Você está na página 1de 28

I.

Combustíveis fosseis
II. Utilização pela sociedade
III. Principais combustíveis fosseis
IV. Problemas ecológicos associados
V. Carvão
VI. Gás natural
VII. Petróleo
 Os combustíveis fosseis
- são formados por processos naturais, como a decomposição de
resíduos orgânicos.
- contem altas quantidades de carbono.
- são o carvão, gás natural e o petróleo.
 São recursos não renováveis porque:
- devido a taxa de consumo ser maior que a de produção os mesmo
estão a entrar em esgotamento.
- têm um período de formação de milhões de anos
 Os combustíveis fósseis mais conhecidos são:
- petróleo: a gasolina, óleo diesel, gasóleo
- o gás natural,
- o carvão mineral.
A combustão destes combustíveis é usada para gerar energia e movimentar
motores de máquinas, veículos e até mesmo gerar energia elétrica.
carvão
31% petróleo
43%
petróleo
gás natural
carvão
gás natural
26%
 O uso dos combustíveis fósseis traz inúmeros problemas, como:
 o aquecimento global, que é causado pelo excesso de CO2 na
natureza;
 a chuva ácida, ocasionada pela reação entre os poluentes e o
vapor de água;
 a poluição da atmosfera e a contaminação das águas.
 O carvão e uma rocha orgânica com propriedades combustíveis,
constituído na sua maioria por carbono.
 A revolução industrial, marcou o desenvolvimento na maquinaria o que levou
ao desenvolvimento dos caminhos de ferro e melhoramento dos transporte de
mercadorias e passageiros, estas maquinas eram na sua maioria movidas a
vapor esse produzido pela combustão de carvão. Sendo assim inicialmente o
carvão o mais utilizado, tanto a nível industrial como doméstico
 Foi inclusive o primeiro a ser utilizado na produção de energia eléctrica nas
centrais térmicas. Sabe-se que em 1950 o carvão era o responsável por 60%
das necessidades energéticas a nível mundial.
 Foi inclusive o primeiro a ser utilizado na produção de energia eléctrica nas
centrais térmicas. Sabe-se que em 1950 o carvão era o responsável por 60%
das necessidades energéticas a nível mundial.
 Atualmente devido ao petróleo e seus derivados o carvão deixou de ser
utilizado na indústria, com exceção da indústria metalúrgica, e do setor
domestico. Estima-se que o atual ritmo de consumo, as reservas
disponíveis dure para os próximos 120 anos.
 Graves alterações ao nível dos solos, atmosfera e dos recursos hídricos;
 Elevado uso dos solos na atividade mineira;
 Prejudicial ao nível da saúde humana;
E um grande poluente da atmosfera pois liberta CO2 , óxidos de enxofre, alem
disso são poluentes radioativos.
 Agrava o aquecimento global;
 Contribui para as chuvas acidas;
 Formação de grandes quantidades de eletricidade;
 Custo relativamente baixo devido a abundancia de reservas
 Fácil acessibilidade
O gás natural é um hidrocarboneto derivado da decomposição de
matéria orgânica vegetal e animal, acumulada ao longo de milhões de
anos em jazidas naturais subterrâneas.

Desde a sua extração até chegar ao


consumidor final, não sofre processos
significativos de transformação industrial,
sendo essencialmente utilizado tal como
existe no subsolo.
O gás natural:

- é constituído por uma mistura variável de gases, onde o metano (CH4) é


predominante com teores acima de 70%.
- da sua queima resulta essencialmente a emissão de dióxido de carbono e
vapor de água.
- trata-se de um gás inodoro, pelo que, por razões de segurança, é
normalmente odorizado antes da fase de distribuição para utilização final.
 O seu processo de produção, desde a exploração, processamento até
o transporte pode gerar grandes impactos no ambiente, como
derramamentos de navios petroleiros, vazamentos em plataformas e
gasodutos,
 Tem contaminantes altamente tóxicos que têm de ser eliminados no
processo de refinamento,
 Os problemas gerados pelo seu uso nas usinas termoelétricas, em
especial a necessidade de um sistema de resfriamento, causando
desperdício de água, e as emissões de poluentes atmosféricos:
dióxido de carbono (CO2), óxidos de nitrogênio (NOx) e, em menor
escala, monóxido de carbono e alguns hidrocarbonetos de baixo peso
molecular, inclusive metano, devido à combustão incompleta.
 É económico, custo reduzido comparado a outros combustíveis;
 A sua queima gera uma grande quantidade de energia;
 Maior proteção do ambiente: o gás natural é o combustível fóssil
mais limpo;
 Reduz sensivelmente a emissão de poluentes;
 Melhora o rendimento energético;
 A sua combustão é facilmente regulável;
 maior facilidade de transporte e manuseio, se comparado com o
GLP(gás liquefeito de petróleo), que exige grande infra-estrutura.
 Atualmente, o petróleo é um dos recursos naturais de que a sociedade mais
depende, pois diversos produtos que conhecemos e utilizamos são
derivados desse combustível.
 O petróleo é uma fonte de energia não renovável, e no momento uma das
maiores fontes de energia do mundo inteiro.
 Portugal importou mais de 4% de crude e paga menos de 26%
 Tentativa de exploração de petróleo em Portugal pela Galp em Aljezur este
ano (mas governo não cedeu a este pedido).
 Uma das teorias mais aceites, diz que á milhares de anos, os restos de
animais e vegetais mortos se depositaram no fundo dos oceanos, sendo
lentamente cobertos por sedimentos dando origem a rochas sedimentares
biogénicas.
 Sob efeito de altas temperaturas e pressões os restos orgânicos de animais
e vegetais sofreram, ao longo de milhares de anos, transformações
químicas, formando assim o petróleo.
Origem do Petróleo
 Depois de formado o petróleo tende a migrar para níveis superiores por ser
menos denso que os restante fluídos da rocha-mãe
 Para que ocorram acumulações consideráveis de petróleo é necessária a
presença de estruturas favoráveis (por ex: dobras e falhas), formando
armadilhas petrolíferas.
 O petróleo é constituído fundamentalmente por compostos que contém
carbono e hidrogénio na sua constituição sendo designados como
hidrogenocarbonetos.
 O processo de separação utilizado chama-se destilação fracionada, é
executada em torres de fracionamento, e os derivados do petróleo são
separados de acordo com os seus pontos de ebulição.
 Para fabricar plásticos, fertilizantes, detergentes e toda a variedade de
produtos industriais a partir do petróleo, é preciso, após a separação dos
hidrogenocarbonetos, executar transformações (reações) químicas com
eles. São necessárias dezenas de reções para chegar, por exemplo a um
medicamento
 Chuvas Ácidas: além dos hidrogenocarbonetos, o petróleo contém
pequenas quantidades de enxofre, o que provoca danos na agricultura e em
monumentos como estatuas…
 Efeito de estufa: aumenta a emissão para a atmosfera dos gases dos
combustíveis fósseis;
 Acidentes petrolíferos
Com este trabalho concluimos que a utilização dos recursos não renováveis, mais
propriamente, os combustíveis fosseis devia ser evitada pois traz poucos
benefícios para o planeta e para o ser humano. A sua exploração devia, portanto,
ser diminuída, não sendo possível atualmente a não exploração completa.