Você está na página 1de 28

Sistema Imunológico

Sistema Imunológico
• Introdução
– É o sistema responsável pela
defesa do organismo contra a
ação de agente patogênicos
(que causam doenças).
• Componentes
– Células de defesa (Leucócitos
ou glóbulos brancos)
– Órgãos linfáticos
– Linfa
Os Leucócitos
• São dois grupos:
– Fagócitos
• Basófilo
• Eosinófilo
• Neutrófilos
• Mastócitos
• Monócitos
• Macrófagos
• Células Dendríticas
– Linfócitos
• Linfócito B
• Plasmócito
• Linfócito T
• Célula Natural Killer
Componentes
• Linfa: Líquido resultante
do extravasamento do
plasma sanguíneo para os
tecidos.
– Não possui hemácias.
– Percorre o interior dos vasos
linfáticos.
• Timo: Órgão onde ocorre
o amadurecimento de
linfócitos T.
• Linfonodos: Filtra a linfa e
ocorre o amadurecimento
Componentes
• Baço: Local onde os
linfócitos são
armazenados e
maturados. Destruição de
hemácias velhas
(hemocaterese),
armazenamento de
sangue.
• Medula óssea vermelha:
Local de amadurecimento
dos linfócitos B e
Produção de células
sanguíneas.
Respostas do
Organismo

A imunidade é
congênita, isto é, o
indivíduo nasce
preparado para se
defender. Ao longo da
vida, porém, o sistema
imunológico se
aperfeiçoa e “aprende” a
se defender de novas
ameaças. Por isso,
Respostas do Organismo
Respostas Inespecíficas
• São duas:
– Barreiras Naturais e a Inflamação
• Barreiras Naturais - barreiras físicas, químicas e
biológicas:
– Pele, Saliva, Ácido clorídrico do estômago , ph da
vagina, Lágrima, Cera da orelha externa , Muco
presente nas mucosas, Cílios do epitélio respiratório,
Peristaltismo, Flora bacteriana normal, entre outros
• Inflamação:
– Células Fagocitárias, Proteínas do complemento,
Interferons
Respostas Inespecíficas
• Célula Fagocitária:
– Processo Biológico
– Realizado por células com
efeito fagocitário:
• Neutrófilos
• Monócitos  Macrófagos
• Eosinófilos
– Há ajuda de anticorpos que
irão se conectar com os
receptores de membrana
tanto das células
fagocitárias como dos
antígenos
Respostas Inespecíficas
• Proteínas Complemento:
– Processo Químico
– São cerca de 20 proteínas com ação antimicrobiana.
– Defendem o organismo contra a ação de patógenos.
– Se ligam aos microrganismos auxiliando ação dos
fagócitos.
– Juntamente com anticorpos promovem lise em
microrganismos.
Processo Inflamatório
Ação dos
fagócitos Neutrófilos e Monócitos
migram para o tecido
Pele Farpa Bactérias (Diapedese)

Bactérias

Bactérias
mortas

Capilar
sanguíneo
Mastócitos Histamina Histamina induz Macrófagos e Neutrófilos
lesados liberam difunde-se para vasodilatação fagocitam as bactérias
histamina os capilares
Relação Antígeno - Anticorpo
• Conceitos Básicos
• Antígeno: Partícula ou molécula Antígeno

estranha ao organismo capaz de


induzir uma resposta Vírus
imunológica (produção de
anticorpos) contra ela; Exemplos:
Fragmentos de bactérias, vírus,
protozoários, toxinas, etc.
• Anticorpo (Imunoglobulina): Antígenos

Liga-se especificamente ao
Antígeno
antígeno que lhe deu origem, específico
inibindo sua ação no organismo.
Algumas características: Anticorpo
• Molécula protéica em forma de
Classes de Anticorpo
Respostas Específicas
• Quando microrganismos ou agentes patogênicos
conseguem escapar das defesas inespecíficas do corpo,
é necessário a ação da resposta imunológica específica.
• Tipos de Imunidades específicas:
• Resposta imune humoral
• Resposta Imune celular
Imunidade Humoral
• Apresentação do antígeno (macrófagos)
• Reconhecimento do antígeno por Linfócitos T CD4
(Auxiliadores)
Imunidade Humoral
• Há ação de anticorpos produzidos por linfócitos B ou
plasmócitos.

Citocina  Estímulo  Plasmócitos = Linfócitos B


maduros

Produção de anticorpos
específicos que se ligam
ao antígeno da bactéria

Bactéria com
ação inativada
Imunidade Humoral
• Resposta Imune Humoral

Ação dos anticorpos


Imunidade Celular
• Não utiliza anticorpos
• É mediada diretamente por Linfócitos T CD8 “Killer”
(Matadores).
• Atuação sobre células cancerígenas ou infectadas por
(Interferon)
vírus.
Citocina  Estímulo  Linfócitos T CD8
Killer

Linfócitos T CD8 –
Killer Perforina

Reconhecem
células Célula
cancerígenas ou infectada por
infetadas por vírus. vírus ou
Lançam sobre essas Lise (morte) celularcancerígena
células (perforina)
Imunidade Humoral e Celular - RESUMO
Antígenos Célula
infectada por
1 vírus

Macrófago 1
Fagocita e apresenta Macrófag
antígenos a linfócitos o
CD 4
Linfócito B
2
2
Linfócito CD4
(Auxiliador) Linfócito T
Produz substâncias que CD4
ativam a diferenciação 3
de linfócitos B e
Linfócitos T CD8
3 (Citotóxico) “Killer”
Linfócito T
Linfócito B CD8
Recebe estímulos e se “Killer”
Células de
liga ao antígeno. Se Memória Lise celular
diferencia em
plasmócito e produz 3 Plasmócito
anticorpos específicos.
Imunidade Humoral e Celular - RESUMO
Antígenos Célula
infectada por
4 vírus
Linfócito T CD 8
(Citotóxico)
1
Recebe estímulos de Macrófago
Linfócitos T CD4 ou
identifica células Linfócito B
infectadas por vírus ou
5anormais e as destroem. 2
Células de Memória Linfócito T
Surgem da diferenciação CD4
de linfócitos B e T. 3
Permanecem no
5
5
organismo durante anos e 4
podem responder
rapidamente a um
5 Linfócito T
segundo contato com o CD8
antígeno. Células de Memória
Células de Memória Lise celular
Guardam durante anos a
capacidade de reconhecer 3 Plasmócito
antígenos específicos.
Resposta Imunitária – Passiva e Ativa
• Tipos de Imunização
• Imunidade ativa (resposta do hospedeiro a um antígeno)
• Artificial: Vacina
• Natural: Infecções
• Imunidade passiva (recebimento de anticorpos prontos)
• Artificial: Soros
• Natural: Leite materno (colostro), Via placentária.
Resposta Imunitária – Ativa
• Vacina
• Solução contendo antígenos isolados ou
microrganismos vivos, previamente atenuados.
• As vacinas são capazes de imunizar pessoas contra
doenças através da produção de células de
memória.
Antígenos  Resposta imunitária primária  Produção de células de memória

Infecção posterior  Resposta imunitária secundária  Eliminação do patógeno


Resposta Imunitária – Ativa
• Soros
• Solução contendo anticorpos extraídos de animais
previamente imunizados.
• Utilizados em situações que não se pode aguardar a
produção de anticorpos.
• Não conferem imunidade duradoura (Não produz
células de memória).
• Utilizado em situações de emergência.
Soro
antiofídico -
produção
Resposta Imunitária – Passiva e Ativa
• Ação do sistema imunológico
• Memória Imunitária
Resposta secundária
Mais rápida e intensa
Ação das células de memória
Resposta Imunitária – Rejeição de Órgãos
• As células dos tecidos apresentam em sua superfície
um conjunto de proteínas denominadas MHC
(Complexo Maior de Histocompatibilidade).
• Um órgão ou fragmento de tecido se transplantado de
uma pessoa para outra é reconhecido como “estranho”
e desencadeia uma resposta imunológica.
• O órgão ou tecido é então rejeitado e atacado por
células de defesa.
• Como resolver o problema da rejeição em transplantes?
• Tratamento com drogas denominadas
imunossupressores.
• Diminuem a ação do sistema imunológico.
• Desvantagens:
• Essas drogas comprometem a ação do sistema imune.
• Torna os pacientes vulneráveis à vírus e bactérias.
Resposta Imunitária – Doenças Autoimunes
• Quando por algum motivo anormal ocorrem respostas
imunes contra as células e tecidos do próprio
organismo.
• Na maioria dos casos possuem causa desconhecida.
• Principais Tipos:
• Esclerose Múltipla
• Diabetes Mellitus Tipo I
• Artrite Reumatóide
• Lúpus Sistêmico Eritematoso