Você está na página 1de 16

USO DO LASER EM OFTALMOLOGIA

Adriani Monisi Visona – 1624392-5


Ana Carla Sabini – 1623796-8
Larissa Barros de Almeida – 1710409-8
Larissa Távore Silva – 1814871-8
Renan Duarte – 1721312-5
Natalia Roquette Giachetto – 1623861-0
Maiara Basaglia – 1816207-3
Maria Julia Escame Romano – 1624362-8
Sthéfani Roberta Marques Fiori – 1623933-7
Thais Alves Andrade Mota – 1817729-5
Vanessa Noronha Lima – 1814629-0
Yara Gualdi Furuya Matiussi – 1814699-3
LASER
• A palavra LASER é derivado do acrônimo para
Amplificação da Luz por Emissão Estimulada de
Radiação (Light Amplification by Stimulated
Emission of Radiation).

Em outras palavras o laser não é mais


que luz altamente organizada, tambem
denominada coerente.
Características:
• Os raios
Polarização
viajam na
mesma
direção

• Mesma
Longitude longitude de
onda

Fase
• Picos e vales
consistentes
LASER na Oftalmologia
Principais patologias da área de oftalmologia cujo tratamento é feito a laser:

• Glaucoma

• Catarata

• Retinopatia Diabética

• Degeneração macular senil

• Anomalias de refração
Tipos de LASER
Classificação por potencial:
Queimadura
controlada
em tecidos
específicos.

Rompe
moleculas e
evapora o
tecido Ioniza o
tecido, rompe os
átomos e o
converte em
plasma, perfura
cápsula de
cristalino.
FOTOCOAGULAÇÃO

FOTOABLAÇÃO

FOTODISRRUPÇÃO
FOTOCOAGULAÇÃO
• Alguns tipos de laser de baixa potência
produzem uma queimadura controlada do tecido
específico a que se destinam.

ÁRGON: HÓLMINIUM:
EPR Córnea
LASER DE ÁRGON

• Laser de Árgon: é utilizado para tratar lesões na


retina (membranas neovasculares na
degeneração macular) ou remover partes
doentes da retina que pode estar a afetar a retina
saudável ( retinopatia diabética ou oclusão
venosa).
LÁSER HOLMIUM
• O laser de Holmium atua na córnea causando
queimaduras leves que, quando devidamente
colocados a encurvam para corrigir a
hipermetropia.
FOTOBLAÇÃO
• Lasers de potência intermediários conseguem
quebrar as ligações moleculares e "evaporar" o
tecido em que atuam.

EXCIMER LASER ARGON FLÚOR


EXCIMER LASER ARGON FLÚOR
• Este tipo específico de laser é absorvido pela
córnea e permite molda-la para modificar o seu
poder de refrativo. Por isso é usado em cirurgia
refrativa para corrigir miopia, hipermetropia e
astigmatismo.

Luz azul –verde


FOTODISRRUPÇÃO
• O YAG laser de é o melhor exemplo para este
tipo de ação. A alta potencia deste laser permite
ionizar o tecido a ponto de romper seus átomos e
converte-lo em plasma (libera muita energia em
muito pouco tempo). Este tipo de laser deve ser
cuidadosamente focado na estrutura que está a
ser perfurado.
YAG LASER
• É especialmente útil para perfurar a cápsula do
cristalino, quando se está opacificada após a
cirurgia de catarata ou para perfurar a íris para
curar e prevenir glaucoma de ângulo fechado.
Bibliografia
• http://www.clinicabenidorm.com/?q=content/l
aser-en-oftalmolog%C3%AD

Você também pode gostar