Você está na página 1de 43

PRINCÍPIOS ATIVOS USADOS NO TRAMENTO

DE DISCROMIAS

PROFESSORA Ma.SUZANA BENDER


Parecer Técnico Nº 1, de 28 de julho de 2009
(Revisão do Parecer Técnico Catec nº 08/2001)

Proibição dos termos Mancha e Despigmentante em produtos


cosméticos (Revisão do Parecer Técnico Catec nº 08/2001)
- Considerando que cosmético é um produto de uso externo, que não pode
conter indicações e menções terapêuticas;
- Considerando que o uso de produtos para "mancha" envolve a
necessidade de conhecimento prévio do consumidor quanto ao diagnóstico
da mesma
A CATEC recomenda:
1. a proibição dos termos: mancha(s) e/ou despigmentante(s) no nome, texto de
rotulagem, encartes e material publicitário dos produtos cosméticos;
2. que a proibição, de que trata o presente parecer, é extensiva a todos os demais
termos, dizeres ou figuras, que possam induzir ao mesmo entendimento;
3. que os produtos existentes no mercado anteriores à publicação deste Parecer
deverão adequar seus dizeres de rotulagem
EPIDERME
ESTRATO BASAL
Melanócitos
–Células com prolongamentos que transferem

os melanossomas para os queratinócitos


Melanossomas
–Organelas onde ocorrem a melanogênese

– nº, forma, dimensão e distribuição na

epiderme geneticamente determinado e variável

com a raça.
Melanócito
MELANOGÊNESE
MELANOGÊNESE
•Processo que leva à formação de melanina responsável
pela pigmentação cutânea
•Fisiologicamente importante como barreira à penetração
dos uv’s
Eumelanina: tem predominância da cor acastanhada ou
preta.
Feomelanina: tem cor avermelhada ou amarelada
DHI=Diidroindol do ácido carboxilico
DHICA= Diidroxiindol ácido carboxílico
Melanócito
Melanina
•Características:
–Confere cor à pele;
•Dois tipos de Melanina:
-Eumelanina: tem predominância da cor
acastanhada ou preta.
-Feomelanina: tem cor avermelhada ou
amarelada
Melanina e Pigmentação da pele
- Principal cromóforo que proporciona à pele coloração
característica;
- Pigmento biológico envolvido na pigmentação cutânea,
sendo determinante das diferenças na coloração da pele.
Melanina e Pigmentação da pele
Função
- Produção aumentada após exposição à radiação UVA;
- Função primária de absorção da radiação, dissipando na
forma de calor;
- Efeito Fotoprotetor;
- Propriedade antioxidante.
HIPERPIGMENTAÇÃO
Causada pelo aumento da síntese e deposição da
melanina;
HIPERPIGMENTAÇÃO
Principais Causas:
1.Fator Genético:
envolvido em todos os estágios da melanogênese à
codificação genética dos melanossomas.
2. Fator Hormonal:
estrogênios, progestogênios, α-MSH (melanocyte stimulating
hormone).
HIPERPIGMENTAÇÃO
Principais Causas:
3. Radiação Ultravioleta (RUV):
- RUVA: oxidação e escurecimento dos precursores
incolores da melanina – pigmentação sem eritema (direta).
- RUVB: multiplicação de melanócitos ativos e estimulação
da enzima tirosinase – eritema (indireta).
FOTOTIPOS DE PELE(FITZPATRICK)
- Desenvolvidos em 1975 por Thomas B. Fitzpatrick
- Baseados na resposta inflamatória a uma exposição solar :
• vermelhidão (eritema)
• escurecimento (bronzeamento)
FOTOTIPOS DE PELE(FITZPATRICK)
Escala utilizada para definir fototipos de coloração de pele
-Utilizado em testes de FPS, UVA e tratamentos com laser;
-Avaliar a tolerância da pele em procedimentos como peeling
químicos e dermoabrasão;
- Quanto maior o fototipo, maior será o risco de
hiperpigmentação pós inflamatória.
FOTOTIPOS DE PELE(FITZPATRICK)
I - Sempre queima, nunca bronzeia

II - Sempre queima, bronzeia pouco

III - Bronzeia muito, queima pouco

IV - Bronzeia sempre, nunca queima

V - Altamente pigmentada

VI - Negro.
HIPERPIGMENTAÇÃO
Melasma:
Do Grego ‘melas’ significa preto;
- Hiperpigmentação comum adquirida após exposição solar;
- Causada por aumento da expressão dos MSH liberado
pelos queratinócitos.
HIPERPIGMENTAÇÃO
Melasma:
- Durante a gravidez, é chamada de Cloasma, do Grego
“chloazein”significa verde, porém as manchas não apresentam
tal coloração, sendo mais correto a nomenclatura “melasma”;
- Ocorre principalmente durante a gravidez, uso de
contraceptivos e reposição hormonal com estrógeno;
HIPERPIGMENTAÇÃO
Melasma:
• Manchas hiperpigmentadas irregulares, serrilhadas, e bordas
irregulares;
• Ocorre principalmente nas bochechas, lábio superior, queixo
e na testa;
• No melasma, os melanócitos apresentam dimensões
aumentadas, dendritos prolongados e sintetizam mais
melanina.
HIPERPIGMENTAÇÃO
Melasma:
Existem 4 tipos de melasma:
• Epidérmico
• Dérmico
• Epidérmico / Dérmico
• Indeterminado
HIPERPIGMENTAÇÃO
Sardas ou efélides:
-Caracterizam-se por manchas pequenas;
-Com diâmetro inferior a 0,5cm;
-Começam a aparecer a partir dos 3 anos de idade em áreas
mais expostas ao sol;
- As pessoas de pele clara, cabelos ruivos ou louros e olhos
azuis mostram-se mais predispostas a elas.
HIPERPIGMENTAÇÃO
Hiperpigmentação pós- inflamatória:
-Ocorre principalmente em pessoas de pele escura na
sequência do restabelecimento de uma inflamação;
-A causa são as citocinas liberadas no processo inflamatório
que estimulam a melanogênese.
HIPERPIGMENTAÇÃO
Hiperpigmentação por reação fototóxica:
-Causada pelo contato com substância fotossensibilizante e
subsequente exposição ao sol;
-No início o local fica vermelho e na sequência evolui para
uma resposta inflamatória que pode resultar em reação
bolhosa;
-Induzido pelo uso de medicamentos tópicos ou alimentos.
HIPERPIGMENTAÇÃO
Lentigo ou Mancha senil:
-Pequenas;
-Com um ou mais milímetros de diâmetro;
-Coloração castanho escuro a negra;
-Encontrada em áreas expostas ao sol;
-São devido ao acúmulo de danos causados pela exposição
solar;
-Aparecem após os 50 anos;
HIPERPIGMENTAÇÃO

Hemoglobina e Pigmentação da pele


-Oxihemoglobina (vermelha)
- Importante para manter a homogeneidade da cor da pele.
- Hemoglobina desoxigenada (azul)
Está relacionada com hiperpigmentações periorbitais.
HIPERPIGMENTAÇÃO
Hiperpigmentação periorbital:
-Localizada na região periocular;
-Ocorre por acúmulo de melanina no local;
-Tem origem genética- Hereditária
-Permanentes.
- Mais comum em mulheres morenas.
HIPERPIGMENTAÇÃO
-Hiperpigmentação periorbital por deposição de
hemosiderina:
-Na formação do edema ocorre extravasamento do eritrócito;
-O eritrócito sofre hemólise e libera hemoglobina;
-A hemoglobina decomposta libera hemosiderina, pigmento
férrico de cor parda que se deposita nos tecidos;
-São de cor escura próximas ao negro ou violeta, presentes
nas pálpebras inferiores.
HIPERPIGMENTAÇÃO
HIPERPIGMENTAÇÃO

Olheiras

Sardas

Olheiras- hemosiderina
SANGUÍNEAS

Telangiectasia Petéquias e equimoses


alargamento de capilares Rompimento dos vasos

Eritema -Rubor
Cianose congestão
má oxigenação de vasos arteriais
ARBUTIN
(hidroquinona beta D,glucopiranosídeo)
É um heterosídeo da hidroquinona, presente em varias
plantas da familia das ericáceas. Embora o arbutin seja
um derivado de hidroquinona naturalmente encontrado em
plantas como espécies de peras, cranberry, uva-ursi e
muitas outras.
“In Vitro” possui desempenho superior a muitos ativos do
mercado.
Citotoxicidade 100 vezes menor do que a hidroquinona.
Resultado satisfatório em melanoses solares e melasma.
Mecanismo de ação: inibe a formação a tirosinase.
Concentração de uso:0,5% a 3%
Indicação:2-3xdia por 3 meses.
ANTIPOLLON HT:
Silicato de aluminio, produzido sinteticamente age como Co
despigmentante, pois produz despigmentação gradual.
Adsorve a melanina já formada.

SYNOVEA-Possui um componente ativo o hexylresorcinol


4 vezes mais potente que a hidroquinona.Atua na estimulação da
produção de glutationa, um protetor celular.
Estimula as enzimas antioxidantes. Possui atividade anti
bacteriana e antifungica.Inibidor da tirosinase.
VITAMINA C:
Ou ácido ascórbico, age quelando os íons cobre, impedindo a melanogênese.

Existem diversas formas de Vitamina C no sentindo de tornar mais estável:

NANOSFERAS DE VITAMINA C E THALASPHERES DE VITAMINA C: 50% de VC-


PMG

ASCORBOSILANE C: solução aquosa contendo 1% de monometilsilanol ascorbato e


0,627% de vit c

VC-PMG: 50% de vitamina C estabilizada com magnésio, libera vitamina c intacta no


interior da pele.Uso :1-4% pode chegar a 12%

STAY C: VC-PMG estabilizado com sodio.Uso: 1-10%, hidrossoluvel.


PALMITATO DE ASCORBILA: acido ascorbico+acido palmitico, lipossoluvel,
contem cerca de 45-50% de acido ascorbico.Uso: 1,5% fotossensivel.

VCIP: forma lipossoluvel da vitamina C, penetra melhor que VC-


PMG.Uso:0,5-2%

AAG2: concentração desconhecida.Vitamina C ligada a uma molécula de


glicose, tornando mais estável, fazendo um depósito de 72hs de Vitamina C
na pele.

ACIDO ASCORBICO: vitamina C na forma pura, instável em solução aquosa


ou produts que contenham agua,
.
ACIDO FÍTICO: O ácido fítico é um ácido orgânico componente natural da
maioria das sementes de leguminosas e cereais.

Sua formação se dá durante a maturação das sementes e grãos de cereais


Antioxidante, potente quelante de metais como Fe,Ca,Cu inibidor da tirosinase.
Ativo multifuncional: antioxidante, anti-inflamatorio e despigmentante.
ÁCIDO KÓJICO:é obtido a partir da da fermentação do arroz.

Este ácido é usada à muitos séculos pelas queixas devido à sua ação
clareadora. Ácido Kójico age inibindo a formação da melanina.

Ele quela os íons cobre e bloqueia a ação da tirosinase, acabando


com as manchas.

O efeito do Ácido Kójico ocorrerá após 2 a 4 semanas de uso


contínuo.

Algumas pessoas podem demorar um pouco mais, especialmente


aquelas com pele oleosa ou muito espessa.

Os resultados vão melhorando à medida que se continua a aplicação


por até 6 meses.
SKIN WHITENING COMPLEX:
Complexo vegetal clareador.Extrato de uva ursi, AHAs, acido fitico e aspergilus
biofermentado.
Inibe a tirosinase, quela ions CU, esfolia a pele.

AQUA LICORICE PT –40


Derivado do Extrato de alcaçuz
Despigmentante por inibição da tirosinase.
Também é antioxidante e antimicrobiano.
MELAWHITE –
É um despigmentante funcional, composto de peptídeos fracionados,
leucocyte extract (INCI), seletivamente, através de métodos precisos de
processamento.

O melawhite atua como um inibidor específico e competitivo da tirosinase,


diminuindo a formação do pigmento da pele, a melanina.

Desta forma, o melawhite pode auxiliar a minimizar o bronzeamento da


pele e pigmentações pré-existentes e pós adquiridas, como sardas
manchas senis e etc, PRODUTO COMERCIAL: SUN CLAIR BLUE GEL
CREME-MEDICATRIZ
IDEBENONA –

É o mais recente despigmentante que também é antioxidante, sua


molécula é análoga à coenzima Q10, porém para despigmentação
aconselha-se que seja lipossomada, pois os lipossomas irão garantir a
sua permeação até a camada basal, onde estão os melanócitos.
A idebenona age na inibição da dopaquinona que é uma precursora da
melanina com ótima tolerância.

PRODUTO COMERCIAL:PREVAGE
ACIDO TRANEXÂMICO
. Apresenta níveis séricos
aumentados com o uso de
anticoncepcionais orais e na
gravidez.

O bloqueio dessa substância pode


ser por mecanismo parácrino, por
meio do qual o AT reduz a
hiperpigmentação do melasma.

Age inibindo a tirosinase


BELIDES:
ativo despigmentante derivado da margarida.Atua antes, durante e
depois da síntese de melanina.

Quando o sol atinge a nossa pele ele libera ativos mediadores pró
inflamatórios como a Endotelina ET1.Essa Endotelina em grande
quantidade está diretamente envolvida na síntese da tirosinase,
proliferação,migração e formação dos denditros dos melanócitos.

A inibição da ET1 é capaz de inibir a melanogênese antes que ela se


inicie, tanto por diminuição da quantidade da tirosinase,como por
interferir na sìntese e atuação do
BELIDES
Outra forma de agir é a diminuição da a
indução da síntese da melanina é
bloqueando os receptores do hormônio
alfa MSH.
Quando esse hormônio consegue se
ligar ao seu receptor nos queratinócitos
ele estimula a ativação da tirosinase.
Assim quandos se bloqueia a ligação do
alfa MSH com seu receptor diminui a
produção de melania.
O belides também diminui a ação da
tirosinase e diminui a transferência dos
melanossomos para os queratinócito .

Você também pode gostar