Você está na página 1de 8

APRENDIZAGEM MOTORA

CONDIÇÕES DE PRÁTICA

CONTEÚDO DA AULA

 Variabilidade de experiências práticas


 Espaçamento, distribuição e quantidade de prática
 Prática no todo e prática em partes
 Prática mental
Questões centrais:

Como organizar o tempo disponível para a prática de habilidades


específicas?

Como definir o quanto de prática é necessária para assegurar a


aprendizagem?

As habilidades devem ser praticadas no todo ou em partes?

 O que é prática mental e quais seus benefícios para a aprendizagem de


habilidades motoras?
A VARIABILIDADE DAS EXPERIÊNCIAS MOTORAS

Ponto de partida: Uma variabilidade de experiências de movimento e


de contexto são fatores importantes na definição das condições de
prática.

Essa variabilidade aumenta as chances de a pessoa desempenhar


com sucesso a habilidade praticada e de se adaptar à condições
em que não teve experiência prévia.

A variabilidade das experiências deve operar com dois tipos de


condições contextuais:
 condições reguladoras (habilidades abertas)
 condições não-reguladores (habilidades abertas e fechadas)
A DISTRIBUIÇÃO DA PRÁTICA

Ponto de partida: A maneira como é organizada a frequência das sessões de


treinamento afeta diretamente a qualidade da aprendizagem.

Prática maciça
Prática distribuída

Os resultados das pesquisas para diversas dinâmicas de distribuição


de prática revela que a prática distribuída é muito mais benéfica para
a aprendizagem, levando os aprendizes a alcançarem metas de
desempenho muito mais rapidamente.

O intervalo ideal entre as sessões não é consensual na literatura.


O EFEITO DA QUANTIDADE DE PRÁTICA SOBRE A APRENDIZAGEM

Ponto de partida: Para a aprendizagem de uma habilidade motora, a quantidade


de prática que uma pessoa dedica é um aspecto crítico.

A questão central é: uma vez que a meta de desempenho tenha sido atingida de
forma estável, a aprendizagem da habilidade pode ser interrompida?

Em geral, defende-se a continuação da prática além da quantidade


necessária para atingir o critério de desempenho pré-estabelecido. Esse
procedimento visa a promover o fenômeno da superaprendizagem.

Esse tipo de estratégia é particularmente útil em processos de


aprendizagem de habilidades de procedimento embora também tenham se
revelada útil no desempenho de habilidades que envolvam equilíbrio
dinâmico.

Em qualquer contexto, deve-se levar em consideração como a quantidade de


prática interage com outros fatores que afetam a aprendizagem de habilidades
motoras.
PRÁTICA NO TODO E PRATICA EM PARTES

Ponto de partida: A complexidade e a organização de uma habilidade


motora fornece o crivo para se decidir pela prática no todo ou pela prática
em partes.

A prática no todo é aconselhada quando a habilidade a ser aprendida


é de baixa complexidade e alta organização.

A prática em partes é mais recomendada quando a habilidade requer


mais complexidade e baixa organização.

Em qualquer contexto de aprendizagem, o professor deve fazer com que o


aprendiz pratique juntos aquelas componentes da habilidade que são
espacial e temporalmente interdependentes, como se fossem unidades
naturais.
A prática de uma habilidade em partes pode ser feita pelo emprego de
três técnicas:

 técnica do fracionamento (separação simples das partes)

 técnica da segmentação progressiva

 técnica da simplificação
Redução da dificuldade dos objetos
Redução da dificuldade de polirrítimos binamuais ou bipedais
Redução da velocidade de habilidades complexas
A PRÁTICA MENTAL

A prática mental consiste em visualizar-se mentalmente desempenhando


uma habilidade física sem que haja o desempenho físico da habilidade.

A prática mental é eficiente tanto na promoção da aprendizagem de


habilidades motoras quanto na preparação para o desempenho de
habilidades já bem aprendidas.

A prática mental pode ser realizada tanto com recursos de imagética externa
quanto com recursos de imagética interna.

A eficiência da prática mental está relacionada com a capacidade de a


pessoa criar imagens mentais da ação.

Você também pode gostar