Você está na página 1de 21

1.

ENTALPIA (H): É a energia total de um


sistema medida à pressão constante.

Não é possível medir a entalpia, mede-se


a variação de entalpia ou calor de reação
(∆H).

2. REAÇÃO EXOTÈRMICA:
Libera calor. ∆H<O.
∆H= Hprodutos - Hreagentes
Hprodutos < Hreagentes.
H (kJ)

C2H5OH(ℓ) + 3 O2(g)
REAGENTES

∆H= -1368kJ/mol

2CO2(g) + 3H2O(ℓ)
PRODUTOS
C2H5OH(ℓ) + 3 O2(g) 2 CO2(g) + 3 H2O(ℓ) + 1368kJ

C2H5OH(ℓ) + 3O2(g) 2 CO2(g)+3 H2O(ℓ) ∆H= -1368kJ

Na reação exotérmica, o calor aparece com


sinal positivo do lado dos produtos ou o
∆H<O é citado após a equação.
3. REAÇÃO ENDOTÉRMICA:

Absorve calor. ∆H>O.

∆H= Hprodutos - Hreagentes


Hprodutos > Hreagentes.

C(s) + H2O(g) + 31,4 kcal CO(g) + H2(g)

C(s) + H2O(g) CO(g) + H2(g) ∆H= +31,4kcal

Na Reação Endotérmica o calor aparece com sinal


positivo do lado dos reagentes ou o ∆H>O é citado após
a equação.
CO(g) + H2(g)
PRODUTOS

∆H= +31,4kcal

C(s) + H2O(g)
REAGENTES
• H2(g) + 1/2 O2(g) H2O (ℓ ) + 285,8 kJ

II. 1/2 H2(g) + 1/2 Cℓ2(g) HCℓ(g) ∆H = -92,5 kJ

III. 1/2 H2(g) + 1/2 F2(g) HF (g) + 268,6 kJ

IV. H2(g) + 2 C (s) + 226,8 kJ C2H2 (g)

V. 2 H2(g)+2C(s) C2H4 (g) ∆H = +52,3 kJ/mol


1. LEI DE HESS: A entalpia
de uma reação química que
ocorre em várias etapas é a
soma das entalpias de todas
as etapas da reação.
Resumindo: A soma dos ∆Hs
de todas as etapas da reação
química, é o ∆H da reação
química total .
• LEI DE HESS: O ∆H de
reação química só depende
dos estados inicial e final.
∆H = Hfinal – H inicial
∆H = Hprodutos – H reagentes
LEI DE HESS

∆H1 ∆H2

∆H3

∆H3 = ∆H1 + ∆H2


EXEMPLOS DE CÁLCULOS ENVOLVENDO A LEI DE HESS.
2.1 (CESGRANRIO) Observe o gráfico:

O valor da entalpia de combustão de 1mol de


SO2(g), em kcal, a 25°C e 1atm, é:
1. A combustão de 1 mol de SO2(g) é:
SO2(g) + ½ O2(g) SO3(g)
2. Considerar os valores do gráfico como sendo
positivos e determinar o valor do espaço (x)
que tem SO2(g)+ ½ O2(g) como reagente e
SO3(g) como produto: x = 94 – 71 = 23.
3. Como a entalpia dos reagentes é maior que a
dos produtos ( estamos “descendo” no
gráfico) o valor do ∆H é negativo, pois a
reação é exotérmica. Então: ∆H = -23 kcal.
2.2 (UNESP) A entalpia da reação (I) não pode ser medida
diretamente em um calorímetro porque a reação de
carbono com excesso de oxigênio produz uma mistura
de monóxido de carbono e dióxido de carbono gasosos.
As entalpias das reações (II) e (III), a 20°C e 1 atmosfera,
estão indicadas nas equações termoquímicas a seguir:

(III) 2C(s) + O2(g) 2CO (g)

(VI) C(s) + O2(g) CO2 (g) ∆H= -394


kJ.mol-1

(III) 2CO(g) + O2(g) 2CO2 (g) ∆H= -283 kJ.mol-1

Calcular a entalpia da reação ( I ) nas mesmas condições.


(I) 2C(s) + O2(g) 2CO (g) ∆H= X

• C(s) + O2(g) CO2 (g) ∆H= -394kJ.mol-1

(III) 2CO(g) + O2(g) 2CO2 (g) ∆H= -283kJ.mol-1


RESOLUÇÃO:

2C(s) + 2O2(g) 2CO2 (g) ∆H= -788kJ.


2CO2 (g) 2CO(g) + O2(g) ∆H= +283 kJ

2C(s) + O2(g) 2CO (g) ∆H= -505 kJ


É O CALOR ENVOLVIDO NA FORMAÇÃO DE UM
MOL DA SUBSTÂNCIA A PARTIR DE SEUS
ELEMENTOS NO ESTADO PADRÃO.

ESTADO PADRÃO: 1 atm, 25°C E ESTADO


ALOTRÓPICO MAIS COMUM DA SUBSTÂNCIA

C (grafite) + O2(gasoso) CO2(gasoso)


∆Hf = -94,1
kcal.mol-1
SUBSTÂNCIA SIMPLES NO ESTADO PADRÃO E
ESTADO ALOTRÓPICO MAIS COMUM TEM
ENTALPIA ZERO.
C (grafite) H=0
C (diamante) H ≠ 0
O2 (gasoso) H = 0
O3 (gasoso) H ≠ 0
S (rômbico) H = 0
S (monoclínico) H ≠ 0
Pn (vermelho) H = 0
P4 (branco) H ≠ 0
CÁLCULO DO ∆H A PARTIR DOS
CALORES DE FORMAÇÃO (∆Hf).

∆H = ∆H produtos - ∆H reagentes
Calcule o calor de combustão do etanol:

C2H5OH(ℓ) + 3O2(g) 2CO2(g) + 3H2O(ℓ)

∆H de formação de C2H5OH(ℓ) = -278 kJ/mol


∆ H de formação de CO2(g) = -394 kJ/mol
∆H de formação de = H2O(ℓ) = -286 kJ/mol

RESOLUÇÃO:
∆H = ∆H produtos - ∆H reagentes
C2H5OH(ℓ) + 3O2(g) 2CO2(g) + 3H2O(ℓ)
-278kJ + zero 2.(-394) + 3. (-286)
Hreagentes = -278kJ -788kJ + -858kJ
Hprodutos = -1646kJ
∆H = ∆H produtos - ∆H reagentes = -1646kJ – (-278) kJ
∆H = -1368 kJ
É A ENERGIA ABSORVIDA PARA ROMPER UM MOL DE
LIGAÇÕES QUÍMICAS NO ESTADO GASOSO.

H (gasoso) + H (gasoso)

∆H = + 436 kJ

H – H (gasoso)
EM UMA REAÇÃO QUÍMICA, AS LIGAÇÕES DOS
REAGENTES SÃO ROMPIDAS (∆H>0) E AS LIGAÇÕES DOS
PRODUTOS SÃO FORMADAS ((∆H<0), O SALDO É O ∆H DA
REAÇÃO.

Dadas as energias de ligação em kcal/mol :

C = C 147 Cℓ - Cℓ 58

C - Cℓ 79 C - H 99

C - C 83

Calcular a energia envolvida na reação:

H2C = CH2 (g) + Cℓ2 (g) H2CCℓ - CH2Cℓ (g)


H2C = CH2 (g) + Cℓ2 (g) H2CCℓ - CH2Cℓ (g)

REAGENTES: LIGAÇÕES ROMPIDAS: ∆H > 0.


H2C = CH2 (g) + Cℓ2 (g)
4 C –H = 4. 99 = +396
1 C = C = 1. 147 = +147 Hreagentes= 396+147+58 =
1 Cℓ- Cℓ =1. 58= + 58 +701kcal.

PRODUTOS: LIGAÇÕES FORMADAS ∆H<0.


H2CCℓ - CH2Cℓ (g)
4 C-H = 4.-99 = -396
2 C-Cℓ = 2. -79 = -158 Hprodutos = -396 + -158 + -83
1 C-C = 1.-83 = -83 -637 kcal

∆H = + 701 – 637 = +64 kcal.