Você está na página 1de 38

INTEGRAÇÃO

 SESMT – Serviços
Especializados em Engenharia de
Segurança e em Medicina do
Trabalho.
 Segurança do trabalho pode ser entendida como os
conjuntos se medidas que são adotadas visando
minimizar/neutralizas os riscos existentes no
ambiente de trabalho.

 A grande preocupação é a integridade física, a


saúde e o bem estar dos nossos colaboradores.

“SEGURANÇA E SAUDE NO TRABALHO NÃO É OPÇÃO DO EMPREGADO.”


 Integrar novos colaboradores ao sistema de segurança e
saúde no trabalho, a fim de prevenir acidentes e
doenças ocupacionais;

 Divulgar a politica de segurança, saúde e meio


ambiente;

 Orientar os colaboradores quanto aos possíveis riscos


de suas atividades, ao cumprimento das regras
estabelecidas, e ao uso coreto do Epi.
SESMT
O quadro de Segurança do Trabalho de uma empresa
compõe-se de uma equipe multidisciplinar composta
por:
Técnico de Segurança do Trabalho,
Engenheiro de Segurança do Trabalho,
Médico do Trabalho e Enfermeiro do Trabalho.
Estes profissionais formam o que chamamos de SESMT -
Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e
Medicina do Trabalho.
Por que existe um SESMT na Empresa ?

Porque é exigido por lei. Por outro lado, a


Segurança do Trabalho faz com que a empresa se
organize, aumentando a produtividade e a
qualidade dos produtos, melhorando as relações
humanas no trabalho.
A medicina do trabalho será responsável pela realização
dos exames:

admissionais,
mudança de função,
retorno ao trabalho,
periódicos e demissionais,

controlando as condições de saúde dos trabalhadores e


assegurando a continuidade operacional e a
produtividade.
O que é Acidente de Trabalho?

É todo evento não programado que ocorre pelo


exercício do trabalho a serviço da empresa,
provocando lesão corporal ou perturbação
funcional que cause a morte ou a perda ou
redução permanente ou temporária, da
capacidade para o trabalho.
Pirâmide de Bird:

1 Acidente Fatal
10 Ferimentos Leves
30 Danos Materiais

600 Pequenos Incidentes

Análise de acidentes do trabalho


Consequencias dos Acidentes:

Quando evitamos Acidentes, poupamos vidas e prejuízos para:

 O Trabalhador* – Lesões, incapacidade


para o trabalhador;

 A Empresa – Queda de produção, custo


com materiais e equipamentos, salários
adicionais; tempo perdido por outros
empregados que parem;

 A Sociedade – Aumento de imposto e


taxas de seguro, perda temporária ou
permanente de elemento produtivo.
Típico – Aquele que ocorre na execução normal do
trabalho.

Trajeto – Aquele que ocorre durante o deslocamento do


funcionário, de casa para a local de trabalho e do trabalho
para casa, desde que esse trajeto não seja modificado.

Doença – Doença do trabalho, ou seja, desenvolvida


durante o exercício do trabalho a serviço da empresa.
Ex: LER e DORT
Os acidentes não acontecem, eles são causados.

Causas imediatas:
 Ato Inseguro;
 Condição Insegura;
 Fator Pessoal de Insegurança.
É todo ato consciente ou
não, praticado pelo
trabalhador contrários ás
normas de segurança.

Os atos inseguros são


causados por falhas
humanas.

O acidente ocore, onde a


prevenção falha.
90 % dos acidentes são causado por ATO INSEGURO

 Correria
 Distrair–se com brincadeiras
 Não Utilizar EPI
 Não Obediência as Sinalizações
 Usar Maquina sem Habilitação
 Uso de Roupa Inadequada
 Fumar em Local Proibido
Deficiência, defeito ou
irregularidade técnica
nas instalações,
presente no ambiente
de trabalho, que
podem colocar em
risco a integridade
física e mental do
trabalhador.
 Falta de corrimão em escadas;
 Falta de guarda-corpo em patamares;
 Arranjos inadequados;
 Falta de sinalização;
 Falta de proteção em partes moveis;
 Ferramentas defeituosas;
 Falta de treinamento.
É o que podemos chamar de “problemas
pessoais” do indivíduo e que agindo sobre o
trabalhador podem vir a provocar acidentes.

 Problemas de saúde;
 Conflitos familiares;
 Falta de interesse pela atividade que
desempenha;
 Alcoolismo;

 Uso de substâncias tóxicas;


 Ruído
 Vibrações
 Pressões anormais
 Temperaturas extremas
 Frio
 Umidade
 Radiações não-ionizantes
 Radiações ionizantes
 Poeiras
 Fumos
 Névoas
 Gases
 Vapores

Podem penetrar no organismo do trabalhador por via


respiratória cutânea ou por ingestão.
 Bactérias
 Fungos
 Bacilos
 Parasitas
 Protozoários
 Vírus
 Ciência que estuda a relação de interação entre o
Homem x Ambiente de Trabalho na execução de sua
função.
 Decorrente das condições físicas do ambiente e
do processo de trabalho.
Os E.P.I.´s evitam lesões ou minimizam sua
gravidade, em casos de acidente ou exposição a
riscos, também, protegem o corpo contra os
efeitos de substâncias tóxicas, alérgicas, ou,
agressivas, que causam as doenças ocupacionais.
Quem

A empresa é
fornece o
E.P.I.?
obrigada a fornecer
aos empregados,
gratuitamente, EPI
adequado ao risco,
em perfeito estado de
conservação e
funcionamento,
treinar e tornar
obrigatório seu uso.
O que diz a NR 06 quanto aos empregados
6.7.1 - Cabe ao empregado quanto ao EPI:

a) Usar, utilizando-o apenas para a finalidade a que se destina;


b) Responsabilizar-se pela guarda e conservação;
c) Comunicar ao empregador qualquer alteração que o torne impróprio para uso;
d) Cumprir as determinações do empregador sobre o uso adequado.
e) Atender, em complemento ás exigências desta Nr, às normas internas da
companhia. Ao aceitar o trabalho, estes documentos passam a fazer parte do
contrato de trabalho do empregado.

Obs. Art. 158 da CLT, Constitui “Ato Faltoso” do empregado a recusa


injustificada ao uso do equipamento de proteção individual fornecido pela
empresa.
5.4) Da distribuição dos E.P.I´s

Para que o EPI seja entregue ao funcionário, é necessário que sejam observadas
as seguintes condições:

- Preenchimento do formulário de “Controle de Entrega de EPI’s” constando o


EPI entregue, a data de entrega e a assinatura do empregado que retira o EPI.
Nessa mesma ficha, encontra-se um termo de responsabilidade, onde constam os
aspectos da legislação relativos a EPI. O funcionário deverá ler esse termo, e
assiná-lo, dando ciência de que foi informado sobre essa legislação.
1. Sapato de Segurança - Proteção contra impactos
de quedas de objetos sobre os pés e umidade.

2. Luvas - Proteção das mãos contra agentes


químicos e biológicos.
3.Respirador - Proteção das vias respiratórias contra
partículas e gases emanados de produtos
químicos, poeiras.

4. Óculos de ampla visão - Para proteção dos olhos


contra respingos de produtos químicos
e poeiras.
5. Protetor Auricular - Para proteção dos ouvidos
contra ruídos acima de 85 dB.
6 . Capacete - Proteção da cabeça contra impactos
externos.

7 . Cinto de Segurança - para proteção contra riscos de


queda nos trabalhos em altura.
 Dica: Sempre utilizar Capacete com Jugular, o mesmo
deve estar acomodado firmemente a cabeça e com a
jugular ajustada de acordo com mandíbula.
Colegas, vejam o que aconteceu, agora imaginem se ele
NÃO estivesse utilizando o equipamento.
É sempre bom informar que o EPI, sozinho, NÃO EVITA O
ACIDENTE, e sim minimiza seu impacto no ser humano. São
ferramentas importantes na prevenção de acidentes, mas
não tão importantes como o ser humano. O EPI é um aliado
importante, mas sem a SUA ajuda, ele de nada lhe será útil.

Encare a prevenção como parte do trabalho, e o EPI como


um leal colega, que está sempre disposto a lhe preservar e
ajudar no seu trabalho. Use-o sempre de maneira correta, e
siga as informações aqui transmitidas.

POR QUE BOM DIA É DIA SEM ACIDENTES!!!!


A Segurança e Medicina do Trabalho existe para tornar a
sua vida mais confortável e saudável no ambiente do
trabalho, portanto não se intimide em nos procurar caso
precise de ajuda.

Sejam Bem Vindos !


Obrigado!

mariocontatos80@gmail.com