Você está na página 1de 10

 O Telencéfalo representa praticamente a maior

porção do encéfalo, incluindo o diencéfalo. Tal


estrutura é formada por dois hemisférios,
esquerdo e direito. Porém os hemisférios estão
incompletamente separados pela fissura
longitudinal e pelo corpo caloso que liga um ao
outro através de 20 milhões de fibras nervosas. É
constituído por dois tipos de substâncias a
branca e a cinzenta. A substância cinzenta se
subdivide entre interna, onde ficam os núcleos
basais e em externa onde fica a córtex, que é a
área funcional.
O diencéfalo é uma estrutura
ímpar que só é vista na porção
mais inferior do cérebro. Ao
diencéfalo compreendem as
seguintes partes: tálamo,
hipotálamo, epitálamo e
subtálamo, todas relacionadas
com o III ventrículo.
É a menor parte do tronco encefálico.
Interpõe-se entre a ponte e o diencéfalo. É
atravessado por um estreito canal,
o aqueduto cerebral, que une o III ao IV
ventrículo. Na face anterior encontra uma
depressão que separa o mesencéfalo da
ponte chamada de sulco pontino superior. Na
face posterior do mesencéfalo distingue-se
uma lâmina quadrigêmea, os colículos.
Os colículos superiores recebem
informações visuais e os colículos
Situa-se entre o bulbo e o
mesencéfalo. É uma grande massa
ovoide. É cortada por longos feixes
de fibras orientadas
transversalmente, a fibra transversal
da ponte. A ponte participa de
algumas atividades do bulbo. Interfere
no controle da respiração, é um
centro de transmissão de impulsos
É também conhecido por bulbo raquídeo ou
medula oblonga. Tem a forma de um cone e
é a parte mais caudal do tronco encefálico.
Sua parte inferior está ligada à medula
espinhal e a parte superior à ponte. Seu
limite superior se encontra no nível do sulco
bulbo-pontino (margem inferior da ponte) e
seu limite inferior se encontra no nível
do forame magno. O Bulbo recebe
informações de vários órgãos do corpo,
controlando as funções autônomas,
O "pequeno cérebro" é a parte mais interior e
posterior de todo o encéfalo. Ele tem a
aparência enrugada do cérebro acima, suas
reentrâncias e saliências são mais finas e
organizadas em padrões mais regulares. As
principais partes anatômicas do cerebelo
incluem o vêrmis, longo e afinado no centro,
dois lobos flóculos-nodulares abaixo, cada
um dividido em diversos lóbulos. Os
dois lóbulos laterais lembram os dois
hemisférios do cérebro e às vezes são
chamados de hemisférios cerebelares. A
principal função do cerebelo é a coordenação
dos movimentos corporais por meio do
 A medula espinhal leva
e traz informações do
encéfalo e de todas as
partes do corpo com
exceção da cabeça
que é suprida pelos
nervos cranianos.
 Os sinais que
percorrem a medula
espinhal são
conhecidos como
impulsos nervosos.
A medula inclui um feixe de fibras nervosas,
que são longos prolongamentos de células
nervosas. Elas se estendem da base do
encéfalo até a região inferior da medula
espinhal.
 A medula é praticamente da largura de um
 Os dados provenientes dos órgãos do sentidos
nas diferentes partes do corpo são coletados
via nervos espinhais e transmitidos via medula
espinhal ao cérebro. A medula espinal, também
envia informação motora como os comandos
de movimentos do cérebro para o corpo, que
de novo é transmitida via rede nervosa
espinhal. A medula espinhal se localiza dentro
da coluna vertebral. Seus limites estruturais são
dois: Superior, pelo bulbo após o forame
magno e após a segunda vertera lombar (L2).

Você também pode gostar