Você está na página 1de 9

Poluição Atmosférica e seu

Impacto na Saúde Humana na


Região Metropolitana de São
Paulo-SP e Goiânia-GO.

Alunos: Caio Silveira


Gabriel de Faria Feris
Introdução
• Aumento poluição atmosférica em decorrência da intensa
urbanização;
• Relação entre poluição e aumento no caso de problemas
respiratórios, mortes, e incapacitações de pessoas;

Figura-1 óbitos ocorridos no Brasil e no município de São Paulo 2008 (Datasus)


• Além dos óbitos foram constatados doenças como: Asma e
Pneumonia;
• Internações por problemas respiratórios atinge 15% de todos
atendimentos realizados no país;

Figura-2 internações por problemas respiratórios no município de São Paulo e no Brasil 2008(DATASUS).
• Criação de órgãos fiscalizadores da qualidade do ar;
• CETESB (Companhia Ambiental do Estado de São Paulo),
CONAMA (Conselho Nacional do Meio Ambiente), INPE
(Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais), entre outros;
• São criados parâmetros para analise de compostos na
atmosfera;
Tabela-1 Padrão da qualidade do ar ( Resolução CONAMA 003/90)
• Juntamente com a aparição de órgãos fiscalizadores muitos
equipamentos que antes despejavam poluentes na atmosfera
tiveram que se adequar as novas normas, Exemplo: Carros
movidos a combustíveis fosseis .

Figura 3- Comparação da emissão de gases poluentes por automóveis (Google)


Metodologia
1. São Paulo:

• Relatórios anuais foram retirados do site da CETESB


(2008);

• Poluentes analisados foram: MP, dióxido de enxofre

(SO2), monóxido de carbono (CO) e Nox;

• Três estações telemétricas: Congonhas , Santo Amaro e

Diadema;
2. Goiânia:

• Crescimento populacional neste período foram coletados

na Superintendência de Pesquisa e Informação (SEPIN);

• Relatórios de precipitação pela Universidade Federal de

Goiás (UFG).

• Relatórios de Qualidade do Ar de Goiânia realizados

anualmente pela AGMA.

• Pontos de amostragem: Praça do Trabalhador, Terminal

Izidória e Praça Cívica


Resultado e discussão
• Os parâmetros analisados na cidade de São Paulo
apresentaram níveis acima dos permitidos pela Organização
Mundial da Saúde, sendo seus maiores índices atingidos nos
meses mais frios do ano.

Figura 5-Distribuição total de MP na estação Santo Amaro de 1999 a 2007 (CETESB).


Figura 6- Distribuição total de SO2 na estação Congonhas de 1999 a 2007 (CETESB).