Você está na página 1de 54

Introdução ao Direito

1.1 Conceito de Direito


■ É o conjunto de normas gerais e positivas, que regulam a vida social (Washington

de Barros Monteiro).
■ O Direito é o conjunto de regras que disciplinam a vida em sociedade e que se

caracterizam pelo caráter genérico e jurídico.



O Direito Positivo é o conjunto de normas estabelecidas pelo poder público, que
se impõem e regulam a vida social de um dado povo em determinada época.

O direito natural é a ideia abstrata do Direito, o ordenamento jurídico ideal.

UNIf*
Introdução ao Direito

1.2. Origem e finalidade do Direito



O homem é um ser eminentemente

social.
■ A Alteridade
convivência impõe certa
- convívio comordem.
o outro.
■ O fim do Direito é precisamente determinar aos homens a vida em sociedade -
sistema de controle social.
■ Direito é controle e defesa contra o controle.

UNIf*
Introdução ao Direito

1.3 Direito Objetivo e Direito Subjetivo


■ Direito Objetivo é o conjunto de normas impostas pelo Estado, de caráter geral,
a cuja observância os indivíduos podem ser compelidos mediante coerção - jus
est norma agendi.
■ Ordenamento jurídico universalidade, unidade, coerência e completude.
■ Direito Subjetivo é a faculdade individual de agir de acordo com o Direito
Objetivo e de invocar sua proteção - jus est facultas agendi.

UNIf*
Introdução ao Direito

Abrangência do Direito Subjetivo Direitos individuais homogêneos


Direito coletivo
Direito difuso
1.4 Direito e moral

Direito.
■ Moral.

Teoria dos círculos concêntricos.

■ Teoria dos círculos secantes


Introdução ao Direito
Introdução ao Direito

1.6 Fontes do Direito


Legislativas
Estatais
Jurisprudenciais
Fontes Convencionais
Não estatais — Direito
Consuetudinário Direito
Científico Negócios
■ Civil Law.
Jurídicos
Common Law.

Método integrativo - artigo 4°, da Lei de Introdução às


Normas do Direito Brasileiro - LINDB (Decreto-Lei n°
4.657/42).
Introdução ao Direito

1.7 Lei escrita


■ Validade.
■ Vigência - artigos 1° e 2°, da Lei de Introdução às Normas do Direito Brasileiro -
LINDB (Decreto-Lei n° 4.657/42).
■ Eficácia.

■ Interpretação da Lei - Caso concreto Lei in abstracto - artigo 5°, da Lei de


Introdução às Normas do Direito Brasileiro - LINDB (Decreto-Lei n° 4.657/42).

■Aplicação da Lei no tempo - artigo 6°, da Lei de Introdução às


Normas do Direito Brasileiro - LINDB (Decreto-Lei n° 4.657/42).

UNIf*
Introdução ao Direito

1.8 Do Processo Legislativo

Artigo 59, da Constituição Federal


Emendas à Constituição
Leis complementares
Leis ordinárias
Leis delegadas
Medidas provisórias
Decretos legislativos
Resoluções
Introdução ao Direito

■ Emendas à Constituição - artigo 60, da Constituição Federal.


Iniciativa Quórum Cláusula Pétrea

• Presidente de República. • Votação e discussão. • A forma federativa de Estado.


• 1/3 dos membros: Câmara OU• Dois turnos. • O voto direto, secreto, universal e
periódico.
Senado. • Aprovação por 3/5 dos votos dos membros do• A separação dos Poderes.
• Mais da metade das assembleias Senado e da Câmara, em dois turnos. • Os direitos e as garantias individuais.
estaduais -maioria relativa* dos• Promulgação - Mesas da Câmara e do
membros de cada uma delas. Senado.

■ Leis Complementares - artigos 61 e 69, da Constituição Federal.


Iniciativa Quórum Matérias
*Qualquer Comissão da Câmara dos Deputados, do *Maioria *Apontadas pela própria Constituição
Senado Federal e do absoluta
Congresso Nacional. *Membros do Federal.
*Presidente da República. *Supremo Tribunal Federal. Senado e da
*Tribunais Superiores. *Procurador-Geral da República. Câmara.
*Cidadãos.

UNIf*
Introdução ao Direito

■ Leis Ordinárias - artigos 61 e 67, da Constituição Federal. *•

Introdutória - Iniciativa Complementar - Promulgação e Publicação


*Qualquer Comissão da Câmara dos Deputados,
*Declara a existência e determina a execução.
do Senado Federal e do Congresso Nacional.
*Torna-se a lei de conhecimento público.
*Presidente da República. *48 horas da sanção ou comunicação da rejeição do
*Supremo Tribunal Federal. veto.
*Tribunais Superiores. *Presidente da República.
*Procurador-Geral da República. *Inércia - Presidente do Senado.
*Cidadãos. *Inércia - Vice -Presidente do Senado.

UNIf*
Introdução ao Direito


Medida Provisória - artigo 62, da Constituição Federal
Iniciativa - Presidente da República.
Relevância e urgência.
Convertida em lei - prazo de 60 dias - prorrogável - artigo 62, § 3°, da
Constituição Federal - sob pena de perda da eficácia.
Apreciada pelas casas do Congresso Nacional - Câmara: casa iniciadora -
45 dias - regime de urgência - trancamento da pauta.

UNIf*
Interatividade

Espécie normativa destinada a alterar o texto constitucional, de iniciativa do


Presidente de República, de 1/3 dos membros da Câmara ou do Senado e de mais
da metade das assembleias estaduais, observadas as limitações das cláusulas
pétreas, denomina-se:
a) Medida Provisória.
b) Emenda à Constituição.
c) Lei Ordinária.
d) Lei Complementar.
e) Resoluções.

UNIf*
Direito Constitucional

2.1 Noções introdutórias


2.1.1 Conceito de Direito
■ É a ciência positiva das Constituições - estudo sistemático das normas
Constitucional
constitucionais.
■ Objeto - a Constituição Política do Estado.
2.1.2 Constituição
É a lei fundamental que organiza os elementos constitutivos de um Estado.
Quais são esses elementos?
Forma do Estado, a forma de governo, o modo de
aquisição e o exercício do poder, o estabelecimento de
seus órgãos, os limites de sua ação, os direitos
fundamentais do homem e suas respectivas garantias.

UNIf*
Direito Constitucional

2.1.3 Poder Constituinte


■ Poder capaz de estabelecer as regras constitucionais.

■ Formas de manifestação outorga ou imposição.


promulgação ou convenção (assembleia constituinte).
referendum.
plebiscito.
■ Espécies de Poder Constituinte originário - Assembleia Nacional Constituinte.
derivado - emenda, reforma ou modifica -
emenda constitucional.

UNIf*
Direito Constitucional

2.1.4 Espécies de Constituição e normas constitucionais


Constituição
■ Quanto à forma escritas - documentadas.
não escritas - baseadas nos usos e nos costumes.


Quanto à força que a legitima outorgada - positivadas um grupo de indivíduos.
- promulgada - Assembleia Nacional Constituinte.
Direito Constitucional

■ Quanto à possibilidade de alteração


rígida - processo especial, semirrígida -
processo especial/comum. flexível -
processo comum.

UNIf*
Direito Constitucional

Norma constitucional


Quanto ao conteúdo materiais - conteúdo - temas constitucionais.
formais - conteúdo - temas não constitucionais.

■ Quanto à possibilidade de aplicação autoexecutáveis - aplicabilidade imediata,

não autoexecutáveis ou programáticas -


eficácia limitada - legislação integrativa.
Direito Constitucional
Direito Constitucional

■ Formas de controle
Concentrado - exame da constitucionalidade - um órgão julgador.
Difuso - qualquer órgão julgador - decisão do Tribunal Superior.

Político - constitucionalidade - órgão não pertencente ao Poder Judiciário.

Judiciário - constitucionalidade - órgão pertencente ao Poder Judiciário.


Ação direta - finalidade específica - exame da
constitucionalidade da lei - erga omnes. Ação
incidental - qualquer ação judicial - inter partes.

UNIf*
Direito Constitucional

Preventivo - antes da lei entrar em vigor.


Repressivo - após a promulgação da lei.

Ação Declaratória de Constitucionalidade - ADC - busca-se a declaração de


constitucionalidade de lei
ou de ato normativo
federal.
Ação Direita de Inconstitucionalidade - ADIN - busca-se a declaração de
inconstitucionalidade de lei ou
de ato normativo federal.

UNIf*
Direito Constitucional

■ Inconstitucionalidade por omissão - normas programáticas - normas de


eficácia limitada - legislador não fez aquilo que de forma concreta lhe foi imposto
pela Constituição.

■ Constitucionalidade de ato federal, estadual ou municipal - Tribunais ou Juízes


Regionais - Supremo Tribunal Federal atribui eficácia erga omnes - Arguição de
Descumprimento de Preceito Fundamental - ADPF - artigo 102, § 1°, da
Constituição e Lei 9.882/99.

■ Legitimados - artigo 103, da Constituição Federal.

UNIf*
Direito Constitucional

2.2 Da Organização nacional


Do Estado Federado
Elemento Povo - associação humana.
Território - base espacial.
Poder - comando de uma autoridade.
Soberania - não se sujeita a outro Estado.

Formas do Governo República.


Monarquia
Sistemas de Governo Parlamentarismo
.
Presidencialismo
Direito Constitucional


Brasil - República Federativa: Estados-Membros Têm poder constituinte próprio.
Participam do Poder Central.

Coesão federativa Rigidez constitucional.
Órgão responsável pelo controle da
constitucionalidade. Previsão de processo de
intervenção federal e estadual. Vedações do artigo 19,
■ Estrutura tríplice da Constituição
-Geral. Federal.
-Regional.
-Local.
-Distrito Federal.
—Territórios.

UNIf*
Competência legislativa
Âmbito federal - competência Exclusiva - artigo 21, da Constituição Federal.
Privativa - artigo 22, da Constituição Federal.
Concorrente - artigo 24, da Constituição Federal.
Autorizada - artigo 22, da Constituição Federal.
Comum - artigo 23, da Constituição Federal.
Suplementar - artigo 24, da Constituição Federal.
Interatividade

A forma de controle de constitucionalidade que busca a constitucionalidade de Lei


ou ato normativo federal e tem como fundamento conferir segurança ao
ordenamento jurídico nacional se dá por meio da:
a) Ação direta de inconstitucionalidade.
b) Arguição de descumprimento de preceito fundamental.
c) Presidência da República.
d) Ação declaratória de constitucionalidade.
e) Ação de inconstitucionalidade por omissão.

UNIf*
Da separação dos Poderes

3. Separação dos Poderes


Separação dos Poderes Freios e contrapesos.
Artigo 2°, da Constituição Federal.
Relacionamento harmônico e independente.
Cláusula pétrea - artigo 60, da Constituição Federal.
3.1 Poder Executivo - artigos 76 a 91, da Constituição Federal.
1 Função precípua - administrar a coisa pública.

Composição Presidência da República.


Vice-Presidência da República.
Ministérios.
Conselhos da República.
Defesa Nacional.

UNIf*
Da separação dos Poderes

Presidência da República
■ Eleição sufrágio universal.
voto direto e secreto.
■ Presidência da República Chefia de Estado - representação interna e externa.
Chefia de Governo - liderança administrativa.

Poderes da Presidência - artigo 84, da Constituição Federal - exemplificativa.

Mandato 4 anos - admitida uma reeleição.
brasileiro nato, gozo do direitos políticos, 35 anos
de idade e não ser inelegível.
■ Vacância da Presidência da República - ausência
definitiva do titular do cargo, verificada pelo Congresso
Nacional ou decorrente de condenação judicial.

UNIf*
Da separação dos Poderes

■ Vacância dois últimos anos do mandato - eleição indireta pelo Congresso.


Nacional.
■ Vacância ocorrer nos dois primeiros anos do mandato - eleição direta em 90
dias.
■ Impedimento do Presidente da República - é o afastamento - voluntário ou
involuntário.
■ Ordem de sucessão do Presidente da República - Vice-Presidente, Presidente
da Câmara (provisório), Presidente do Senado (provisório) e Presidente do
Supremo Tribunal Federal (provisório). Vice-Presidência da
República
■ ■ Função precípua - substituir o
Repúblicadano caso de vacância ou
Presidente
impedimento. ■ Participa dos Conselhos

República. Defesa.

UNIf*
Da separação dos Poderes

Ministérios
■ Setores especializados assessoramento e aconselhamento.
orientação, coordenação e supervisão.
■ Idade de vinte e um anos.
■ Pleno exercício dos direitos políticos.
■ Brasileiros natos ou naturalizados - exceção - Ministro da Defesa.

Órgão de Apoio
■ Órgãos superiores de consulta do Presidente da
República.
Da separação dos Poderes

■ Conselho da República - pronuncia-se sobre questões relevantes à


estabilidade das instituições democráticas.

■ Conselho de Defesa Nacional - pronuncia-se sobre matérias ligadas à defesa


do território nacional.

■ 3.2 Poder Legislativo - artigos 44 a 75, da Constituição Federal.


■ Sistema Bicameral - duas Câmaras
representam

Povo Estados
Câmara dos Deputados Senado Federal

UNIf*
Da separação dos Poderes

Câmara dos Deputados + Senado Federal = Congresso Nacional.


Presidência do Congresso Nacional - Presidente do Senado.
Direção da Câmara dos Deputados - Mesa.
Direção do Senado Federal - Mesa.
Sessões conjuntas.
Regras de funcionamento Sessões legislativas.
15/02 a 30/06 e 01/08 a 15/02.
Sessões extraordinárias.

Elegibilidade brasileiro.
eleitor.
alfabetizado.
idades mínimas - 21 e 35 anos.

UNIf*
Da separação dos Poderes

■ Senado Federal Senadores - 3 por estado.


Mandato - 8 anos.
Membros renováveis a cada 4 anos - proporção 1/3 e 2/3.
Funções - artigo 52, da Constituição Federal.
■ Câmara dos Deputados Deputados Federais.
Mandato - 4 anos.
Sistema Proporcional - mínimo de 8 e máximo de 70.
Funções - artigo 51, da Constituição Federal.
■ Comissões Parlamentares permanentes.
temporárias ou especiais.

UNIf*
Da separação dos Poderes
Da separação dos Poderes

■ Conselho Nacional de Justiça - artigo 103-B, da Constituição Federal.


■ controle administrativo, financeiro e disciplinar dos
magistrados.
■ 15 membros - mais de 35 e menos de 65 anos de idade.
■ Mandato de anos - 1 recondução.
■ Presidência - Ministro do STF.
■ Justiça Militar
■ Corregedoria
- artigos 122 a- Ministro
124, da Constituição
do STJ. Federal.
■ Justiça Eleitoral - artigos 118 a 121, da Constituição

Federal.
■ Compreende - convenção, filiação,

candidaturas, eleição, apuração,


diplomação e posse dos eleitos.

UNIf*
Da separação dos Poderes

■ Justiça do Trabalho - artigos 111 a 117, da Constituição Federal.


■ Processa e julga relações de trabalho regidas pela CLT.
■ Justiça Federal - artigos 106 a 110, da Constituição Federal.
■ Processa e julga as ações em que a União, entidade autárquica e
empresa pública federal forem interessadas na condição de partes - há

exceções.
Justiça Estadual - artigo 126, da Constituição Federal.
■ Competência residual.

UNIf*
Da separação dos Poderes


Superior Tribunal de Justiça - artigos 104 e 105, da Constituição Federal.

33 Ministros - maiores de 35 e menores de 65 anos.

Notório saber jurídico, reputação ilibada.

Nomeados pelo Presidente da República - sabatinados pelo Senado.

1/3 de desembargadores federais, 1/3 de Desembargadores Estaduais
e 1/3 membros da OAB e dos Ministérios Públicos.
■ Conselho da Justiça Federal - supervisão administrativa da Justiça
Federal.
Da separação dos Poderes

■ Supremo Tribunal Federal - artigos 101 a 103, da Constituição Federal.


■ Guardião da Constituição.
■ 11 Ministros - maiores de 35 e menores de 65 anos.
■ Notório saber jurídico, reputação ilibada.
■ Nomeados pelo Presidente da República - sabatinados pelo
Senado.

■ Funções essenciais - artigos 127 a 135, da Constituição Federal.


■ Ministério Público.
■ Advocacia Pública.
■ Advocacia.
■ Defensoria.

UNIf*
Interatividade

Na hipótese de vacância ou impedimento do Vice-Presidente da República, sua


substituição se dará em primeiro plano pelo:
a) Presidente do Congresso Nacional.
b) Presidente do Supremo Tribunal Federal.
c) Presidente do Senado Federal.
d) Presidente do Superior Tribunal de Justiça.
e) Presidente da Câmara dos Deputados.

UNIf*
Direitos e deveres individuais e coletivos

4.1 Gerações de Direitos Fundamentais


■ Proteção conferida - grau de civilidade social.
■ Direitos de primeira dimensão - séculos XVIII e XIX - traço individualista
-proteção do indivíduo contra o Estado - direitos civis e políticos - artigo 5°,
da Constituição Federal.
■ Direitos de Segunda Dimensão - séculos XIX e XX - ideias socializantes
-direitos econômicos e sociais - capítulos destinados à ordem econômica
e social e aos direitos sociais.

UNIf*
Direitos e deveres individuais e coletivos

■ Direitos de terceira dimensão - direitos de solidariedade -transindividuais.

■ 4.2 Direitos e garantias individuais e coletivos - artigo 5°, da Constituição Federal.


■ Igualdade.
■ Legalidade - ninguém pode ser obrigado a fazer ou deixar de fazer alguma
coisa senão em virtude lei.

UNIf*
Direitos e deveres individuais e coletivos


Liberdade de pensamento

Liberdade de crença ou de pensamento: não pode
ser invocada para se escusar de obrigação legal.

Liberdade de culto - observados os limites mínimos
exigidos pela legalidade.

Liberdade à manifestação de pensamento - vedado o
anonimato (resguardado o sigilo da fonte - necessário ao
exercício profissional) - direito de resposta; previsão
constitucional do dano moral.

Vedada a censura de natureza política, ideológica e
artística.

Liberdade de ensino - liberdade de aprender,
ensinar, pesquisar e divulgar o pensamento, a arte
e o saber.
UNIf*
Direitos e deveres individuais e coletivos

■ Privacidade - inviolabilidade da intimidade, da vida privada, da honra e da


imagem - indenização.
■ Inviolabilidade do domicílio - exceção: durante à noite - flagrante delito ou
desastre; durante o dia - flagrante delito, desastre e determinação judicial.
■ Inviolabilidade de correspondência, dados e comunicações telefônicas -
salvo em autorização judicial, na forma da lei (Lei n° 9.296/96).
Locomoção - direito de ir, vir e permanecer - limitação: bem comum.
■ ■ Liberdade pessoal - prisões: flagrante delito ou por ondem
escrita e fundamentada de autoridade judicial competente.
Exceção: militar.

UNIf*
Direitos e deveres individuais e coletivos

■ Reunião - pacífica, locais abertos ao público, independentemente de autorização.


Comunicação à autoridade competente - evitar transtornos à ordem pública ou
confronto com outra reunião já comunicada.
■ Associação - indivíduos que se coligam de forma duradoura para fins lícitos.
■ Legitimação ativa para a defesa dos interesses de seus filiados, quando
autorizada.
■ Liberdade de trabalho - direito de exercer o trabalho que lhe convier, conforme
sua vocação e aptidão. Há restrições: condições de trabalho e qualificações
profissionais.

UNIf*
Direitos e deveres individuais e coletivos

■ Liberdade sindical e greve - garantia de sindicalização a todo trabalhador e de


melhoria das condições de vida do trabalhador, com restrição às funções
essenciais e às proibições.
■ Propriedade - propriedade em sentido amplo. Exercício de direito condicionado
à função social.
■ Desapropriação - hipóteses constitucionais: necessidade pública,
utilidade pública e interesse social - prévia e justa indenização.
■ Requisição - temporária - caso de iminente perigo público - ulterior

indenização em caso de dano.


■■ Confisco - terras onde estejam localizadas culturas
ilegais de plantas psicotrópicas (Lei n° 8.257/91).

UNIf*
Direitos e deveres individuais e coletivos

■ Propriedade intelectual
■ Direito do autor de reprodução e alteração - transmissível aos herdeiros
por tempo limitado por lei - 70 anos (Lei n° 9.610/98).
■ Participação em obras coletivas e reprodução de imagem e voz humana
nas atividades desportivas.
■ Direito do inventor - exploração de seu invento pelo prazo que a lei
determinar (Lei 9.279/96 e Decreto 2.553/98).

■ Direito à herança
■ Sucessão dos bens de estrangeiros situados no país.

UNIf*
Direitos e deveres individuais e coletivos

■ Defesa do consumidor - dirigismo contratual.


■ Estado de Direito - princípios que asseguram o respeito aos direitos humanos e
às garantias fundamentais.
■ Devido processo legal - ninguém será privado da liberdade ou de seus bens
sem o devido processo legal.
■ Contraditório e ampla defesa - aos litigantes em processos são assegurados o
contraditório e a ampla defesa, com os meios e os recursos a ela inerentes.
■ Contraditório - imparcialidade do julgamento, obrigações
e direitos iguais e equivalentes. Ampla defesa - todos os
meios de provas por lei permitidos.

UNIf*
Direitos e deveres individuais e coletivos

■ Respeito aos direitos adquiridos - a lei não prejudicará o direito adquirido, o ato
jurídico perfeito e a coisa julgada.

Inafastabilidade do controle pelo Poder Judiciário - a lei excluirá da apreciação do
Poder Judiciário lesão ou ameaça de direito.

Segurança em matéria penal -
Comunicação de prisão ao juiz competente.
Responsabilização das autoridades
coatoras. Plena defesa.
Proibição de juízes e tribunais de
exceção. Tribunal do Júri.
Crimes inafiançáveis e imprescritíveis.
Crimes hediondos.
Indenização por erro judiciário.

UNIf*
Direitos e deveres individuais e coletivos

■ Efetivação dos direitos fundamentais


■ Normas definidoras de direitos e garantias fundamentais têm
aplicação imediata.
■ Os direitos e as garantias expressos na Constituição não excluem outros
decorrentes do regime e dos princípios por ela adotados, ou dos tratados
internacionais em que a República Federativa do Brasil seja parte.
■ Os tratados e as convenções sobre Direitos Humanos que foram aprovados
nas Casas do Congresso Nacional em dois turnos, por três quintos dos votos
dos membros, serão equivalentes às Emendas Constitucionais.

UNIf*
Direitos e deveres individuais e coletivos

■ 4.2 Da Nacionalidade

O conjunto de nacionais - sujeito natural do estado - constitui o povo.

Formas de aquisição Voluntária ou expressa - há solicitação.
Tácita - determinação estatal - sem oposição.
Involuntária - reconhecimento do jus soli - local do
nascimento ou jus sanguinis - origem dos
ancestrais.
■ Brasileiros natos Nascidos no Brasil - pais estrangeiros - desde que
não esteja a serviço de seu país.
Nascidos no estrangeiro - pai ou mãe brasileira,
registrado em repartição brasileira competente ou
venha a residir no Brasil e opte pela nacionalidade.
Direitos e deveres individuais e coletivos

■ Brasileiros naturalizados
■ Originários de países de língua portuguesa - residência por um ano
ininterrupto + idoneidade moral + manifestação de vontade.
■ Demais nacionalidades - residência por 15 anos ininterruptos +
ausência de condenação penal + manifestação de vontade.
■ Proibição de distinção - brasileiros natos e naturalizados - exceção casos
expressos em lei - artigo 12, § 3°, da Constituição Federal.
Direitos e deveres individuais e coletivos

■ 4.4 Dos direitos políticos



Cidadania - possibilidade de intervir no processo governamental.

Exercício da cidadania - regime democrático pluripartidário - meio do sufrágio
universal - voto direto, secreto e periódico.

Capacidade eleitoral ativa - alistamento eleitoral voto obrigatório.
voto facultativo.

Capacidade eleitoral passiva - elegibilidade - direito de ser votado.
■ Inelegibilidade - medida de defesa da democracia e
contra eventuais abusos.
Interatividade

A imparcialidade do julgamento, conferindo dialeticamente aos litigantes direitos e


obrigações iguais e equivalentes, apresenta-se no direito constitucionalmente
garantido denominado:
a) Contraditório.
b) Legalidade.
c) Reserva legal.
d) Devido processo legal.
e) Ampla defesa.

UNIf*
ATÉ A PRÓXIMA!

UNIP

EAD UNIVERSIDADE PAULISTA


EDUCAÇÃO A
DISTÂNCIA