Você está na página 1de 14

Universidade Luterana do Brasil

Curso de Geografia
Geografia Humana
Prof. Dr. Dakir Larara M. da Silva

POLÍTICAS DEMOGRÁFICAS
POLÍTICAS DEMOGRÁFICAS
A população mundial atingiu, em Outubro de 2011,
sete bilhões de indivíduos.
POLÍTICAS DEMOGRÁFICAS
De forma geral => Conjunto de medidas que
são adotadas pelos governos com o objetivo
de regular o crescimento da população e a sua
distribuição.

Políticas de controle da natalidade

Política natalista Política antinatalista ou malthusiana

Aumento da taxa de natalidade Diminuição da taxa de natalidade


POLÍTICAS DEMOGRÁFICAS
POLÍTICAS DEMOGRÁFICAS
POLÍTICAS DEMOGRÁFICAS
POLÍTICAS DEMOGRÁFICAS
Politica natalista

Subsídio de nascimento
Abonos progressivos em função do nº de filhos
Trabalho a tempo parcial para as mães
Licença de maternidade/paternidade
Benefícios fiscais para famílias numerosas

Escolaridade gratuita
POLÍTICAS DEMOGRÁFICAS
Exemplos de incentivos à natalidade

“Pela natalidade”

Rússia - 2005 França - 1939

“Pai, mãe , detesto ficar sozinho”


Coreia do Sul - 1990
Portugal - 2007
POLÍTICAS DEMOGRÁFICAS
Política antinatalista

Pode ser de caráter informativo e incentivador

O estado promove campanhas de informação:

• Planeamento familiar
• Divulgação de métodos contraceptivos
• Vantagem do casamento tardio
• Benefícios fiscais para famílias com um ou dois filhos
POLÍTICAS DEMOGRÁFICAS
Politica antinatalista

Pode ser repressiva ou punitiva


- Penalização das famílias que não cumpram a lei

Imposição de restrições na aquisição de bens essenciais


às famílias numerosas

Campanhas de esterilização forçada das mulheres – caso da China

Penalização dos casais que excedam o nº de filhos


imposto por lei, cortando apoios e benefícios – caso da China
POLÍTICAS DEMOGRÁFICAS
Politica antinatalista
China - a política do “filho único”

A política do filho único foi implementada em 1979 pelo governo chinês,


através de uma lei muito severa, de forma a inverter a tendência do forte
crescimento populacional do país. A lei só permite um determinado
número de filhos (um, em muitas regiões) e as mulheres têm de ter
autorização para ter filhos. Depois dos nascimentos autorizados, as
mulheres têm de usar obrigatoriamente o DIU ou então são esterilizadas.
Esta política levanta questões de direitos humanos, por ser forçada e
A China sugere que é melhor casar e poder condenar as mulheres que infrinjam a lei. Esta política provoca
também muitos abortos e abandono de meninas, originando um
ter filhos numa idade mais madura. desequilíbrio entre população masculina e feminina, o que faz com que
haja cada vez mais homens solteiros na China.
POLÍTICAS DEMOGRÁFICAS
Politica antinatalista

A China defende que a política


do filho único é um meio de
alcançar uma vida próspera.
POLÍTICAS DEMOGRÁFICAS
Politica antinatalista

“Tenha o número de filhos que possa “Família grande: há sempre problemas


alimentar, vestir e educar” Família pequena: há sempre felicidade”
POLÍTICAS DEMOGRÁFICAS
Campanha de incentivo às mulheres para não terem filhos indesejados.