Você está na página 1de 12

O FUTEBOL

NAS ARTES PLÁSTICAS


“Jogo de Futebol em Brodowski” Cândido Portinari, 1933
“Jogo de
Futebol em
Brodowski”

de Cândido
Portinari, 1933
“Portinari
958”
Cândido Portinari
Nasceu em Brodowski, interior de São Paulo, no dia 29 de
dezembro de 1903, Cândido Torquato Portinari era filho de
imigrantes italianos. Com seis anos de idade, já começou a
demonstrar aptidão para o desenho e, sem concluir o ensino
primário, aos 14 anos, participou da restauração da Igreja da
cidade. Com 15 anos, começou a estudar no Liceu de Artes,
seguido de cursos de desenho e pintura na Escola Nacional
de Belas Artes. Sua primeira exposição foi aos 20 anos.
Casou-se com a uruguaia Maria Victoria Martinelli, com
quem teve um único filho, João Cândido. Em 1962, o artista
foi vítima de intoxicação com as tintas que utilizava em seus
trabalhos, vindo a falecer.
“FUTEBOL NA
FAVELA”

Este trabalho é
parte da
galeria de:
Helena dos
Santos Coelho,
61 anos - Rio de
Janeiro, RJ.
“Futebol"
(1936),

de Francisco
Rebolo
Gonsales (São
Paulo, SP)
Umberto Boccioni - "O dinamismo de um jogador de
futebol" (1913)
Felix Reidenbach - "Adidas Afresco" (2006)
O ilustrador alemão demorou 40 dias para pintar o afresco de
2700 metros quadrados da empresa de material esportivo, no
teto da estação central de Colônia (Alemanha). Adaptando o
estilo do artista barroco Andrea Pozzo em "O triunfo de Santo
Ignácio de Loyola" (1685), que decora a nave da igreja deste
santo em Roma, Reidenbach concedeu divindade
contemporânea aos jogadores patrocinados da Adidas: Michael
Ballack, David Beckham, Djibril Cissé, Kaká, Lionel Messi,
Nakamura, Lukas Podolski, Raúl, Juan Román Riquelme e
Zinedine Zidane.
“Liderança”

Juliane
Mercante,
2014
Agora é a sua vez:
Faça um desenho/pintura que represente sua
paixão pelo futebol!