Você está na página 1de 34

Curso de Preparo de Soluções

RAINELDES AVELINO CRUZ JUNIOR


Teste de Coombs direto

 O teste de Coombs direto é usado no diagnóstico de doenças auto-imunes e doença


hemolítica do recém-nascido. Ele detecta anticorpos ligados à superfície das hemácias.
Teste de Coombs : Procedimento

 a) Preparar uma suspensão salina (5%) das hemácias a serem testadas; ???????????????
 b) Colocar 2 gotas desta suspensão em 1 tubo, adicionar solução fisiológica e centrifugar a 3.000 r.p.m. por um
minuto;
c) desprezar (com cuidado) o sobrenadante deixando o “ botão” de hemácias no fundo do tubo;
d) repetir a operação mais duas vezes. Na última operação, com auxílio de papel de filtro, procurar desprezar
toda a solução salina. Quando se tratar de sangue umbilical, lavar as hemácias no mínimo oito vezes;
e) adicionar duas gotas de soro de Coombs;
f) centrifugar à baixa rotação (1.000 r.p.m) por 15 segundos;
g) leitura: agitar levemente o tubo e observar se há aglutinçaõ dos eritrócitos.
Soluções

É uma mistura homogênea de duas ou mais substâncias, ou seja, uma


mistura que apresenta somente uma fase.
Soluto x Solvente
Soluções e solubilidade

 A quantidade de um soluto que se dissolve em um solvente para formar


uma solução saturada é chamada de solubilidade do desse
soluto.
 Solubilidade ou coeficiente de solubilidade (CS) é a quantidade máxima
que uma substância pode dissolver-se em um líquido, a uma temperatura
especificam, e pode ser expressa em mols por litro, gramas por litro ou
em porcentagem de soluto/solvente.

A máxima quantidade de sal que se dissolve em 100 mL


de H2O a uma determinada temperatura.

Ex: 36g de NaCl em 100 mL de H2O a 18 ºC


Soluções supersaturada
Efeito das forças intermoleculares na
formação
Energética de formação de uma
solução
Energética de formação de uma
solução
Fatores que afetam a solubilidade

 1- depende da natureza das substancias


 2- depende da temperatura
Interação soluto - solvente

 Quanto maior for atração das moléculas do soluto- solvente, maior será a
solubilidade do soluto nesse solvente.

 Liquidos polares tendem a dissolver em líquidos polares.


 Liquidos apolares tendem a dissolver em solventes apolares
Interação soluto - solvente

 Liquidos polares tendem a dissolver em líquidos polares.


 Liquidos apolares tendem a dissolver em solventes apolares
Efeito da temperatura

 A solubilidade da maioria dos sólidos em agua aumenta, com o aumento


da temperatura da solução.
Cuidados Gerais

 SECAGEM DO SOLUTO;
 PESAGEM;
 LIMPEZA DAS VIDRARIAS;
 CALIBRAÇÃO DAS VIDRARIAS;
 AJUSTE DA TEMPERATURA;
 ACERTO DO MENISCO;
 ROTULAGEM CORRETA
Vidrarias utilizadas

 Para a preparação de soluções utilizamos vidrarias de exatidão e precisão


Leitura do menisco

 No preparo de soluções entre líquido as vidrarias utilizadas são a pipeta volumétrica e o


balão volumétrico, este possui um traço de aferição situado no gargalo, que determina o
limite da capacidade do mesmo. Quando o solvente atingir o traço de aferição, observa-se
a formação de um menisco.
SOLUTO SÓLIDO: O PREPARO DE SOLUÇÕES DEVE SEGUIR
A SEGUINTE ORDEM:

 1. Pesar o soluto;
 2. Dissolver o soluto em um béquer usando uma pequena quantidade de
solvente;
 3. Transferir quantitativamente para o balão volumétrico;
 4. Completar o volume com o solvente;
 5. Homogeneizar a solução;
 6. Padronizar a solução padrão, quando necessário;
 7. Guardar as soluções em recipientes adequados e rotulados.
SOLUTO LÍQUIDO: OPREPARO DE SOLUÇÕES DEVE SEGUIR A
SEGUINTE ORDEM:

 1. Medir o volume do soluto;


 2. Transferir quantitativamente para o balão volumétrico;
 3. Completar o volume com o solvente;
 4. Homogeneizar a solução;
 5. Padronizar a solução padrão, quando necessário;
 6. Guardar as soluções em recipientes adequados e rotulados
Expressando a concentração
EXPRESSANDO A CONCENTRAÇÃO

 Concentração : É a relação entre a quantidade de soluto e solvente em uma solução. Podem ser
expressas por diferentes formas.

 Qualitativa
Concentrado x Diluído

 Quantitativo
Percentual em massa
Fração molar ,
Concentração em quantidade de matéria
Molalidade
Método Qualitativo de Analise

I II
O pó dissolvido Acrescenta-se
em água. mais água:
diluição.

Muito concentrado Menos concentrado


ou mais diluído
Diluição de soluções (nível microscópico)

Solução concentrada de CuCl2 (aq) diluída pela adição de solvente resulta em


nova solução com o mesmo número de íons Cu2+ e Cl–.
UNIDADES DE CONCENTRAÇÕES UTILIZADAS:

 Percentual em massa ou volume (Titulo): Unidade de concentração que relaciona a massa


(m) ou o volume (V) do soluto com a massa ou o volume do solvente ou da solução.
UNIDADES DE CONCENTRAÇÕES UTILIZADAS:

Concentração comum: É uma relação direta entre a massa do soluto (g) e o


volume da solução (L).
Calculo da concentração comum
UNIDADES DE CONCENTRAÇÕES UTILIZADAS:

Expressa a massa de soluto


presente num certo volume
de solução.

NaOH (aq)
C = 80 g/L
UNIDADES DE CONCENTRAÇÕES UTILIZADAS:

 CONCENTRAÇÃO MOLAR : expressa em mols do soluto por litros do solvente.

1 molar = 1 mol da substância / 1L de solução


ou
1 molar = 1 mmol da substância / 1 mL de solução
Aplicação
Diluição de Soluções

V= 5,0 mL (alíquota) M=?


M = 2,0 mol /L V = 50 mL
V= 5,0 mL (alíquota) Trasferida para balão de 50 mL

IMPORTANTE: na diluição, conserva-se o número de mols!


A quantidade de soluto permanece a mesma.
Aplicação

 Quantos mililitros de uma solução de H2SO4 3 molar são necessários para


preparar 450 mL de H2SO4 0,10M.
OBRIGADO!!!!

Você também pode gostar