Você está na página 1de 60

ANATOMIA DO SISTEMA ESQUELÉTICO

Profª/Enfª: Maria Vanessa Mendes da Costa


E-mail: vanessacosta108@yahoo.com
O esqueleto humano é composto de 206 ossos. Os
ossos estão unidos formando uma estrutura que
além de manter a forma corporal permite a sua
movimentação.
O esqueleto Os pulmões, o
fornece O encéfalo
coração e
proteção aos situa-se
grandes vasos
órgãos dentro do
dentro do
internos crânio
tórax.

A medula
espinhal aloja- O fígado e o baço,
se no interior encontra-se sob o
da coluna gradil costal
vertebral. inferior.
Os ossos são estruturas vivas como qualquer
órgão do corpo humano, possuem vascularização e
inervação e dependem também de oxigênio.

Todos os ossos possuem uma camada externa


chamada de córtex (camada cortical) e uma camada
interna chamada de medula (camada medular). O
córtex é rígido devido ao depósito de cálcio.

A medula óssea é macia e é responsável pela


produção das hemácias e das plaquetas e por alguns
tipos de leucócitos
Fêmur
Os ossos crescem durante a infância e a
adolescência. Na criança os ossos são mais flexíveis e,
com menor tendência às fraturas, e na idade adulta
adquirem sua rigidez final. À medida que envelhece
os ossos tornam-se mais frágeis, chegando ao
enfraquecimento ósseo generalizado: osteoporose.
Divisão do Esqueleto:

Esqueleto Axial – Composto por 80 ossos na cabeça, e do


tronco do corpo humano.

Ele é composto por três partes:

cabeça

caixa
torácica coluna
vertebral.
Divisão do Esqueleto:

Esqueleto Apendicular – Composta por


126 ossos, divididos na porção dos membros
superiores e inferiores do corpo humano.

•A união do esqueleto axial com o apendicular


se faz por meio das cinturas escapular e pélvica
A cor laranja
representa o
esqueleto AXIAL

A cor amarela
representa o
esqueleto
APENDICULAR
Classificação dos Ossos

 Os ossos são classificados de acordo com a sua:

forma espessura

largura comprimento
Classificação dos Ossos

Ossos longos Ossos curtos

Ossos
Ossos planos
Pneumáticos

Irregulares Ossos Sesamóides


 Ossos longos: comprimento maior que a largura
e a espessura. Ex: fêmur, rádio, ulna e falanges.
Possuem uma parte média longa chamada de diáfise e
extremidades chamadas de epífise.
 Nas crianças existe uma camada entre a
epífise e a diáfise chamada de placa
epifisária responsável pelo crescimento em
comprimento do osso.
 Ossos curtos: comprimento, largura e espessura
aproximadamente iguais: Ex: ossos do carpo.
 Ossos pneumáticos: são ossos ocos, com cavidades
cheias de ar, apresentando pequeno peso em relação ao seu
volume. Ex.: Frontal.
 Ossos irregulares: são os que têm forma
indefinida, com caracteristicas únicas. Ex: Vértebras
e maxilar.
Estrutura dos Ossos Longos

• A disposição dos tecidos ósseos, compacto e


esponjoso em um osso longo é responsável por sua
resistência.

• Os ossos longos contêm locais de crescimento e


remodelação, e estruturas associadas às articulações.
Estrutura dos Ossos Longos

• As partes de um osso longo são as seguintes:


• consiste em uma fina camada de
osso compacto que reveste o osso
Epífise: esponjoso e recoberto por
cartilagem. A epífise de um osso o
articula, ou une, a um segundo osso,
em uma articulação.

• é a haste longa do osso.


Constituído principalmente de
Diáfise: tecido ósseo compacto,
proporcionando boa resistência ao
osso longo.

• parte dilatada da diáfise mais


Metáfise: próxima da epífise.
Esqueleto axial

•Cabeça – Crânio

A cabeça óssea está didaticamente dividida em


crânio e face ou neurocrânio e viscerocrânio.

O crânio está dividido em calota craniana,


também chamada de calvária e base do crânio.

A calota craniana está na parte superior e é


atravessada por três suturas.
Sutura Sutura Sutura
Coronal: Sagital Lambdóide:
• entre os • entre os
• entre os
ossos ossos ossos
frontais e parietais parietais e o
parietais. (linha sagital occipital.
mediana).
Brégma o ponto de
encontro das suturas Lambda o ponto de
coronal e sagital encontro das suturas
sagital e lambdóide.
Ossos do Crânio/neurocrânio

• Osso frontal: osso impar forma a fronte (testa), o teto


da cavidade nasal e as órbitas.

• Osso parietal: osso par, direito e esquerdo, formam os


lados e o teto do crânio, estão articulados na linha
mediana formando a sutura sagital.
Ossos do Crânio/neurocrânio

•Osso temporal: osso par, direito e esquerdo,


constituem as paredes laterais do crânio. São formados
por uma porção escamosa, a qual se articula com o
parietal.

•Osso esfenóide: osso impar, irregular e situado na


base do crânio na frente dos temporais e à porção basilar
do occipital.
Ossos do Crânio/neurocrânio

•Osso etmóide: osso impar e mediano. Localizado na


base do crânio, mais precisamente na zona anterior medial
(na direção dos ossos do nariz).

•Osso occipital: osso impar, forma a parte posterior e


parte da base do crânio, estão articuladas anteriormente
com os ossos parietais formando a sutura lambdóide.
Ossos da Face/viscerocrânio

•Osso maxilar: formado pelas maxilas, direita e esquerda,


ocupando quase toda face.

•Osso palatino: osso par, direito e esquerdo em forma de


L, apresentam uma lâmina vertical e outra lâmina horizontal,
estão localizados atrás das maxilas e participam diretamente
da delimitação das cavidades nasal, bucal e orbitária.
Ossos da Face/viscerocrânio

•Osso zigomático/malar: osso par e irregular, direito e


esquerdo, também chamado malar e que formam as
saliências da face.

•Osso nasal: osso irregular, par, direito e esquerdo, estão


articulados entre si no plano mediano e formam o
esqueleto ósseo da parte do dorso do nariz (entre os
olhos).
Ossos da Face/ viscerocrânio

•Osso lacrimal: osso par, localizados na parte anterior da


parede medial da órbita delimitando a fossa do saco lacrimal.

•Conchas nasais inferiores: ossos laminares,


independentes e irregulares, estão situados na cavidade
nasal.
Ossos da Face/ viscerocrânio

•Osso vômer: osso impar, situado na face


anterior do crânio e mantêm-se articulado com o
osso esfenóide, possui uma lâmina que,
juntamente com a lâmina perpendicular do
esfenóide, formam o septo nasal ósseo.

•Mandíbula: o único osso móvel da face.


Coluna vertebral

A coluna vertebral é o e ixo principal de sustentação do


corpo humano.

 É composto de 33 ossos chamados de vértebras.

 Está dividida em cinco regiões.


Coluna vertebral

Região Região Torácica, Região Lombar, 5


Cervical, 7 12 vértebras. vértebras.
vértebras.

Região Coccígea, Região Sacral,


formada pelo osso formada pelo osso
cóccix (4 vértebras sacro (5 vértebras
fundidas). fundidas).
Coluna vertebral

Região cervical: é a parte de maior mobilidade da


coluna vertebral.

Região torácica: cada vértebra se articula com um


par de costelas.

Região lombar: nesta região que se concentra


todo o peso do tronco, por isso as vértebras são mais
robustas e maiores.
Coluna vertebral

Região sacral: é composta por cinco vértebras


fundidas (sinostose), fenômeno que ocorre na idade
adulta, constituindo assim um único osso mediano,
denominado de sacro.

O sacro articula-se
superiormente com a
quinta vértebra lombar,
lateralmente com os ossos
do quadril e inferiormente
com o cóccix.
Coluna vertebral

Região coccígea: também se fundem com a idade


formando o cóccix, um osso pequeno e triangular.
Coluna vertebral

Entre cada corpo vertebral das vértebras há uma


placa de tecido chamada: disco intervertebral.

No interior da coluna vertebral há um túnel


chamado: canal vertebral onde se situa a medula
espinhal e seus revestimentos
Coluna vertebral
Ossos do Tórax

A caixa torácica é composta por:

12 pares de costelas que se


originam das vértebras torácicas
posteriormente e se articulam
com o osso esterno
anteriormente.
Ossos do Tórax

Os • se articulam com o esterno diretamente através


primeiros 7 de uma ponte de cartilagens, chamadas: costelas
pares verdadeiras.

Os seguintes • se articulam com uma estrutura cartilaginosa


comum que se articula com o esterno,
3 pares chamadas: costelas falsas.

Os últimos • são chamados de flutuantes por não se


pares articularem com o esterno.
Ossos do Tórax

manúbrio
O osso
esterno é
dividido corpo
em três
partes:
processo xifóide
Esqueleto Apendicular

Dividido em um
par de membros
superiores e um
par de membros
inferiores que se
unem ao esqueleto
axial através da
cintura escapular
e cintura pélvica
respectivamente.
Membros superiores

 Os ossos dos membros superiores podem ser


divididos em quatro segmentos:

Cintura Escapular - Clavícula e Escápula

Braço – Úmero

Antebraço - Rádio e Ulna

Mão - Ossos da Mão


Ossos do carpo

O punho é a região onde se articulam os ossos do antebraço e


da mão.

A mão é dividida em três partes:

Carpo: composto por 8 ossos

Dedos ou quirodáctilos
Metacarpo: compostos por 14 ossos
composto por 5 ossos (falanges).
Ossos do carpo
Membros Inferiores

A porção proximal dos membros inferiores é chamada


de cintura pélvica (quadril ou pelve óssea). O quadril é
formado pela junção dos ossos ilíacos, Ísquios e púbicos.
Membros Inferiores

O fêmur situa-se na coxa e é o maior


osso do corpo humano; articula-se
superiormente com o quadril e
inferiormente com os ossos da perna, a
tíbia e fíbula, formando o joelho.
Membros Inferiores

 O pé é dividido em três partes:

14 falanges: 3
tarso metatars p/ cada dedo
composto o par 5 exceto para o
par 7 ossos ossos hálux que só
tem duas.

Você também pode gostar