Você está na página 1de 20

TEQUILA

Bianca Colombari Peron


Paola Mezon Kintopp
Vanessa Freitas Bourscheidt
HISTÓRIA
• A tequila é um produto originário do México, sendo
considerada uma bebida de identidade nacional.

• Sua produção vem desde a pré-história quando habitantes da


região central do México utilizavam diferentes variedades de
agaves, denominados mezcal, para elaboração de bebidas
com fins religiosos e cerimoniais.

• Quando os espanhóis chegaram ao México, com o


conhecimento da pratica da destilação, elaborou-se uma
bebida destilada a partir do suco do Agave fermentado, a qual
primeiramente chamaram de vinho mezcal e posteriormente
tequila.
• No século XXVII, surgem as primeiras destilarias na região de
Arenal-Amatitán-Tequila, para atender os trabalhadores dos
povos mineiros do estado de Jalisco.

• No ano de 1636 o governador de Nueva Galicia impôs um


imposto real para a tequila, iniciando sua fabricação de forma
legal.

• Em 1785 ocorreu a instalação da primeira destilaria formal a


Tequila Cuervo, e na sequencia as outras foram surgindo, em
1870 a Tequila Herradura e em 1873 a Tequila Sauza, ai quais
estão operado até o dia de hoje.
• Por volta de 1712 iniciou- se a exportação da bebida através
do litoral pacifico, principalmente para e América do Norte e
para a Europa.

• De 1785 até 1793 a exportação teve sua proibição decretada


pelo Rei Carlos III, até ser revogada por Fernando IV.

• Em busca da garantia da qualidade da Tequila em 1949


publicou-se a primeira norma oficial Mexicana para regular os
processos agrícola, comercial e industrial.
• Atualmente existe mais de 130 destilarias registradas junto ao
conselho regulador de Tequila, com aproximadamente 300
marcas no mercado nacional e por volta de 500 no mercado
internacional.
DEFINIÇÕES

• De acordo com a Norma Oficial Mexicana Vigente, Tequila é


definida como bebida alcoólica regional obtida por destilação
do mosto preparado do material extraído nas instalações da
fabrica de um produtor autorizado, a qual deve estar
localizada no território compreendido na declaração, derivados
das cabeças de Agave Azul, hidrolizadas ou cozidas,
submetidas a fermentação alcoólica com leveduras, podendo
o mosto ser enriquecido e misturado conjuntamente na
formulação com outros açúcares.
DEFINIÇÕES
• Segundo o DECRETO Nº 6.871, DE 4 DE JUNHO DE 2009
Regulamenta a Lei nº 8.918, de 14 de julho de 1994, que
dispõe sobre a padronização, a classificação, o registro, a
inspeção, a produção e a fiscalização de bebidas.

• Art. 58. Tequila é a bebida com graduação alcoólica de 36 a 54


% em volume, a 20° C, obtida de destilado alcoólico simples
de agave ou pela destilação do mosto fermentado de agave.

• § 1º A destilação deverá ser efetuada de forma que o destilado


tenha o aroma e o sabor dos elementos naturais voláteis
contidos no mosto fermentado.
• § 2º A bebida poderá ser adicionada de álcool etílico potável
de origem agrícola sempre que o conteúdo de destilado
alcoólico simples de agave não for inferior a 51% em volume,
em álcool anidro.

• § 3º A bebida poderá ser adicionada de açúcares até 30 g/L;


quando a quantidade adicionada for superior a 6 g/L, a
denominação deverá ser seguida da expressão: adoçada.

• § 4º A bebida poderá ser envelhecida, sendo permitido, neste


caso, o uso de caramelo para a correção da cor.
• A norma estabelece a existência de duas categorias de
tequila: 100% agave e Tequila (51% de açucares de agave no
processo de fermentação). Para cada categoria existem cinco
classes:

• Tequila Branca: Obtida da destilação e diluída de acordo com


sua classificação.
• Tequila Ouro: Adicionada de Caramelo e outros tipos de
adoçantes.
• Tequila Repousada: Permanece ao menos dois meses em
barris de carvalho branco.
• Tequila Envelhecida: Permanece em Barris de Carvalho
Branco de no Máx. 600 L, por no Min. 12 meses.
• Tequila Extra envelhecida: Permanece em Barris de Carvalho
Branco de no Máx. 600 L, por no Min. 3 anos.
MATÉRIAS PRIMAS
MATÉRIAS PRIMAS

• O Agave é uma planta perene com raízes fibrosas, as folhas


são suculentas e fibrosas com comprimento entre 1 e 2 metros
em forma de roseta, de cor verde azulada, com espinhos nas
bordas e um espinho terminal, apresentando uma floração em
seu ciclo biológico, seguida de sua morte.
NOVAS TECNOLOGIAS
• A busca pela modernização é constante, pois o conhecimento
tecnológico faz com que o processo melhore, o que acontece
por consequência com a qualidade da bebida.

Algumas técnicas se destacam no quesito de melhorias de


produção como:
• Uso da micro propagação de plantas selecionadas e a
mecanização dos processos de semeadura e colheita.
• Controle biológico de pragas e controle de mato sem a
utilização de agrotóxicos.
• Recuperação de CO2 no processo de fermentação.
• Uso de tecnologias amigáveis com o meio ambiente.
CURIOSIDADES
• A palavra “Tequila” significa montanha de fogo, e recebeu
este nome devido aos índios Tequilis que Habitavam a região
de tequila no México, próximo a um vulcão.

• A Agave azul leva entre 8 e 12 anos pra estar pronta para a


extração do necessário para produzir 1 litro de bebida, e esta
planta só se desenvolve em terrenos áridos, de preferencia
em solos vulcânicos.

• Muito antes da Agave ser utilizada para fabricação de tequila,


suas folhas eram utilizadas na construção de telhados, e
produção de cordas, bem como pregos e alfinetes.

• Um verme chamado gusano cresce na planta de agave, os


antigos acreditavam que ele espantava os maus espíritos.
O BRINDE
ARRIBA, ABAJO AL CENTRO E ADENTRO!!!
VAI UMA TEQUILA?
• Video
• https://www.youtube.com/watch?v=TEANQZPdyog