Você está na página 1de 10

ELEMENTOS BÁSICOS DA

RELAÇÃO TERAPÊUTICA.
Docente: Claudson Santana
Curso: Psicologia
ASPECTOS INTRODUTÓRIOS
Os eixos do processo terapêutico.

FIORINI, 2003
RELAÇÃO TERAPÊUTICA
A relação terapêutica é estabelecida a partir
de alguns pressupostos:
Estabelecimento do vínculo;
Diagnóstico;
Plano de tratamento;
Contrato terapêutico;
Término do tratamento.
ESTABELECIMENTO DO VÍNCULO
Dois pontos fundamentais na criação do
vínculo:
Atitudes do psicólogo (Hutz, 2016; Fiori, 2003):
Contato empático manifesto;
Acolhimento;
Atenção aos próprios sentimentos;
Espontaneidade;
Iniciativa na condução do processo.
ESTABELECIMENTO DO VÍNCULO
Dois pontos fundamentais na criação do
vínculo:
Atitudes do paciente:
Colaboratividade;
Características da demanda que traz;
Aspectos motivacionais;
Credibilidade no processo terapêutico;
Experiências terapêuticas anteriores.
DIAGNÓSTICO
Recursos utilizados na formulação do
diagnóstico psicológico:
Entrevista – anamnese;
Observação do comportamento;
Testes e instrumentos psicológicos;
Integração do resultado na formulação do
diagnóstico.
PLANO DE TRATAMENTO
O plano de tratamento deve ser elaborado a
partir das hipóteses diagnósticas estabelecidas
na avaliação;
Levar em consideração o motivo manifesto e o
motivo latente;
Revisitar os objetivos do tratamento;
Planejar a duração prévia de sessões (em casos
de psicoterapias breves ou de duração
definida);
Estabelecimento do contrato terapêutico.
CONTRATO TERAPÊUTICO
Esclarecer acerca do processo
psicoterapêutico é de fundamental
importância para a vinculação terapêutica;
 O psicólogo tem como responsabilidade “fornecer, a
quem de direito, na prestação de serviços psicológicos,
informações concernentes ao trabalho a ser realizado e
ao seu objetivo profissional” (Código de ética do
psicólogo).
Esclarecimentos acerca do sigilo profissional;
Durante o processo o paciente tem direito a
documentos que justifiquem ausências.
TÉRMINO DO TRATAMENTO
A finalização deve levar em consideração todo
o conjunto do processo terapêutico;
Importância da entrevista devolutiva:

“O momento da devolução das informações é


fundamental para o processo pois deve englobar, de
forma sintetizada, todos os momentos vivenciados
durante as etapas anteriores, e, além disso, deve produzir
a integração desses momentos, conduzir a um
fechamento e abrir portas para novos direcionamentos”
(HUTZ, 2016).
REFERÊNCIAS
 HUTZ, C. et. al. (orgs.) Psicodiagnóstico. Coleção
Avaliação Psicológica. Porto Alegre: Artmed, 2016.

 FIORINI, H.J. Teoria e técnicas de psicoterapias. São


Paulo: Martins Fontes, 2004.