Você está na página 1de 20

ESTRUTURA DA TERRA E

TECTÔNICA DE PLACAS

IGEO – UFRGS
Prova Didática – Processo Seletivo 04/2018
Ciências Exatas e da Terra – Geociências - Geomorfologia

Stephanie Carvalho
stephanie.carvalhocs@gmail.com
ESTRUTURA DA TERRA E TECTÔNICA DE PLACAS
 O sistema Terra

A Terra como um todo pode ser entendida como um grande sistema constituído
por subsistemas, cujas interações são responsáveis pela dinâmica singular do
planeta Terra.
ESTRUTURA DA TERRA E TECTÔNICA DE PLACAS
 Tectônica e as formas de relevo
Neste contexto as interações entre os sistemas de naturezas exógena e endógena,
resultam nas feições de relevo, cuja formação ocorre desde o inicio da história da
Terra.

Objeto de
estudo da
Geomorfologia

FORMAS DE
RELEVO
(superfície da Terra)

Dinâmica Dinâmica
externa interna
(processos (processos
exógenos) endógenos)
ESTRUTURA DA TERRA E TECTÔNICA DE PLACAS
 Tectônica e as formas de relevo

Dinâmica externa

Processos morfogenéticos associados


dinâmica externa da Terra  interação
hidrosfera e atmosfera = sistema clima
(ação da água, dos ventos e da
temperatura).
Adicionalmente interagem com a biosfera
(ação de organismos vivos incluido o
homem).
ESTRUTURA DA TERRA E TECTÔNICA DE PLACAS
 Tectônica e as formas de relevo

Dinâmica interna

Está relacionada ao sistema da tectônica


de placas, cujas interações são responsáveis
pela formação e deformação das rochas.

• Para abordarmos em mais detalhe a


tectônica de placas e como esta influencia
nas formas de relevo é necessário
entendermos a estrutura interna da
Terra.
ESTRUTURA DA TERRA E TECTÔNICA DE PLACAS
 Estrutura Interna da Terra

 Litosfera = Camada rochosa extema e


espessa da Terra (sólida) - compreende a
crosta e a parte superior do manto até cerca de
100 km  forma as placas tectônicas

Manto
 Astenosfera = fina camada dúctil do
manto (manto superior) que acomoda os
movimentos (verticais e horizontais) das
placas tectônicas, deformando-se.
 Manto inferior = constituído por Si e Mg -
líquido e com alta densidade;

Núcleo
 Núcleo = formado essencialmente por Fe e
Ni e quimicamente subdividido em:
• NÚCLEO INTERNO – sólido (altas P) -
2.200 km de espessura;
• NÚCLEO EXTERNO – liquido - 1.250 km
de espessura.

Obs.: inferida por meio de estudos geofísicos.


ESTRUTURA DA TERRA E TECTÔNICA DE PLACAS
 Estrutura Interna da Terra

 CROSTA
diferencia-se em:

Oceânica  composição basáltica


e com ca. de 7 km de espessura;

Continental  formada por


rochas félsicas a máficas e com
espessura de 30 km -40 km.

Assim:
LITOSFERA = Crosta + porção sup. do manto

placas tectônicas Movem-se sobre a astenosfera


ESTRUTURA DA TERRA E TECTÔNICA DE PLACAS
Tectônica de placas
Deriva Expansão do
continental assoalho
(final do oceânico
século XIX) (década de 60)

TECTÔNICA DE
PLACAS

Litosfera
(+ fria e rígida)
Baseia-se
nas ≠
mecânicas Astenosfera
(+ quente e plástico)
ESTRUTURA DA TERRA E TECTÔNICA DE PLACAS
Tectônica de placas

LITOSFERA FRAGMENTADA  constituí um conjunto (mosaico) de placas sobre ASTENOSFERA.


ESTRUTURA DA TERRA E TECTÔNICA DE PLACAS
Placas tectônicas – características

• Pode ser composta por crosta oceânica e continental ou


apenas por um único tipo de crosta.
• A crosta oceânica é formada por assembléia de rochas
derivadas de lavas basálticas (máficas e/ou ultramáficas);
• A crosta continental é formada por assembléia de rochas
ígneas e/ou metamórficas de composição genérica
(granítica/ granitóides ). Em geral é recoberta recoberta por
rochas de metamórficas , sedimentares ou sedimentos.
ESTRUTURA DA TERRA E TECTÔNICA DE PLACAS
Placas tectônicas e as formas de relevo
• Os principais eventos geológicos (terremotos, vulcanismo), bem como as grandes
feições (cadeias de montanhas, fossas oceânicas)  interação das placas em seus
limites.
Tipos de limites de placas:

Dorsal Mesoatlântica
San Andreas (EUA) (placa Sul-americana)
Andes (Placa de Nazca mergulha sob
o continente Sul-americano)/
Himalais (Erasia e India)
ESTRUTURA DA TERRA E TECTÔNICA DE PLACAS
Placas tectônicas e as formas de relevo
ESTRUTURA DA TERRA E TECTÔNICA DE PLACAS
 Classificando as grandes unidades de relevo

No contexto da tectônica de placas podemos individualizar grandes unidades de


relevo, baseadas em três principais tipos de placas:

Placas • regiões centrais;


• tectonicamente estáveis, apenas eventos
interiores epirogênicos ocasionais (movimentos verticais - e.g.
tectônica distensiva)
Principais unidades de relevo

• Bacias
• Planaltos
• Vulcões intracontinentais (hot spots)
ESTRUTURA DA TERRA E TECTÔNICA DE PLACAS
Formas de relevo de ambientes geológico com predomínio de
Exemplo eventos epirogênicos  formação de bacias sedimentares e
magmatismo associado a fraturas distensivas.

Relevo típico de planalto


sedimentar ou sustentado
por um platô basáltico.

Bacia do Paraná - Cânion Fortaleza, Aparados da


Serra (RS/SC).
ESTRUTURA DA TERRA E TECTÔNICA DE PLACAS
 Classificando as grandes unidades de relevo

No contexto da tectônica de placas podemos individualizar grandes unidades de


relevo, baseadas em três principais tipos de placas:

Margens • regiões de borda de um continente com um oceano


passivas que não coincide com um limite de placa.
• ausência de tectonismo significativo (falhas);

Principais unidades de relevo


• Grandes escarpas;
• Amplas planícies costeiras;
• Bacias;
• Complexo de blocos falhados
ESTRUTURA DA TERRA E TECTÔNICA DE PLACAS
Exemplo
Relevo do tipo host e
graben (blocos falhados)

Serra da Mantiqueira – Vale do Paraíba


ESTRUTURA DA TERRA E TECTÔNICA DE PLACAS
 Classificando as grandes unidades de relevo

No contexto da tectônica de placas podemos individualizar grandes unidades de


relevo, baseadas em três principais tipos de placas:

Margens • Representam os limites convergentes entre as


ativas placas tectônicas;
• intensa atividade tectônica (orogênese).

Principais unidades de relevo


• Arcos de ilhas;
• Cinturões orogênicos
(metamorfismo e deformação
intensa) ;
ESTRUTURA DA TERRA E TECTÔNICA DE PLACAS
 Classificando as grandes unidades de relevo
Margens ativas
Neste caso a feição morfológica gerada vai depender da natureza das placas.

Exemplos de diferentes formas de relevo associadas as margens ativas: (a) arcos de ilha; (b) cadeias de montanhas (colisão
continental); (c) cadeias de montanha (subducção oceano-continente).
ESTRUTURA DA TERRA E TECTÔNICA DE PLACAS
Relevo resultante da ação de processos
orogênicos – tectônica convergente
(dobramentos, falahamentos,
metamorfismo e intenso vulcanismo).

Cordilheira Andina
ESTRUTURA DA TERRA E TECTÔNICA DE PLACAS
CONSIDERAÇÕES

A tectônica atua significativamente na construção das formas de relevo,


sendo responsável pela formação e deformação de diferentes tipos de
rochas, que são submetidos a diferentes processos geomórficos
modeladores resultando nas diferentes morfologias que constituem uma
determinada paisagem.
Assim, o estudo da geodinâmica interna está associado a geomorfologia
e se faz necessário para o entendimento correto da gênese e evolução
das formas observadas na superfície terrestre.