Você está na página 1de 34

Emenda em correia Flexsteel

Padrão Remabond Tip-Top

Téc. de Treinamento
Júlio Cesar Rezende
Emenda em correia Flexsteel

EMENDA DE CORREIA FLEXSTEEL


TIPO: ST 2000 – 1600 mm.
PRODUTOS REMABOLD/TIP-TOP UTILIZADOS:
1- BORRACHA DE COBERTURA – ST-B DE:
3,0 mm x 500 mm (538.0464)
5,0 mm x 500 mm (538.0488)
2 - BORRACHA DE LIGAÇÃO – ST-Z DE:
2,0 mm x 500 mm (538.0907)
3 - BORRACHA DE LIGAÇÃO EM TIRAS – ST-Z DE:
2,0 mm x 6,0 mm (538.0952)

4 - SOLUÇÃO STL-RF (ADESIVO):


LATA DE 06 kg (538.1298)
1º PASSO: Montagem da mesa, platô de vulcanização inferior e
colocação dos pranchões de madeira.
Emenda em correia Flexsteel

2 º PASSO: Esquadrejamento, medição e traçagem do viés


Emenda em correia Flexsteel

3º PASSO: Retirada da cobertura superior e processo da rachar os cabos.


Emenda em correia Flexsteel

3º PASSO: Fazer este trabalho em ambas as pontas da correia.


Emenda em correia Flexsteel

4º PASSO: Lixar os fechamentos da emenda com escova circular latonada de ø 4” x


1” x ø 1/2” x 0,30 mm, com esmerilhadeira de baixa rotação, para evitar a
baquelização da borracha.
Emenda em correia Flexsteel

5º PASSO: Alinhar as pontas e fixar um dos lados da correia no pranchão de


maderite, com pregos para efetuar o alinhamento.
Emenda em correia Flexsteel

7º PASSO: Alinhar as duas correia e fixá-las.


Emenda em correia Flexsteel

6º PASSO: Se estiver dentro do limite de 12 h, não há necessidade de limpar os


cabos, caso ultrapasse esse tempo, recomenda-se a limpeza pois ocorre o risco de
oxidação dos cabos. Deve-se utilizar a escova circular para a limpeza e lixadeira de
baixa rotação.
Emenda em correia Flexsteel

8º PASSO: Após forrar o platô inferior da prensa de vulcanização com plástico,


limpem bem os cabos com vasoura, nunca usando solvente, deixar de preferência
ao natural. Aplica uma camada Solução STL-RF (adesivo) em ambos os lados do
cabo.
Emenda em correia Flexsteel

9º PASSO: Passar o adesivo na outra ponta da correia.


Emenda em correia Flexsteel

10º PASSO: Controlar a temperatura e a umidade na correia, verificar o ponto de


orvalho, consultar a tabela. Acrescentar mais 3ºC ao valor encontrado, caso
necessário utilizar aquecimento artificial para reduzir a umidade.
Emenda em correia Flexsteel

1-Preparação do local 2 - Corte da borracha de ligação

11º PASSO: Ir construindo a cobertura, na hora da montagem adesivar com uma


leve camada de Solução STL-RF (adesivo).
Emenda em correia Flexsteel

3 – Colocação do adesivo 4 – Montagem e corte


Emenda em correia Flexsteel

5 – Roletar bem as beiradas da cobertura 6 - Roletamento


Emenda em correia Flexsteel

1 – Ferramental 2 – Colocação das coberturas


Emenda em correia Flexsteel

3 - Roletamento 4 – Montagem da cobertura


Emenda em correia Flexsteel

13º PASSO: Colocar a cobertura inferior no platô de vulcanização, antes coloca-se


o tecido de proteção, a Rema Tip-top, recomenda utilização de Papel de Silicone
que não gruda nas emendas, ao invés do tecido pois o mesmo gruda em algumas
partes durante e processo de vulcanização.
Emenda em correia Flexsteel

14º PASSO: Após colocar a cobertura inferior passar a estile retrátil faca olfa
dividindo a proteção de plastico em três partes, retirando a central apenas
para manutenção da limpeza. E passar uma leve camada de adesivo (STL –
RF).
Emenda em correia Flexsteel

15º PASSO: Abaixar a correia com os cabos expostos, e acentando-os com o


martelo de bola para que os mesmos se alinhem com mais facilidade.
Emenda em correia Flexsteel

16º PASSO: Passar adesivo em toda beira da emenda.


Emenda em correia Flexsteel

17º PASSO: Iniciar o processo posicionamento dos cabos do centro para as


extremidades e ir colocando a borracha de ligação em tiras (macarrão).
Emenda em correia Flexsteel

Procurando unir o mais fortemente


possivel, conforme vai-se montando, também Manter o máximo possivel o alinhamento
perfeito
vai de retirando a proteção de plástico da
cobertura inferior e passando ao mesmo
tempo o adesivo (STL – RF).
Emenda em correia Flexsteel

18º PASSO: Colar e arrematar as laterais da correia para e dar o acabamento com
estilete retrátil faca olfa.
Emenda em correia Flexsteel

19º PASSO: Colocar a cobertura superior e pisar sobre ela para melhor
assentar a cobertura junto aos cabos.
Emenda em correia Flexsteel

20º PASSO: Utilizando o martelo de bola, bater junto a toda extensão da beirada
da correia fazer um melhor assentamento.
Emenda em correia Flexsteel

21º PASSO: Arrematar as laterais utilizando o estilete faca olfa e removendo o plástico de
proteção.
Emenda em correia Flexsteel

22º PASSO: Usando o estilete faca olfa, efetuar cortes em toda extensão da
correia para que durante a vulcanização o ar interior possa sair.
Emenda em correia Flexsteel

23º PASSO: Colocar sobre a cobertura o tecido e colocar as guias laterais e


prender com talhas para manter o alinhamento das correias.
Emenda em correia Flexsteel

24º PASSO: Colocar o platô superior da prensa de vulcanização e efetuar o seguinte


procedimento (Rema Tip-Top):
a) Calcular o tempo de vulcanização multiplica-se a espessura da correia em mm por 3
min/mm. (ex.: 24 mm x 3 min/mm= 72, = aprox. 75 min)
b) Colocar inicialmente na pressão: 10 kgf/cm2 ;
c) Quando atingir 100 °C é recomendado sustentar esta temperatura por 10 min;
c) Após 10 min elevar para 12 kgf/cm2 145º +/- 5º;
d) Depois de 75 min;
e) Desmontar a prensa com 60 °C.
Emenda em correia Flexsteel

Resto de tecido

25º PASSO: Efetuar a retirar do platô superior da prensa e retirar


o tecido.
Emenda em correia Flexsteel

26º PASSO: Retirada da correia


FIM

Júlio Cesar Rezende