Você está na página 1de 18

PROCESSOS PRODUTIVOS

Ciclo de um processo produtivo, deixando clara


a ligação entre todas as partes interessadas no
produto.
O QUE É PROCESSO DE PRODUÇÃO?
• É a atividade de transformação da matéria-
prima em algo útil para o consumidor, cliente
ou interessado.
NOÇÕES DE PLANEJAMENTO DE
PRODUÇÃO
• Algo que complica a gestão de produção é o comportamento
da demanda ao longo do tempo, levando em consideração os
pedidos conhecidos (pedidos formalizados pela empresa) e a
previsão de consumo (previsão por pedidos anteriores).
Observe o gráfico a seguir:
NOÇÕES DE PLANEJAMENTO DE
PRODUÇÃO
PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO

• Tem como objetivo adquirir e desenvolver os


recursos de produção, em que as decisões são
de longo prazo. Esse planejamento é
caracterizado pelo alto grau de incerteza em
relação ao uso futuro dos recursos da
empresa.
PLANEJAMENTO TÁTICO

• Visa desagregar as metas estabelecidas pelo


planejamento estratégico em termos de
tempo, recursos e produtos. Neste nível, as
decisões são de médio prazo e são tomadas
com base em informações com reduzido grau
de incerteza.
PLANEJAMENTO OPERACIONAL

• Também pode ser chamado de programação


de produção, pois tem como objetivo a
execução das tarefas estabelecidas pelo
planejamento tático. As decisões nesse nível
de planejamento são de curto prazo e são
tomadas com base em informações com alto
grau de certeza.
PRINCÍPIOS OPERACIONAIS
• Continuidade e fluidez em processos de
produção
• O conceito de gargalo se faz muito útil para
determinar onde o processo tem sua fluidez
comprometida, para que se possa reconfigurar o
processo, de forma a adequá-lo para reduzir o
gargalo. Com isso, o processo pode se apresentar
em três princípios operacionais:
• Princípio EMPURRA
• Princípio PUXA
• Princípio MISTO
Princípio EMPURRA
• É o tipo mais tradicional de operação. A matéria-
prima passa por um processo de transformação e só
depois é encaminhada para o próximo estágio de
transformação, e assim sucessivamente, até que o
produto esteja concluído.
• Diagrama do método EMPURRA de produção
PRINCÍPIO PUXA
• Nesse princípio operacional, o processo se inicia ao
final da cadeia produtiva levando em consideração a
demanda da próxima operação. Aplicam-se estoques
em cada estágio do processo para que a matéria-
prima chegue ao próximo estágio apenas quando
este já terminou sua função.
• Diagrama do método PUXA de produção
PRINCÍPIO MISTO OU PUXA-EMPURRA
• Aqui os dois métodos se complementam para que o
efeito do gargalo seja minimizado. É a forma mais
moderna de gestão de produto. Geralmente, aplica-
se o método puxa até o gargalo e, após isso, aplica-se
o método empurra, sendo que é a etapa do gargalo
que empurra os demais passos do sistema.
• Diagrama do método PUXA-EMPURRA de produção
EXERCÍCIOS
• Imagine uma empresa cuja linha de produção tenha sublinhas
que deixam o processo de produção complexo. Isso nos diz
que provavelmente a empresa adota o princípio operativo
misto para controlar e gerenciar a produção. A figura a seguir
ilustra essa linha de produção em que os números das
operações são o tempo relativo de produção em minutos de
operação.
• 1) Onde está o gargalo?
• 2) Qual é o caminho crítico?
• 3) Para corrigir o problema do gargalo e deixar
o sistema produtivo mais eficiente, como
pode ser o diagrama ?
• Por esta linha de produção, podemos perceber que o gargalo está
na etapa 20 e o caminho crítico parte da sublinha 3 para a etapa
20. Percebemos também que o tempo de operação da sublinha 1
é menor que o da sublinha 2 e elas se convergem no processo,
razão pela qual devemos colocar um estoque após a sublinha 1. A
sublinha 4 também possui tempo menor que o da sublinha 3,
desse modo, também cabe um estoque ao final desta.
Exercícios
• Processo de produção é a atividade de transformação de
matériaprima em algo útil para o consumidor, cliente ou
interessado. Quando nos referimos à matéria-prima, não
podemos pensar apenas em algo bruto e tangível, mas sim
em algo mais amplo. Podemos dizer que em um processo
aplicamos um trabalho sobre algo sem utilidade visível e
isso o transforma em algo com determinada utilidade. Com
base nessas afirmações, assinale a alternativa que melhor
exemplifica os conceitos de matéria-prima e produto,
respectivamente.
• a) Capital e seguro de automóvel.
• b) Lanterna e copos descartáveis.
• c) Dinheiro e capital.
• d) Automóvel e peças de reposição.
• e) Minério de ferro e minério de alumínio.
O planejamento estratégico tem como objetivo adquirir e desenvolver os
recursos de produção, definir novos produtos, políticas de atendimento e
gerar planos de produção baseados nas previsões de demanda. Qual é a
alternativa que está diretamente relacionada a esse tipo de planejamento de
produção?
• a) Neste nível as decisões são tomadas com base em informações com
reduzido grau de incerteza.
• b) Visa alocar tarefas aos recursos disponíveis no sistema. As decisões
neste nível de planejamento são tomadas com base em informações com
alto grau de certeza (decisões de curto prazo).
• c) É utilizado para tomada de decisões de curto prazo, o alto grau de
incerteza caracteriza o problema com relação ao uso dos recursos.
• d) Por se tratar de decisões de longo prazo, o alto grau de incerteza
caracteriza o problema com relação ao uso futuro dos recursos da
empresa.
• e) Por se tratar de decisões de médio prazo, o alto grau de certeza é
evidenciado por levar em consideração os recursos disponíveis da
empresa.
Enquanto a continuidade evita interrupções durante o
processo, a fluidez mantém cada parte deste funcionando, de
forma a otimizar os tempos para que não existam falhas entre
uma parte e outra do processo. Com essa afirmação em
mente, podemos dizer que a fluidez é:
• a) Um método utilizado para se adquirir o melhor
funcionamento das máquinas envolvidas no processo de
produção.
• b) O equilíbrio do processo para que este se mantenha
uniforme, fazendo que todas as partes envolvidas tenham o
mínimo de tempo de espera entre elas.
• c) Princípio de aplicação de recursos para que se possa
manter o devido funcionamento do processo por meio da
automação.
• d) Otimização do fluxo de operação para que o processo se
mantenha o mais rápido possível.
• e) Desempenho do processo em que este se mantenha
funcionalmente até seu termino, mas permitindo
ocasionais paradas na produção.

Você também pode gostar