Você está na página 1de 56

Atribuições

+
Riscos nas Atividades
 Ferimentos com ferramentas manuais, laços
e acessórios para movimentação de carga;
 Ferimentos com partículas em suspensão
(lesões oculares);
 Quedas por terreno irregular, saída da
cabina do veículo e da carroceria veículos;
 Movimentação irregular e peso em excesso;
 Picadas de animais peçonhentos;
 Ferimentos por acidentes de trânsito;
 Ferimentos por contato com energia elétrica;

 Cuidado ao subir na cabina, carroceria do veículo e/ou guindaste, apoiar


corretamente os pé nos estribos ou nos suportes adaptados nas carrocerias e
apoiar as mãos nos suportes adaptados para apoio das mesmas;
 Certificar o peso da carga, cabos ou correntes e
acessórios;
 Posicionar o veículo ou guindaste o mais
próximo possível da carga;
 Isolar o local de içamento com sinalização:
cones, fita zebrada e etc;

 Não levantar, abaixar ou movimentar o


equipamento, caso haja pessoa sobre a carga,
gancho do Motoguincho e acessórios;
 Não abandonar a posição junto aos controles do equipamento de guindar, quando
uma carga estiver suspensa ou em qualquer área onde haja acesso de pessoas;
 Antes de realizar o transporte da carga com o veículo, fazer as devidas amarrações
para evitar que a mesma venha a cair durante o trajeto a ser percorrido.
 Ao encarretar uma máquina/implemento/veiculo
destravar as correntes da rampa, e descer a mesma
o mais lentamente possível, evitando assim impactos
no equipamento, e após o trabalho realizado, subir a
rampa da mesma forma e prender novamente as
correntes, assegurando-se que a mesma não desça
durante o transporte;
 Manter cautela quando estiver na lavoura, muito
cuidado nos cruzamentos e entradas em pista de
asfalto;
 Não mudar de itinerário, sem prévia autorização;
 Travar a máquina/implemento/veiculo a ser transportado com as correntes de
segurança existentes na prancha;
 No transporte de máquinas com articulações, indicar ao operador que as articulações
sejam travadas no momento do transporte;
 Utilizar o Cinto de segurança. Indicar ao operador do equipamento a ser
transportado que o mesmo esteja com o freio estacionário acionado
durante o transporte;
 Não utilizar aparelhos sonoros no ouvido (tipo mp3, fone de celular, etc).
O uso indevido do Trator agrícola pode ocasionar riscos
de acidentes de três naturezas:

 Relacionados ao terreno onde opera (AMBIENTE);

 Provocados pelo trator em si (AGENTE);

 Pela imperícia ou desconhecimento do operador


(HOMEM).

Erro Humano:

1-Não acessar o trator pelo lado esquerdo.


2 - Antes de dar partida, coloque todos os controles no ponto NEUTRO:
 Ajuste o assento;

 Não dê partida antes de testar os controles;

 Veja se não há pessoas próximas ao trator;

 Não ligue o trator em galpão totalmente fechado;

 Quando parar, retire a chave do contato.

3 - Sempre que possível trafegue nas estradas com os pedais de FREIOS unidos:
 Estacionar sempre o trator com os pedais unidos, travados e com o estrangulador puxado;

 Não descanse o pé sobre o pedal da embreagem;

 Em manobras sobre o solo solto, fazer uso do freio para auxiliar a direção;

 Não deixe terra, graxa, barro ou qualquer outro material escorregadiço em


excesso na plataforma, estribos ou pedais;

 Calce e freie o trator quando parado em descidas ou subidas;

 Pare e freie o trator, antes de descer dele.


4 - Ao trabalhar em terrenos declivosos, deve-se observar:

 Não efetuar mudanças de marcha com o trator em


movimento;

 Não descer declives com o pedal da embreagem


pressionado ou com o câmbio em ponto morto
(neutro);

 Estando parado, Calce, freie o trator e retire as


chaves da ignição;

 Em subidas muito acentuadas,


recomenda-se fazê-lo em
marcha-ré por questões de
segurança.
5 - Valas ou Barrancos:

 Não trabalhe próximo de valas profundas ou de


barrancos, pois poderá haver desmoronamento ou
deslizamento de terra;
 No caso de tombamento, desligue imediatamente o
motor, pois poderá ocorrer risco de incêndio;
 Não passe sobre terreno muito acidentado,
obstáculos, rochas, valetas, etc;
 Ao desengatar implementos verifique primeiro se os
mesmos estão devidamente calçados;

6 - Vestimentas apropriadas:

 Atenção a roupas largas próximo a polias ou


eixos em movimentos;
 Use sempre a proteção na tomada de força;
 Não faça nenhuma manutenção com o motor
em funcionamento.
7 - Atenção com as chamadas GAMBIARRAS:
 Não improvisar ferramentas para consertos ou reparos, e nem
para erguer ou abaixar tratores ou máquinas agrícolas;
 Sempre que parar o trator com implemento acoplado, use o
sistema de baixar hidráulico.

8 - Proibido caronas:

 Não transportar pessoas (caronas) sobre o trator a não ser


que haja lugar adequado, oferecendo segurança ao passageiro e
ao tratorista.
O que é uma escavadeira?
As escavadeiras têm uma aparência única têm componentes saindo por todos
os lados. O que um caminhão de lixo faz é óbvio só de olhar para ele, mas
para que são usados os diferentes acessórios de uma escavadeira? Uma
escavadeira é uma invenção interessante, pois na realidade tem três peças de
equipamento de construção combinados em uma unidade. Uma escavadeira
é:

 um trator

 uma carregadeira

 uma escavadeira
Trabalhe com Segurança

A retroescavadeira é de fácil operação, exigindo no entanto os


cuidados básicos e indispensáveis ao seu manuseio.
Tenha sempre em mente que SEGURANÇA exige ATENÇÃO
CONSTANTE, OBSERVAÇÃO E PRUDÊNCIA; durante o transporte,
manutenção e armazenamento da retro.
- Durante o trabalho ou transporte é permitido somente a
permanência do Operador no trator.
- Não permita que crianças brinquem próximo ou sobre a retro,
estando a mesma em operação, transporte ou armazenada.
- Utilize equipamentos de proteção individual.
- Utilize roupas e calçados adequados. Evite roupas largas que
podem se enroscar nas partes móveis e causar sérios acidentes.
- Tenha o completo conhecimento do terreno antes de iniciar o trabalho.
Faça a demarcação de locais perigosos ou de obstáculos.
- Tenha cuidado ao efetuar o engate ao trator.
- Quando for transportar a retro desligue sempre a tomada de força e verifique se a
trava da lança está colocada.
- Não dirija próximo de valas, buracos; pode ocorrer deslizamentos.
- Nunca tente alterar as regulagens, limpar ou lubrificar a retro em movimento.
- Pare sempre o motor antes de deixar o assento do trator.
-- Verifique com atenção a largura de transporte em locais estreitos.
- Toda vez que desengatar a retro, na lavoura ou galpão, faça-o em local plano e
firme.
- Certifique-se que a mesma esteja devidamente apoiada.
- Não transite em rodovias ou estradas pavimentadas.
Adesivos de Segurança
 Os adesivos de segurança alertam sobre os pontos da máquina que
exigem maior atenção.
 Os adesivos devem ser mantidos em bom estado e substituídos
quando necessário.
Empilhadeira - Normas de
Segurança
1. Qualquer pessoa tem condições de operar uma
empilhadeira, mas somente os peritos podem fazê-lo com
segurança.

2. Evite levantar ou transportar qualquer carga que possa


cair sobre o operador ou qualquer outra pessoa.

3. Nunca leve "passageiros" na empilhadeira.


Quando tiver que elevar pessoas use uma
plataforma de segurança, com protetores
laterais, a qual deverá estar bem presa aos
garfos.
Normas de Segurança
4. Mantenha os braços e pernas dentro do compartimento do
operador. Principalmente ao operar em espaços apertados
isso pode tornar-se extremamente perigoso.

5. Fique longe e não deixe que outras pessoas se


aproximem do mecanismo de elevação da
empilhadeira.

6. Comunique imediatamente ao seu supervisor


qualquer falha ou dano com a empilhadeira.
Aguarde o conserto dos defeitos antes de
continuar o trabalho.
Normas de Segurança
7. Não permita que ninguém passe ou fique
embaixo da carga ou do carro de elevação.

8. Evite a passagem por buracos, manchas de óleo e


materiais soltos, que possam fazer a empilhadeira derrapar
ou tombar

9. Faça curvas lentamente e dirija com cuidado


principalmente nas esquinas, fazendo sempre uso
da buzina.
Normas de Segurança

10. Quando deixar a empilhadeira, desligue o


motor, engate uma marcha, abaixe
completamente os garfos e puxe o freio de mão.

11. Não desça rampas de frente com a máquina carregada. A


carga além de escorregar dos garfos, pode também tombar a
máquina.
Normas de Segurança

12. Evite partidas ou freadas bruscas. Freadas bruscas


podem ocasionar queda de carga. E lembre-se: marcas de
pneus no piso são sinais de uma má operação.

13. Observe cuidadosamente o espaço que você


deverá usar, para evitar batidas.

14. Não transporte cargas superiores à capacidade


nominal da máquina.
Normas de Segurança

15. Não movimente cargas instáveis ou


desequilibradas.

16. Centralize bem a carga sobre os garfos, de maneira que não


fique muito peso para um lado só, especialmente para cargas
largas.

17. Não transporte cargas apoiadas em um só garfo.


Normas de Segurança

18. Tome cuidado para que cargas cilíndricas e


compridas não girem sobre os garfos.

19. Mantenha a carga encostada no carro de


elevação.

20. Nunca transporte uma carga elevada.


Quando as cargas são transportadas em posição
elevada a estabilidade da máquina fica reduzida.
Normas de Segurança
21. Para melhor visibilidade e segurança, transporte cargas
grandes em marcha ré, mas sempre olhando na direção do
movimento.

22. Eleve ou abaixe a carga sempre com a torre na


vertical ou um pouco inclinada para trás.

23. Dirija com cuidado, observe as regra de trânsito e


mantenha sempre o controle da empilhadeira.
Conheça bem todas as regras de operação segura.
 Muita atenção ao locomover peças ou chapas
para não bater ou cair em funcionário do local;
 Fazer manutenção periódica nos freios das
carregadeiras;
 Atenção redobrada no período noturno, pois a
visibilidade é menor;
 É de sua responsabilidade ler, entender e seguir
as normas de segurança e regras na operação de
carregadeiras, instruções e práticas seguras de
operação contidas neste procedimento
 Mantenha os pedais, estribos e demais superfícies sempre limpos, principalmente de
materiais escorregadiços;
 Fixe corretamente os objetos que vão ser transportados no trator ou no implemento;
 Veja se não há pessoa junto a carregadeira ou em baixo da garra quando for colocá-la
em funcionamento;
 Suba no trator ou carregadeira pelo lado esquerdo, utilizando-se de todos os pontos
que servem de degraus e corrimão e ao descer, desça em ré e se apoiando às
alças de segurança (corrimão);
 Tenha segurança nas operações, respeite o limite máximo de velocidade
imposto pela empresa;
 O peso das cargas a serem transportadas
deve ser menor, ou, no máximo igual ao peso
da máquina carregadeira;
 Ao desengatar implementos de um trator,
principalmente em subida, verifique se os
mesmos estão corretamente calçados. Caso
contrário, poderá provocar acidente;
 Calce e freie a máquina, quando estiver
parado, tanto em descidas como em
subidas;

Para trabalhar com segurança, perto de barrancos ou valas, mantenha uma distância de
pelo menos, a altura do barranco ou vala, entre o trator e o início da ribanceira;
 A água do radiador poderá transbordar sob alta pressão se a tampa for removida de uma
só vez. Para retirar a tampa do radiador, gire-a até a primeira posição. Espere até aliviar a
pressão, e em seguida remova a tampa. Poderão ocorrer graves queimaduras se a tampa
for removida rapidamente;
 Prestar muita atenção onde pisa, principalmente à noite (ex. buracos de tatu);
 Não faltar ao serviço sem avisar seu Encarregado;
Colheitadeira de Grãos
 A operação da máquina requer atenção total do
operador;
 É proibido utilizar fones de ouvido ou falar no telefone
celular;
 Nunca tente limpar obstruções em áreas cortantes a não
ser que o motor esteja desligado e com a chave de partida
removida (bloqueio);
 Mantenha mãos, pés e roupas longe das partes móveis
das máquinas. Nunca limpe, lubrificantes ou faça ajustes
com a máquina em movimento;
 É proibido usar qualquer tipo de adorno como anéis,
cordões, correntes, relógio, brincos e outros;
 Retire lama, graxa e qualquer resíduo da colheita que
possa estar acumulado nos degraus e na plataforma do
operador da colhedora;

 Nunca abasteça a máquina com o motor em funcionamento.


 Sempre limpe o combustível derramado na superfície da máquina;
 Nunca verifique a carga da bateria com objetos estranhos;
 Nunca use chama aberta ao procurar por vazamentos;
 Nunca deixe uma pessoa operar a colheitadeira se não
estiver apta para operá-la;
 Fluidos que escapam sob pressão podem penetrar na
pele causando sérios danos. Alivie a pressão antes de
remover quaisquer mangueira ou tubos;
 Mantenha as mãos e corpo longe de furos e bocais que
soltam fluidos sob alta pressão. Use sempre um pedaço de
papelão para procurar por vazamentos;
 A cabine deve estar sempre limpa e os extintores
carregados;

 Mantenha o sistema de arrefecimento, radiador de óleo e tela do motor, livres de impurezas. Sempre
limpe o compartimento do motor;
 Antes de ligar o motor acione a buzina duas vezes. Após ligar a chave aguarde 5 segundos antes de
ligar o motor;
 Certifique-se que quando tocar a buzina, todas as pessoas saibam que é necessário sair de perto o
mais rápido possível;
 Ao ligar a máquina certifique-se se existem pessoas em volta;
 Nunca acione os implementos da colhedora com o motor em rotação máxima;
 Sempre que iniciar as jornadas de trabalho, tenha por precaução em casos de
incêndio; um caminhão pipa;
 Sempre entre no campo antes da unidade de
transporte. A unidade de transporte deve ser posicionada
antes de mover o elevador na posição de carga;
 Mantenha sempre o elevador alinhado na parte traseira
da colhedora enquanto aguarda a unidade de transporte
no campo;
 Sempre saia do campo depois da unidade de
transporte;
 Suspenda os divisores de linha ao aproximar-se do
carregador;
 Fique atento às luzes de advertência no painel de
instrumentos durante a operação;
 Evite buracos, valas e obstruções que possam fazer
com que a máquina incline-se, especialmente em
declives;

 Nunca dirija próximo ao topo de uma vala ou suba em um aterro, porque a máquina poderá
provocar desmoronamento;
 Mantenha o nível de óleo hidráulico no nível máximo ao operador em declives.
Antes de operar em pistas com áreas onde houver redes elétricas:
 Coloque o cortador de ponta e o elevador na posição de transporte;
 Assegure-se que a antena do rádio esteja abaixada, caso houver.
 Toda e qualquer manutenção deverá ser
efetuada com o motor parado, chave da
ignição retirada e chave geral desligada.
 O descarte de lubrificante no solo,
maltrata o meio ambiente e a ecologia;
 Os produtos usados no equipamento
incluem: óleo, combustíveis, liquido de
arrefecimento, filtros e baterias;
 Durante as verificações, trocas e etc,
nunca deixe escorrer as perdas no solo ou
dentro de qualquer fonte de água;
 Sempre descarte os resíduos em
recipientes adequados;
 Observe atentamente os adesivos com
advertência (alertas) e/ou orientações
técnicas que envolvem segurança.
 Conhecer os riscos inerentes às atividades a serem
exercidas;
 Permanecer próximo a área somente pessoas autorizadas e
que realmente forem necessárias para execução do serviço;
 Antes de movimentar o trator, esteja certo de que todas as
condições perigosas foram corrigidas;
 Atenção redobrada no período noturno, pois a visibilidade é
menor;
 É de sua responsabilidade ler, entender e seguir as normas
de segurança e regras na operação com tratores, instruções e
práticas seguras de operação contidas neste procedimento;
 Somente dar partida no motor, se estiver adequadamente acomodado no assento do operador;
 Mantenha os pedais, estribos e demais superfícies sempre limpos, principalmente, de materiais
escorregadiços;
 Fixe corretamente os objetos que vão ser transportados no trator .
 Veja se não há pessoas junto ao trator, quando você for colocá-lo em funcionamento;
 Suba no trator pelo lado esquerdo, utilizando-se de todos os pontos que servem
de degraus e corrimão e ao descer, desça em ré e se apoiando às alças de segurança
(corrimão);
 Tenha segurança nas operações, respeite o limite máximo de velocidade imposto
pela Empresa;
 O peso das cargas a serem transportadas deve ser
menor, ou, no máximo igual ao peso do trator;
 Ao desengatar máquinas e implementos de um trator,
principalmente em subida, verifique se os mesmos estão
corretamente calçados, caso contrário poderá provocar
um acidente;
 Tenha cuidado ao rebocar veículos e máquinas em
terrenos acidentados;
 Nunca use o ponto morto, principalmente em descidas;
 Quando for puxar máquinas, caminhões, etc, verifique se
o cambão está bem fixo em ambos os veículos;
 Não admitir passageiros sobre o trator;
 Calce e freie o veículo, quando estiver parado, tanto em
descidas como em subidas;

 Para trabalhar com segurança, perto de barrancos ou valas, mantenha uma distância de pelo menos, a
altura do barranco ou vala, entre o trator e o inicio da ribanceira.
 Submeter-se aos exames: Admissional, demissional, periódico, mudança de função, retorno ao trabalho e
outros, conforme determinação do Médico do Trabalho;
 Preservar a limpeza dos locais de uso coletivo tais como: Banheiros, veículos de transporte, bebedouros...
 Fica terminantemente proibido, ausentar-se do seu local de trabalho sem prévia
autorização da chefia imediata;
 Não fazer trechos secundários, contra-mão; Não mudar o itinerário.
O QUE DEU ERRADO???
Algumas obrigações das empresas

§ 1º A empresa é responsável pela adoção e uso das medidas


coletivas e individuais de proteção e segurança da saúde do
trabalhador.

§ 2º Constitui contravenção penal, punível com multa, deixar a


empresa de cumprir as normas de segurança e higiene do
trabalho.

§ 3º É dever da empresa prestar informações pormenorizadas


sobre os riscos da operação a executar e do produto a manipular.
Podemos imaginar o fogo
como um quebra-cabeças
de três peças:

 Combustível, comburente (oxigênio)


e calor.

 Se retirarmos qualquer uma


destas peças desmontamos o
quebra-cabeça, ou seja
extinguimos o fogo.
Classe "A"
Materiais que queimam em superfície e em
profundidade.
Ex.: Madeira, papel, tecido, ...
Classe "B"
Os líquidos inflamáveis e queimam na
superfície.
Ex.: Álcool, gasolina, querosene, ...
Classe "C"
Equipamentos elétricos e eletrônicos
energizados.
Ex.: Computadores, TV, motores, ...
Ao jogarmos água Ao Ao separarmos o
em um incêndio, abafarmos, combustível, estamos
estamos resfriando, retirarmos o isolando, como o caso de
retirando o componente se abrir uma trilha (acero)
componente calor. oxigênio. no mato para que o fogo
não passe.
 Sempre que identificar
algum extintor de incêndio
descarregado, deve solicitar
ao seu líder a devida
substituição.
Considerações Finais
[Recomendações]

A Segurança não é o simples ato egoísta de não querer acidentar,

mas sobretudo, um ato de solidariedade de não deixar ocorrer

Acidentes.
Mensagem Final
"As grandes oportunidades de ajudar os outros
raramente acontecem,
mas as pequenas surgem todos os dias."

"Comece fazendo o que é necessário, depois o que é


possível, e de repente você estará fazendo o
impossível ."

(São Francisco de Assis)


Obrigado.