Você está na página 1de 20

ARQUITETURA MODERNA Prof. Me.

João Carlos de
Freitas Borges
Frank Lloyd Wright
Frank Lloyd Wright (Richland Center, 8 de junho de 1867 —
Phoenix, 9 de abril de 1959) foi um arquiteto, escritor e
educador estadunidense. Um dos conceitos centrais em sua obra
é o de que o projeto deve ser individual, de acordo com sua
localização e finalidade. No início de sua carreira, trabalhou
com Louis Sullivan, um dos pioneiros em arranha-céus da Escola
de Chicago. Responsável por mais de mil projetos,[1] dos quais
mais de quinhentos construídos,[2] Wright influenciou os rumos
da arquitetura moderna com suas ideias e obras e é
considerado um dos arquitetos mais importantes do século XX.
O conceito do organicismo foi desenvolvido através das
pesquisas de Frank Lloyd Wright, que acreditava que uma casa
deve nascer para atender às necessidades das pessoas e do
caráter do país como um organismo vivo. Sua convicção era de
que os edifícios influenciam profundamente as pessoas que neles
residem, trabalham ou rezam, e por esse motivo o arquiteto é
um modelador de homens.
De uma forma geral, a arquitetura orgânica é considerada
como um contraponto (e em certo sentido, uma reação) à
arquitetura racionalista influenciada pelo International style de
origem europeia
“A vagem seminal ovalada que contém unidades
globulares”
Peter Behrens e a Deutscher Werkbund

Peter Behrens (Hamburgo, 14 de abril de 1868 — Berlim, 27


de fevereiro de 1940) foi um arquiteto e designer alemão. É
considerado por muitos o primeiro designer da história e um dos
primeiros designers freelancers. Foi um dos arquitetos mais
influentes da Alemanha e um dos fundadores da Werkbund. Foi
também consultor artístico da AEG (Allgemeine Elektricitäts
Gesellschafft).[1]
Estudou pintura em Karlsruhe e Dusseldorf. Depois de
freqüentar a Escola de Belas Artes de Hamburgo, partiu para
Munique em 1897, durante o período de renascimento das Arts
and Crafts na Alemanha.
Pioneiro em responder à demanda da civilização industrial
através da arquitetura que influenciou o Movimento Moderno
alemão e o que hoje chamamos de Desenho Industrial.
Com uma produção considerada exemplar do
Expressionismo Alemão, teve importantes seguidores como Le
Corbusier, Walter Gropius e Mies van der Rohe
O Futurismo e o Construtivismo

- Dois movimentos que apesar de breves influenciaram o


desenvolvimento do Modernismo Europeu;
- Os ideais do Futurismo foram apresentados primeiro por Filippo
Marinetti, que publicou um manifesto de fundação em 1909 – no
mesmo ano em que Frank Lloyd Wright abandonou os Estados
Unidos em direção à Europa.
-Ficou marcado pelo radicalismo e pela vontade de romper com
tradições. Pregava a transformação radical da paisagem italiana,
inclusive cobrindo os canais de Veneza!
- Louvava a velocidade, o perigo e a audácia;
- Teve como arquiteto mais famoso Antonio de Sant’Elia, com seu
famoso projeto da Cittá Nuova e Messagio – mensagem que
acompanhava o projeto e se tornpu um manifesto da arquitetura
futurista.
- O construtivismo Russo foi igualmente radical, mas fora sucumbido
pelo classicismo Stalinista.
- Pensavam em uma arquitetura que fosse alavancada
pelas forças da industrialização;
- Queriam explorar materiais de construção modernos,
como aço, concreto e grandes áreas envidraçadas;
- Vladimir Tatlin projetou o Monumento à Terceira
Internacional.
- Os irmão Vesnir produziram o Edifício do Jornal Pravda,
com estrutura aparente de aço;
- Konstantin Melnikov projetou o pavilhão Soviético e o Clube
dos Trabalhadores de Moscou
O Expressionismo Holandês e Alemão

- Revolta dos pintores alemães dos grupos Brüke e Blaue


Reiter contra o naturalismo acadêmico;
- Reação emocionada aos efeitos da Guerra;
- Arquitetos

- Rudolf Steiner
- Hans Poeizig
- Erich Mendelsohn
- Berlage
Art Déco
De Stijl