Você está na página 1de 16

UNIVERSIDADE CEUMA

PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO
COORDENADORIA DO CURSO DE ENGENHARIA CIVIL
CURSO DE ENGENHARIA CIVIL

OBJETIVO: INSPEÇÃO VISUAL DE INTEGRIDADE DA


ESTRUTURA METÁLICA ESPACIAL DO TERMINAL
RODOVIÁRIO DE SÃO LUÍS – MA

Orientador: Me Diego Rosa

São Luis – MA
2018
UNIVERSIDADE CEUMA
PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO
COORDENADORIA DO CURSO DE ENGENHARIA CIVIL
CURSO DE ENGENHARIA CIVIL
Francisco Luan pereira de Sousa - 31921
Luís Felipe Amorim - 45348
Marcelo Silva Lindoso - 41401
Menoti Cruz Vieira - 46613
Rafael Anderson do Nascimento Conceição – 41387
Rodrigo Oliveira dos Santos - 41759
Yago Soares Chaves - 46463
Orientador: Me Diego Rosa

São Luis – MA
2018
1. Objetivo da Inspeção
Avaliação visual da integridade da estrutura do
Terminal Rodoviário de São Luís - Maranhão foi
inaugurado em fevereiro de 1988 durante o governo
de Epitácio Cafeteira e possui aproximadamente
12.956 m² de cobertura metálica no total.
2. Metodologia
Foi desenvolvido um trabalho de inspeção visual forma a
fornecer informações sobre a estrutura em seu estágio
atual, realizada análise estruturais, com registro
fotográfico dos elementos principais e eventuais anomalias
3. REFERÊNCIA NORMATIVA:

➢ ABNT NBR 15239:2005 Tratamento de superfícies de aço com


ferramentas manuais e mecânicas.

➢ PETROBRAS N-1550 - Pintura de Estrutura Metálica.

➢ PETROBRAS N-1021 - Pintura de Superfícies Galvanizadas,


Ligas Ferrosas e não Ferrosas, Materiais Compósitos e Poliméricos.

➢ NBR-6355 perfis estruturais de Aço formados a frio


padronização.
4. Elementos Inspecionados
 Vigas Treliçadas;
 Terças que sustentam telhas metálicas;
 Bases dos Pilares;
 Uniões Parafusadas;
 Colunas;
OBJETIVO: INSPEÇÃO VISUAL DA
INTEGRIDADE DA ESTRUTURA METÁLICA
ESPACIAL DO TERMINAL RODOVIÁRIO DE
SÃO LUÍS – MA
5. RELATÓRIO FOTOGRÁFICO
Necessário Tratamento
Anticorrosivo grau St3

CORROSÃO POR PLACAS


NECESSÁRIO TRATAMENTO
ANTICORROSIVO GRAU ST3

CORROSÃO / OXIDAÇÃO
SUPERFÍCIE METÁLICA
APRESENTANDO PONTOS
LOCALIZADO DE OXIDAÇÃO

NECESSÁRIO TRATAMENTO
ANTICORROSIVO GRAU ST3
NECESSÁRIO TRATAMENTO
ANTICORROSIVO GRAU ST3

SUPERFÍCIE METÁLICA APRESENTANDO


PONTOS LOCALIZADO DE
OXIDAÇÃO/CORROSÃO
NECESSÁRIO TRATAMENTO
ANTICORROSIVO GRAU ST3

CORROSÃO UNIFORME,
DETRITOS EM PONTOS
LOCALIZADOS
NECESSÁRIO TRATAMENTO
ANTICORROSIVO GRAU ST2

DESCASCAMENTO DA
PELÍCULA DE TINTA
NA ESTRUTURA
Graus e preparação de superfícies de aço: Conforme a ISO 8501-1:
Grau St 2 - superfície de aço completamente raspada e/ou escovada
manual ou mecanicamente. O tratamento deve remover a carepa de
laminação solta, os óxidos e quaisquer materiais estranhos. A superfície
deve ser limpa, imediatamente, com aspirador, com ar comprimido seco
e isento de óleo ou escova de pêlo. O aspecto deve corresponder às
gravuras com designação St 2.

Grau St 3 - superfície completamente raspada e/ou escovada manual ou


mecanicamente. A superfície deve ser tratada como em St 2, mas de
maneira muito mais rigorosa. Depois da remoção do pó, a superfície
deveNecessário
apresentar brilho metálico claro. O aspecto deve corresponder às
Tratamento
Anticorrosivo
gravuras grau St3 St 3.
com designação
6. CONCLUSÃO
Concluímos que a estrutura está íntegra e atende aos requisitos de
segurança exigidos por norma, entretanto necessita de manutenção
periódica, tratamentos anticorrosivo grau St2 e St3, em toda estrutura
para eliminar corrosão localizada. Fazer aplicação de tinta conforme
procedimento de pintura galvanizada na superfícies estruturais.

NOTA: Conforme norma para aplicação de tinta em estrutura


galvanizada é necessário a aplicação da tinta PETROBRAS N-2198 -
Tinta de Aderência Epóxi-Isocianato-Óxido de Ferro; para da aderência
antes de aplicar o esquema de pintura.