os canais
de queda do telhado, de forma a não molhar as paredes ou mesmo com a
finalidade de aproveitamento dessas águas, transportando-a para
reservatórios. Os algerozes podem ser parte da própria parede,
constituindo uma saliência, em forma de aba. Neste caso, é construído
com o mesmo material da parede, ainda que necessite de um revestimento
impermeável na parte que recolhe a água. Podem, contudo, ser feitos de
metal e ligados à parede através de parafusos fixados com buchas.
PARAFUSOS
Rufo
Elemento construtivo, geralmente metálico, cuja função é proteger
paredes, evitando infiltração da água da chuva na face superior das
paredes ao redor da edificação ou infiltrações por capilaridade na
face horizontal de paredes de cobertura. Também pode ser
construído com concreto e ser revestidos com cerâmica ou
cimentado liso.
Capote
Capote é a telha usada no topo do telhado entre duas águas,
na cumeeira. Também chamada de espigão horizontal
Andorinha
A andorinha, ou bico de andorinha, é
um elemento decorativo
utilizado nas extremidades dos
espigões, no encontro entre duas
águas
de um telhado. São fabricados com
argamassa de cimento e areia, e
servem para dar um aspecto mais
regular ao encontro das telhas.
Platibanda
Mureta de arremate do telhado, podendo ser sobre toda a área
da cobertura ou apenas uma parede específica .Pode ser na
mesma prumada das paredes ou com beiral. Designa uma faixa
horizontal (muro ou grade) que emoldura a parte superior de
um edifício e que tem a função de esconder o telhado.
Calha

A calha é um canal feito de alumínio, ferro galvanizado, cobre, PVC ,ou de


alvenaria, que recebe as águas das chuvas que escorrem pelo telhado e as leva
aos condutores verticais, e daí ,para a rede de águas pluviais.
Empenas
De alvenaria
A empena feita com tijolos,ou outro tipo de alvenaria,são
paredes de formato triangular com a mesma inclinação da
cobertura, utilizadas para apoiar a estrutura de madeira da
mesma.
Empenas
De madeira
A empena feita com madeira,é uma parte da estrutura
chamada tesoura,com a mesma inclinação da cobertura, que
desce desde a cumeeira,e se apoia sobre o frechal.
Rincão

Termo que define a linha de intercepção


de duas águas de um telhado que se
encontram num ângulo exterior.
Fixadores de telha
IMPERMABILIZAÇÃO DA COBERTA

Impermeabilizar nas construções é uma etapa essencial. Isso porque


a técnica é responsável por proteger as mais diversas superfícies e
estruturas dos danos temporais, como os danos causados pela
incidência da chuva ou dos raios solares nas áreas expostas e até
mesmo nas estruturas que não se expõem a esses danos, mas
podem se estragar com o tempo.
E o caso das lajes, que se não impermeabilizadas, podem apresentar
trincas e rachaduras no decorrer do tempo, tendo sua durabilidade
reduzida, com a presença de infiltrações, umidade, mofo e fungos. É
por isso que as lajes de cobertura ou internas devem ser
impermeabilizadas, evitando o desgaste de seus materiais e a
desvalorização do imóvel.
ESPIGÃO

Aresta inclinada delimitada pelo encontro entre duas


águas que formam um ângulo saliente, isto é, o espigão é
um divisor de água
CLARABOIA

Claraboia é uma abertura no teto da


edificação, normalmente fechada por
caixilho com vidro ou outro material
transparente para iluminar o interior.