CHINA - população

Com uma população em torno de 1,3 bilhão de habitantes, a China é o país mais populoso do mundo. A contenção do crescimento demográfico tem sido uma das maiores preocupações do governo chinês nas últimas décadas. Desde o início da década de 1970, quando o crescimento natural da população chinesa estava em torno de 2,6% ao ano, o governo vem exercendo um rígido controle da natalidade no país, pondo em prática a chamada “política de filho único”. As famílias que tinham um segundo filho passaram a sofre medidas punitivas, como a perda de certos benefícios sociais, o pagamento de multas e até mesmo a perda do emprego. Além disso, o controle da natalidade vem sendo efetuado por meio da divulgação de métodos contraceptivos, como a liberalização de pílulas anticoncepcionais, e também pela imposição de algumas medidas mais drásticas, como a esterilização forçada da população, sobretudo dos casais que já tiveram um filho.

O capitalismo na Chia
• A abertura da economia chinesa ao capitalismo internacional provocou um grande incremento da atividade industrial no país, sobretudo no setor de bens de consumo. • Um dos principais fatores que permitiram a arrancada da produção industrial na China foi a criação das chamadas Zonas Econômicas Especiais (ZEEs), assim como a abertura de importantes cidades portuárias aos investimentos estrangeiros. • As ZEEs e as cidades portuárias tornaram-se alvo de grandes investimentos, realizados, sobretudo, por japoneses e norte-americanos. Esses investimentos são atraídos pela existência de várias condições favoráveis, como o baixo custo da mão-de-obra, o gigantesco mercado consumidor chinês, leis mais flexíveis e até mesmo a isenção de impostos.

China: política interna e externa
• A posição da China no cenário geopolítico tem se tornado cada vez mais importante tanto em âmbito regional como internacional. Esse papel de destaque tem sido conquistado devido a um conjunto de fatores favoráveis e potenciais que o país apresenta: terceiro maior país em área do mundo; a maior população do planeta e a economia que mais cresce atualmente. • As, além desse fatores, a China também se destaca pela agressividade de sua política interna e externa. No nível interno, a política chinesa caracteriza-se pela centralização excessiva do poder pelo Partido Comunista, o único existente no país. As liberdades democráticas praticamente não existem e as manifestações populares são reprimidas com o uso da força. Como exemplo, podemos citar o fato ocorrido em 1989, quando um movimento estudantil foi reprimido violentamente pela polícia e pelo exército. Esse episódio ficou conhecido como o Massacre da Praça da Paz Celestial.

Correção das atividades • • • • • • • • • • • • Aula 25 p. 37 Turquia, Síria, Iraque, Irã, Arábia Saudita, Kuwait, Barem, Catar e Emirados Árabes Unidos. Porque os países dependem dele como combustível. Os países da Europa, das Américas, da África e da própria Ásia P.38 Árabes, israelenses, persas (iranianos) e turcos. P.40 São países com alta renda, porém com graves problemas sociais. Afeganistão. Problemas ligados ao Talibã, e, posteriormente, o massacre promovido pelos americanos em busca de Osama Bin Laden. Israel, que, além da alta renda, apresenta boa qualidade de vida. Porque é o único país desenvolvido.

Correção das atividades • • • • • • • • • • • • P. 55 É um país que apresenta dados de qualidade de vida extremamente baixos. Aparentemente, o país parece ter um bom desempenho econômico. Claro que ali deve haver grande desigualdade social. P.59 Hong Kong, Taiwan, Coréia do Sul e Cingapura. Os dados indicam que eles tiveram um grande crescimento econômico. Pessoal. P.63 Pequim, Taiwan, Xangai, etc. No litoral, para facilitar a exportação. Indústria de consumo. Indústria de base.

Correção das atividades • • • • • 6. 7. 8. P 79 aula 30 Nº 2 Política de modernização, incentivos fiscais, exploração de mão-de-obra, política de exportação. 3. eletroeletrônica, eletrônicos, som, computadores e brinquedos. P.80 aula 31 Porque tem uma política socialista, porém, tem uma economia de mercado. 66% da população vivem da atividade agrícola. Devido á política de governo. São zonas econômicas especiais no litoral chinês que receberam, recentemente, os investimentos estrangeiros.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful