Você está na página 1de 29

MULHER DE DEUS

Fragilidade & Força

Provérbios 31:25 e 1º Pedro 3:7


Fragilidade, pouco sólido ou
resistente, pouco vigor, débil,
pouco vigor físico.
Força, saúde física, energia
física, moral e espiritual,
esforço para fazer algo,
influência, prestígio.
Força de trabalho,
pessoas disponíveis para
exercer atividades
produtivas.
O texto básico nos fala de mulher
virtuosa, cujos vestidos são a força e
dignidade.
Ao se referir a vestidos, trata-se de
veste feminina composta de saia e
blusa, formando um todo, com a
qual veste o exterior do indivíduo.
Vejamos o verso 22 deste
mesmo capítulo: “Faz para si
cobertas; de linho fino e
púrpura é o seu vestido”.
Linho e Púrpura, antigo tecido,
símbolo da riqueza ou de alta
dignidade social. Dignidade
cardinalícia. Vestes luxuosas, Jer.
10:9, Dan. 5:7; usadas no
tabernáculo Ex. 25:4, 28:5;
Num.4:13.
O profeta Isaías menciona que o
Senhor Jesus “se revestiu de
retidão, como de uma couraça,
[...] tomou sobre si as vestes da
vingança e se cobriu de zelo,
como de um manto” 59:17.
1. Adorno Espiritual. A filha do rei
está toda formosa em seu palácio; as
suas vestes são entretecidas
(entremeadas) de ouro, Salmo 45:13.
Provérbios 1:9; 4:9 Cantares 1:10
fazem referências a outros adornos
femininos, como parte integrante de
seu vestuário.
O profeta Isaías, 61:10, fala:
“Eu me regozijo muito no Senhor; a
minha alma se alegra em meu Deus.
pois Ele me cobriu com vestes da
salvação, e me envolveu com um
manto de retidão, como o noivo que
se adorna com um turbante e como a
noiva que se enfeita com as joias”.
Diademas,
Colares,
Grinaldas, etc.
O apóstolo Pedro registra
na sua primeira epístola
1ºPedro 3:2-3
“A beleza das esposas não seja o
enfeite exterior, como o frisado de
cabelos, o uso de joias de ouro, ou o
luxo dos vestidos, mas a beleza
interior, no incorruptível traje de um
espírito manso e tranquilo, que é
precioso diante de Deus”. Veja
mais: Apoc. 21:2.
2. Adorno dos Santos. Jó 29:14
exalta “a justiça e a retidão
como vestimenta, como manto e
diadema”. O Salmista realça:
“vestirei de salvação os seus
sacerdotes, e os seus santos
exultarão, 132:16.”
O profeta Isaías 52:1 clama:
“Desperta, desperta, [...]
veste-te dos teus vestidos
formosos ó Jerusalém [...]
nunca mais entrará em ti
incircunciso nem imundo.”
Na profecia de Zacarias
lemos:
“Então falando este, ordenou aos
que estavam diante dele: Tirai-
lhe estes trajes sujos. E a Josué
disse: Vê, tenho feito com que
passe de ti a tua iniquidade, e te
vestirei de trajes finos”, 3:4
O Senhor Jesus falando aos
convidados às bodas,
perguntou: “Amigo, como
entraste aqui sem veste
nupcial”. Mateus 22:12.
3. Adornos brancos. Diante de
Deus, todos seremos
transfigurados à semelhança do
Mestre: Mateus 17:2 “Ali ele foi
transfigurado [...] e suas vestes
se tornaram brancas como a
luz”.
O apóstolo João ao escrever o livro
de Apocalipse nos esclarece que
todos receberemos vestes brancas,
3:5 e 18; 4:4; 7:9 e 19: 8, “ Foi lhe
dado que se vestisse de linho fino,
resplandecente e puro. ‘O linho fino
são os atos de justiça dos santos’
Conclusão. A Bíblia enfoca
através dos mais variados
textos acerca da fragilidade
humana.
Davi declara: “há apenas um passo
entre mim e a morte” 1º Sam. 20:3”;
Salmo 38:10 “ a minha força me
falta”; 49:12” o homem apesar das
suas riquezas, não permanece”;
78:39 “Ele se lembrou de que era
apenas carne, uma brisa que passa e
não volta”;
Isaías 64:6”Certamente a
mente e o coração do
homem são sagazes”
Mais uma vez o apóstolo
Pedro em sua primeira
epístola, fala sobre a
fragilidade do homem, ao
destacar:
“toda a carne é como a erva, e
toda a glória do homem como
a flor da erva. Seca-se a erva,
e cai a flor, mas a palavra do
Senhor permanece para
sempre. E esta é a palavra que
vos foi pregada”,1º Ped. 1:24.
Porém gostaria de destacar em
Josué, 15:13-19 a intrepidez de
uma destemida mulher, ACSA,
filha de Calebe, ao exigir do seu
pai o melhor e correto
cumprimento de justiça e não se
entregando aos caprichos do pai e
muito menos ao desânimo.
A palavra em Êxodo 22:22-23
nos exorta também a não
afligirmos os mais fracos, pelo
contrário, perseverarmos em
nosso intento à semelhança da
pobre viúva de Lucas 18:1-8 e
em Mateus 07:7-8 Pedi, buscai
e batei.
Todos nós poderemos nos
vestir de força e dignidade,
lançando mão de “toda a
armadura de Deus, para que
possais estar firmes contra as
astutas ciladas do diabo”,
Efésios 6:11.
Que Deus nos abençoe!
“Fazendo-nos parar de
confiar em homem, cujo
fôlego está no seu nariz”.
Isaías 2:22