Você está na página 1de 27

• Generalidades

– Mais antigo material de construção (palafitas);

– Facilidade de obtenção;

– Facilidade de manuseio;

– Facilidade de adaptação.
Abdul Espelhado - Europa
Vantagens
• Na flexão resiste tanto a esforços de tração como de
compressão;
• Baixo peso próprio e grande resistência mecânica;
• Grande capacidade de absorver choques;
• Boas características de isolamento térmico e acústico;
• Grande variedade de padrões;
• Facilidade de ser trabalhada;
• Ligações fáceis e simples
• Custo de produção reduzido  reservas renováveis.

Abdul Espelhado - Europa


Desvantagens

• Material heterogêneo e anisotrópico;


• Formas limitadas: alongadas e de seção
transversal reduzida;
• Deterioração relativamente fácil;
• Combustível;
• Variações volumétricas x Variação de
umidade
Abdul Espelhado - Europa
Desvantagens

• Degradação biológica natural (fungos,


bactérias, brocas, etc.);
• Defeitos naturais (nós, fendas, rachaduras,
etc.).

Abdul Espelhado - Europa


Ponte de madeira roliça

Abdul Espelhado - Europa


Ponte de madeira roliça

Abdul Espelhado - Europa


Ponte de madeira roliça

Abdul Espelhado - Europa


DECIV - EM - UFOP

Construções de Madeira - CIV265


DECIV - EM - UFOP

Construções de Madeira - CIV265


DECIV - EM - UFOP

Construções de Madeira - CIV265


DECIV - EM - UFOP

Construções de Madeira - CIV265


DECIV - EM - UFOP

Construções de Madeira - CIV265


DECIV - EM - UFOP

Construções de Madeira - CIV265


DECIV - EM - UFOP

Construções de Madeira - CIV265


Estruturas em madeira laminada

Abdul Espelhado - Europa


Estruturas em madeira laminada

Abdul Espelhado - Europa


Classificação das madeiras

• Duras (provenientes de árvores frondosas):


– Peroba, ipê, carvalho, ..., “madeiras de lei”.

• Macias (provenientes de árvores coníferas):


– Pinheiros em geral.

Abdul Rendado - Europa


Crescimento das árvores

• Raiz

• Caule

• Copa

Carvalho Liso - EUA


Crescimento das árvores

• Casca

– Protege as árvores contra agentes externos

• Camada interna: cortiçal, líber ou floema (transporta a

seiva elaborada)

• Camada externa: morta, espessura variável

Carvalho Liso - EUA


Crescimento das árvores
• Câmbio ou líber
– Tecido merismático (em constante transformação)
• Açúcares e amidos; e
• Celulose e lignina (anéis de crescimento)

• Lenho (Alburno + cerne)


– Parte resistente das árvores
• Alburno ou branco, células atuantes, conduzem a seiva
bruta
• Cerne, células impregnadas de lignina, resinas e taninos,
mais denso
Carvalho Liso - EUA
Crescimento das árvores
• Medula
– Miolo central, mole
– Vestígio do vegetal jovem

• Raios medulares
– Transportam e armazenam a seiva
• São desenvolvimentos transversais e radiais
• Realizam uma amarração transversal das fibras
• Inibem em parte a retratilidade

Carvalho Liso - EUA


Madeiras de construção
• Retiradas de preferência do cerne, mais
durável;

• Madeira do alburno é mais higroscópica


(absorve mais água). É mais sensível à
decomposição por fungos.

• Qual é mais resistente?


Carvalho Liso - EUA
Anéis de crescimento

Ébano - Europa
Produção
Exploração racional de reservas florestais
• Corte
– Realizado no inverno
• Maior durabilidade
– Secagem lenta
– Paralisação vegetativa

– Ferramentas
• Machado
• Traçador
• Máquinas de derrubar

Louro Faia Lavado - Brasil


Produção
Exploração racional de reservas florestais

• Toragem
– Facilidade de transporte (5
a 6m)

Louro Faia Lavado - Brasil


Produção
Exploração racional de reservas florestais
• Falquejo
– Seção aproximadamente retangular

Louro Faia Lavado - Brasil


Produção
• Desdobro
– Obtenção de peças estruturais de madeira
maciça

Louro Faia Lavado - Brasil