Você está na página 1de 51

FILMES RADIOGRÁFICOS

Prof. Marcos V. Luz


FILMES RADIOGRÁFICOS

É O MEIO USADO PARA CONTER


A IMAGEM RADIOGRÁFICA
DEPOIS DE TER SIDO EXPOSTA
À RADIAÇÃO X E PROCESSADA
NAS SOLUÇÕES ADEQUADAS.
FILMES RADIOGRÁFICOS
Constituição:
Consiste o filme radiográfico de
uma BASE de poliéster, coberta
em um ou ambos os lados com
gelatina impregnada de sais
halogenados de prata
(EMULSÃO), formando a parte
sensível do filme, e sobre esta
a CAPA PROTETORA.
FILMES RADIOGRÁFICOS
CAPA PROTETORA :
Tem a finalidade de proteger a
emulsão do contato com as
forças mecânicas durante a
manipulação do filme, e são
constituídas de uma fina
camada de gelatina apenas.
FILMES RADIOGRÁFICOS
EMULSÃO :
Geralmente é colocada em ambos os lados da
base do filme, proporcionando alta
sensibilidade aos mesmos e um
processamento e secagem no menor tempo
possível.
FILMES RADIOGRÁFICOS
EMULSÃO :
A gelatina que forma a EMULSÃO
é impregnada de diminutos cristais
de sais halogenados (brometo ou
iodeto) de prata.
FILMES RADIOGRÁFICOS
EMULSÃO :
Esta gelatina é uma substância colóide
gomosa, obtida de ossos e peles de animais,
que não se dissolve em água fria, mas
intumesce e absorve água, deixando
penetrar, no seu interior, os produtos
químicos que modificam os cristais de prata
expostos aos raios X.
FILMES RADIOGRÁFICOS
BASE:

Deve ser constituída de um material rígido,


para que possa ser manipulado pelo
operador, e atualmente é de plástico, mas já
foi de nitrato e acetato de celulose. A base
deve ser fina, transparente, plana, azulada
ou esverdeada.
FILMES RADIOGRÁFICOS
CLASSIFICAÇÃO:

QUANTO À LOCALIZAÇÃO
QUANTO AO TAMANHO
QUANTO À SENSIBILIDADE
QUANTO À EMBALAGEM
FILMES RADIOGRÁFICOS
1. QUANTO À LOCALIZAÇÃO -
São classificados em:
intrabucais,
extrabucais, e
dosimétricos.
FILMES RADIOGRÁFICOS
1. QUANTO À LOCALIZAÇÃO -
Intrabucais - São de fácil manejo, vêm
envoltos em plástico ou papel branco,
rugoso e impermeável, protegido
internamente com um papel preto e com
uma folha de chumbo fina na face posterior
do filme.
FILMES RADIOGRÁFICOS
1. QUANTO À LOCALIZAÇÃO -
Intrabucais - A lâmina de chumbo tem
por função:
• proteger o filme da radiação secundária
causada pelos tecidos da boca durante a
exposição, e
• proporcionar certa dureza ao filme.
FILMES RADIOGRÁFICOS
1. QUANTO À LOCALIZAÇÃO -

Extrabucais -São os filmes colocados


fora da cavidade oral. São encontrados no
mercado acondicionados em caixas
especiais, de 25, 50, 100 filmes, protegidos
por um papel aluminizado, que o protege da
umidade, enquanto armazenados.
FILMES RADIOGRÁFICOS
1. QUANTO À LOCALIZAÇÃO -

Extrabucais -
São classificados em :
• Screen (quando utilizados com os écrans
intensificadores), e
• No-Screen (não utilizam écrans).
FILMES RADIOGRÁFICOS
1. QUANTO À LOCALIZAÇÃO -

DOSIMÉTRICOS

São filmes radiográficos especiais que


servem para medir a exposição dos
operadores de raios X.
FILMES RADIOGRÁFICOS
2. QUANTO AO TAMANHO:

São encontrados em vários tamanhos, de


acordo com o emprego das técnicas intra e
extra-orais.
FILMES RADIOGRÁFICOS
2. QUANTO AO TAMANHO:
a) Intra-orais -
1. Filme padrão ou standard ( 3 x 4 cm )
2. Filme infantil ( 2,2 x 3 cm)
3. Filme bite-wing ( 2,7 x 5,5 cm )
4. Filme oclusal ( 5,7 x 7,6 cm )
FILMES RADIOGRÁFICOS
2. QUANTO AO TAMANHO:
b) Extra-orais -
1. Tamanhos variados -13 x 18, 18 x 24, 24
x 30, 30 x 40, 35 x 35, 35 x 43.
FILMES RADIOGRÁFICOS
3. QUANTO À SENSIBILIDADE:
A velocidade ou sensibilidade do filme
depende da temperatura e da duração do
aquecimento a que a emulsão é submetida
durante o preparo. Quanto mais elevada a
temperatura e mais demorado o processo de
aquecimento maiores serão os cristais de
brometo de prata e mais sensível será a
emulsão.
FILMES RADIOGRÁFICOS
3. QUANTO À SENSIBILIDADE:

Concluindo, quanto maior o tempo e a


temperatura a que é submetida a emulsão,
maiores serão os cristais de brometo de
prata e mais rápidos são os filmes.
FILMES RADIOGRÁFICOS
4. QUANTO À EMBALAGEM:

Pode conter um ou dois filmes, classificando-


se em:
a) simples
b) duplos. Vantagens .....
Cuidados ....
FILMES RADIOGRÁFICOS
Vantagens ..... Cuidados ....
Dois filmes do mesmo caso O filme é sensível à luz,
podendo ser revelados em aos raios gama, a vários
tempos diferentes para obter gases e vapores, ao calor e
radiografias de diferentes umidade, o tempo.
densidades;
Armazenagem em local de
Manter sempre uma cópia de pouca luz, onde não haja
suas radiografias em arquivos drogas, calor e não
apropriados, para comparação permitir que ultrapasse o
e seguimento dos casos. limite do tempo estipulado
pelo fabricante.
CÂMARA ESCURA

• LOCAL À PROVA DE LUZ, COM O


MÁXIMO DE HIGIENE, ONDE
PROCEDEMOS A REVELAÇÃO DOS
FILMES RADIOGRÁFICOS E
FOTOGRÁFICOS.
• TIPOS DE CÂMARA ESCURA:
• PORTÁTIL
• QUARTO
• LABIRINTO
• PROCESSADORAS
AUTOMÁTICAS
• PORTÁTIL
Usada para sanar a falha nos consultórios
dentários, onde não há possibilidade de
construção ou adaptação de um de seus
compartimentos para câmara escura.
• PORTÁTIL - Constituição - 1
Caixa de madeira, de interior preto, ou de
acrílico vermelho transparente, com
tampa, contendo os 3 recipientes para:
Revelador, Água e Fixador.
• PORTÁTIL - Constituição - 2
Nas partes laterais ou anterior
encontram-se os orifícios, onde
são colocadas as mangas pretas
com elástico na extremidade
livre, para o manuseio do filme.
• PORTÁTIL

• É usada para revelação individual de


filmes.
• Apresenta uma série de desvantagens.
• QUARTO - 1

Comum de ser encontrada, onde há o


aproveitamento de uma de suas
dependências para a revelação de filmes.
• QUARTO - 2

Constitui num local à prova de luz, onde


encontramos os recipientes próprios para
a revelação radiográfica.
• LABIRINTO -
Especialmente construída, apresentando as
condições essenciais para a revelação, ou
seja, à prova de luz, com boas condições
de higiene exigidas, boa ventilação, e de
uso exclusivo, possuindo equipamento
essencial.
• EQUIPAMENTOS NECESSÁRIOS:
- SUPORTES.
- FILTRO DE SEGURANÇA.
- TERMÔMETRO.
- BASTÕES AUTENTICADOS (Agitadores)
- RELÓGIO ALARME.
- TANQUES.
• EQUIPAMENTOS NECESSÁRIOS
- COMPLEMENTARES
• Estantes secadoras ou estufas; Ventilador;
• Negatoscópio; Exaustor;
• Armário para armazenagem das soluções;
• Cesto de papéis; Luz para limpeza;
• Tabela de orientação do Processamento;
• Soluções Reveladora e Fixadora.
• EQUIPAMENTOS NECESSÁRIOS -
COMPLEMENTARES

PROCESSADORA
AUTOMÁTICA
• PROCESSADORA
AUTOMÁTICA

Vantagens: Rapidez da operação,


Uniformidade dos resultados,
Pequeno espaço requerido.
• PROCESSADORA AUTOMÁTICA
Vantagens: Dependendo do tipo da
máquina processadora, o tempo total
de processamento é de 2 a 7 minutos
(seco a seco), isto é, do início ao fim.
• PROCESSADORA AUTOMÁTICA

• A solução processadora é mais


energética; funciona à temperatura
elevada (+35ºC); a temperatura de
secagem é maior (+55ºC);
• OUTROS ACESSÓRIOS:
GELADEIRA,
AVENTAIS DE CHUMBO,
PROTETORES DE TIREÓIDE,
BIOMBOS DE CHUMBO (com visor),
PORTA-FILMES (Chassis),
ECRANS INTENSIFICADORES.
GRADE ANTIDIFUSORA (Potter Bucky),

Interesses relacionados