Você está na página 1de 22

Parte 2

ESTUDO SOBRE
A CONSCIÊNCIA
O PENSAMENTO
E A LINGUAGEM
Consciência

“ é a percepção que temos


de nós mesmos e do nosso
ambiente. Esta pode variar
com o foco e atenção.
(M YERS,2006)
Consciência
 Está intrinsecamente ligada com a sensação,
percepção, pensamento e memória.
 Permite a utilização dos dados recebidos e
processados da sensação e percepção.
 Possibilita o controle de nós mesmos e do
ambiente, de maneira que sejamos capazes de
iniciar e encerrar atividades comportamentais e
cognitivas
Consciência
INFLUÊNCIAS DOS ESTADOS
PSICOLÓGICOS
MOTIVOS
INTERESSES

OBJETIVOS

EMOÇÕES EXPECTATIVAS
CONSCIÊNCIA COMUM NO ESTADO
DE VIGÍLIA
• Consciência comum no estado de vigília ou
pensamento não dirigido: durante o estado de
vigília, as percepções misturam-se com as
memórias, imagens, fantasias e ideias, isto é, é
uma atividade mental de divagação sem um
objetivo específico. (DAVIDOFF, 2001)
ESTADOS DE CONSCIÊNCIA
ALTERADOS

SONO
HIPNOSE

MACONHA
A NATUREZA DO PENSAMENTO
O termo pensamento refere-se a uma ampla gama
de funções mentais que não estão precisa e
claramente definidas.
Dentre as funções mentais a representação é a
mais essencial ao pensamento.
A NATUREZA DO PENSAMENTO
• A linguagem influencia o pensamento.
O termo pensamento refere-se a uma ampla gama
de funções mentais que não estão precisa e
claramente definidas, nesta concepção, a
representação é a mais essencial ao
pensamento.
• A relação de cognições e emoções:
As cognições, além de estarem mescladas entre si,
estão ligadas a emoções e afetos. As percepções, por
exemplo, estão frequentemente ligadas a afetos,
embora possamos não
estar conscientes disso.
ELEMENTOS DO PENSAMENTO
• O pensamento é imagem?
Nossas imagens são muito detalhadas e
assemelham-se a percepções;
As pessoas mudam de um ponto para outro de uma
imagem mental exatamente como se estivessem
mudando os pontos de foco do olhar diante de um
quadro ou objeto real;
ELEMENTOS DO PENSAMENTO
• O pensamento é ação?
As pessoas pensam com o corpo inteiro!
Quando crianças tentam encontrar a solução para um
problema complexo, frequentemente as observamos
contorcendo-se muito, acenando com as mãos,
gesticulando e representando a resposta.
Os adultos geralmente limitam seus movimentos a
gestos aprovados: franzir o cenho, morder o lápis,
coçar a cabeça...
ELEMENTOS DO PENSAMENTO
• O pensamento é representação?
Muito do pensamento envolve a representação de
itens que não estão imediatamente presentes. Ex:
“Vou comprar kiwi” ou “Gostaria de passar minhas
férias em Roma” ou “Pode não dar certo”, estamos
representando atividades, objetos, eventos e
abstrações...

• Representação é o elemento mais importante do


pensamento
PENSAMENTO DIRIGIDO
• Temos um objetivo em mente, queremos chegar a
uma conclusão definida.
• Exercemos controle sobre aquilo em que
pensamos, em vez de deixarmos que a mente fique
vagando.

Raciocínio
Solução de problemas
RACIOCÍNIO
• O raciocínio é um processo no qual usamos várias
estratégias decisórias para responder a perguntas com
precisão.

• Os cientistas cognitivos acreditam que raciocinamos por


exemplos e experiências.

• Comparação com protótipos;

• Busca de exemplos;

• Disponibilidade de exemplos;

• Construção de explicações causais.


SOLUÇÃO DE PROBLEMAS
• Inicialmente, a pessoa que está resolvendo um
problema identifica um desafio e prepara-se para
ele. Trabalha para resolvê-lo e depois avalia a
solução.
• Treinar a análise de problemas geralmente melhora
tanto os resultados dos testes de inteligência quanto
o desempenho acadêmico.
• Sem um objetivo específico, não posso começar a
especificar as operações.
• No curso de tentarem solucionar ou resolver um
problema, as pessoas geralmente planejam uma
solução, executam e verificam os resultados
(através de estratégias).
A NATUREZA DA LINGUAGEM
Característica básicas da linguagem:
• A linguagem é uma forma quase infinitamente
flexível de comunicação intencional, regida por
regras que ditam os significados.
• Ao falar, as pessoas parecem ter planos gerais.
Elas usam sentenças curtas, monitoram a fala e
corrigem os erros.
• Para interpretar corretamente aquilo que o
interlocutor diz, o ouvinte precisa analisar as
circunstâncias e necessidades do interlocutor.
• A linguagem não é padronizada é flexível e por
isso havendo espaço para a criatividade.
A NATUREZA DA LINGUAGEM
• Característica básicas da linguagem:

• As combinações de palavras transmitem


significados mais complexos. A ordenação de
palavras em sentenças é essencial para a
transmissão de pensamentos.
• Muito do que as pessoas falam é por razões
sociais: para compartilhar informações e idéias.
• As línguas estruturam-se de modo ordenado,
significativo, social e criativo.
ESTUDO DA LINGUAGEM POR
PSICÓLOGOS
• Psicolinguistas: psicólogos que estudam a
linguagem. Eles se concentram em três questões
centrais:
- Compreensão da linguagem: Que processos
mentais capacitam as pessoas a compreender o que
as outras pessoas falam?
- Produção da linguagem: Que processos mentais
capacitam as pessoas a falar o que falam?
- Aquisição da linguagem: Como as crianças
desenvolvem ambas as habilidades?
FORMAS DE COMUNICAÇÃO
• Comunicação reflexiva e comunicação proposital

- Comunicação reflexiva: consiste em padrões


estereotipados que transmitem informação mas não
foram concebidos para tal finalidade.
FORMAS DE COMUNICAÇÃO
- Comunicação proposital: tem por finalidade
causar um efeito sobre o receptor da informação e
a resposta do receptor influencia a continuidade da
comunicação.
Mesma expressão: “Uma loucura!”: duas ideias
diferentes de acordo com o tom de voz, expressões
faciais, gestos...
REFERÊNCIAS
• ATKINSON, Rita L. Introdução à psicologia de
Hilgard. 13ª ed. Porto Alegre: Artmed, 2002.

• DAVIDOFF, Linda L. Introdução à Psicologia. 3ª


ed. São Paulo: Pearson Makron Book, 2001.