Você está na página 1de 34

TREINAMENTO DOS

SISTEMAS AUXILIARES DE
TURBINAS
1. Introdução
2. Sistema de ar de combustão /
ventilação
• Fornecer ar atmosférico filtrado, com grau de
impureza ,umidade e características
controlados.
• Conduzir o ar ao compressor da turbina e,
também conduzir os gases da descarga para a
atmosfera.
• Do ar de entrada 70% vai para o interior da
turbina e 20% para resfriamento do
compartimento da turbina e 10% para
resfriamento do Gerador Elétrico.
• Dos 70% temos: 20% do ar que entra na turbina
é para a combustão 80% é para resfriamento.
2. Sistema de ar de combustão /
ventilação
• É composto por uma caixa de filtragem para
eliminar as impurezas (partículas suspensas e
outros) do ar;
• Elementos filtrantes
– telas, mantas e filtros canecos (cartuchos);
• Possui termopares e Pressostatos que medem a
temperatura de entrada e a pressão no filtros;
• Em seguida vai para a câmara plena que divide
para o G.E e turbina;
2. Sistema de ar de combustão /
ventilação
• O compartimento da turbina terá pressão
negativa devido aos exaustores (ventiladores);
• Somente um ventilador opera por vez e o outro
entra quando a temperatura chegar a 200°F;
• O compartimento do G.E terá pressão positiva
devido ao ar de entrada para resfriamento e
selagem dos mancais do mesmo;
• Somente um ventilador opera por vez e o outro
entra quando a temperatura chegar a 125°F;
• Em ambos compartimentos existem os dampers
para em casos de incêndio;
2. Sistema de ar de combustão /
ventilação
2. Sistema de ar de combustão /
ventilação
2. Sistema de ar de combustão /
ventilação
2. Sistema de ar de combustão /
ventilação
3. Caixa acústica (hood)
• É um invólucro para isolar a turbina, tendo
como principal função a proteção acústica
diminuindo o ruído até níveis aceitáveis,
máximo de 85 D.B. a 1 metro do hood.
• Chapa externa: aço inox ou aço carbono
• Chapa interna: chapa perfurada de aço
inoxidavel.
4. Sistema de tratamento de ar
• Finalidade de diminuir a temperatura de
entrada do ar que entra no compressor;
• Aumenta o rendimento da turbina, pois um
dos limitadores de potencia da turbina é a
temperatura do ar de entrada;
• O chiller diminui a temperatura da água
que é jogada nos Radiadores localizados
na caixa de filtragem;
• Sistema de Sprint e Nox
4. Sistema de tratamento de ar
4. Sistema de Oleo Lubrificante
da Turbina
• Fornecer óleo na pressão (1,5 a 4 kgf/cm2) e
temperatura (40 a 70 °C) adequada, permitindo a
lubrificação os mancais, engrenagens da caixa de
acessórios, caixa multiplicadora ou redutora;
• Sistema de óleo lubrificante é formado por:
– Reservatório de 150 galões;
– Filtros duplex (linha de alimentação e na linha de retorno)
– Trocador de calor
– Separador ar/óleo
4. Sistema de Oleo Lubrificante
da Turbina
• O oleo sai do reservatório até a entrada da bomba de
suprimento da turbina (L1);
• A descarga da bomba (L6) entra num conjunto de filtro
duplex (6microns) – alarme 20psid e trip 30psid;
• Na partida se PSLL 6116 estiver < 6psig quando a
turbina estiver com uma velocidade >4500rpm e
<7800rpm, o sistema de controle inicia a parada por
baixa pressão de oleo;
• Quando a pressão de suprimento de óleo for menor que
15psig quando a rotação for 7800rpm, o sistema de
controle inicia a parada por baixa pressão de oleo –
PSLL6115;
• O óleo filtrado é utilizado pela bomba hidráulica das
palhetas variáveis (VG) para operar o sistema das VG
• O resto volta para a lubrificação da turbina (L3);
• Pela linha L3 os mancais são lubrificados e resfriados
4. Sistema de Oleo Lubrificante
da Turbina
• A bomba de descarte recalca a mistura ar/óleo e
descarrega a mistura para o sistema externo;
• A pressão do oleo no recalque da bomba de
descarga (scaveng) retorno é monitorada pelo
pressostato PSH 6117 alarmando com
>100psig;
• Quando alarmar vai atuar a válvula de alivio
limitando a pressão em 140psig;
• A linha de descarga está conectada a filtros
duplex, após filtragem vai para o trocador de
calor antes de ir para o reservatório;
• Só vai para o trocador quando a temperatura do
óleo for maior que 110 F (43 C)
4. Sistema de Oleo Lubrificante
da Turbina
4. Sistema de Oleo Lubrificante
do Gerador
• OS mancais do gerador são lubrificados sempre que a maquina
entrar em operação através de uma bomba AC;
• Existe 02 (duas) bombas AC, 01 (uma) DC e 04 (quatro) tanques de
emergência;
• O oleo é extraído do reservatório por uma bomba AC e é
monitorado por um pressostato PSL 6017 que verifica a pressão da
linha em 25psig;
• Válvula TCV 6000 controla o fluxo passando ou não pelo trocador
de calor tendo 140 F como referencia;
• A linha de suprimento é dividida em 02 linhas para atender os
mancais do lado do acoplamento e da excitatriz;
• Presença de sensores TE6023 e TE6021 monitoram as
temperaturas dos mancais do lado da excitatriz e do acoplamento
ajustados para alarmar com 197 F
• Derivação da linha de oleo alimentam os tanques de emergência
(20 galões)
4. Sistema de Oleo Lubrificante
do Gerador
• Existem bombas de levantamento do eixo:
– 02 de baixa pressão (mancais de sustentação);
– 02 de alta pressão (mancais de escora)
• Na descarga da bomba de baixa pressão existe
uma válvula de alivio (PSV6053) que faz
retornar oleo para o reservatório quando a
pressão atingir 1500sig;
• Na descarga da bomba de alta pressão existe
uma válvula de alivio (PSV6054) que faz
retornar oleo para o reservatório quando a
pressão atingir 5000sig;
4. Sistema de Oleo Lubrificante
do Gerador
4. Sistema de Oleo Lubrificante
do Gerador
5. Sistema de combustível líquido
• Opera com combustível liquido e gasoso;
• O combustível liquido é injetado no combustor
por meio das bombas de recalque e Boost
(principal);
• O combustível supri a maquina pelos manifolds
primário e secundário a uma vazão de 65-
75gpm e pressão de 1340psig;
• O combustível passa por pre-filtros, filtros
duplex antes de chegar na bomba boost;
• Existem os limitadores de pressão PSV6213,
PSV62057 (válvulas de alívio);
5. Sistema de combustível líquido
• A válvula que controla o fluxo de combustível é
a FCV6202 (válvula hidráulica);
• Durante a partida abre-se as válvula de bloqueio
e de corte de combustível SOB6212 e SOV6211
respectivamente;
• Durante a parada reduz a abertura da válvula
FCV6202 fechando a válvula de corte em
seguida;
• Manifold primário é utilizado para queima
• Manifold secundário é utilizado para
proporcionar a queima durante a operação do
equipamento;
5. Sistema de combustível líquido
5. Sistema de combustível líquido
6. Sistema hidráulico de partida
• Esse sistema tira a maquina da inércia e coloca
em rotação;
• Sistema composto por:
– Reservatório
– Filtros
– Bomba de três estágio (bomba de carga/partida,
bomba principal e bomba de resfriamento)
– Trocador de calor
– Motor de partida hidráulico conectado na Gearbox
6. Sistema hidráulico de partida
• A bomba de carga pressuriza a linha em
350psig com o óleo do reservatório;
• A bomba principal eleva para 5200psig,
pressão que vai para o motor hidráulico
para acionar a Gearbox;
• O oleo retorna para o reservatório
passando primeiramente por um filtro
6. Sistema de partida
• Ao pressionar o botão Power On um dos
ventiladores de cada compartimento entra
em operação;
• Durante uma partida normal a bomba (AC)
de oleo lubrificante do gerador eletrico
entra em operação

4. Sistema de proteção contra
incêndio
• Turbina
– Detetores de térmicos (04)
– Detetores de gás combustível (03)
– Detetores óticos de chama (04)
– Sirene, botoeiras locais e luzes vermelhas
• Gerador elétrico
– Detetores de térmicos (02)
– Detetores de gás combustível (01)
– Detetores óticos de chama (01)
– Sirene, botoeiras locais e luzes vermelhas
4. Sistema de proteção contra
incêndio
4. Sistema de tratamento de ar
4. Sistema Partida
• A primeira é retirar o Gerador de Gás (GG) da
inércia e leva-lo a uma determinada rotação
conhecida como velocidade de purga ou de
ventilação ou de crank;
• A segunda função é auxiliar na aceleração do
Gerador de Gás durante a ignição e início da
formação dos gases de exaustão;
• após atingir esta velocidade o sistema de
partida é desligado;
4. Sistema Hidráulico de Partida
• O sistema hidráulico é formado por:
• Reservatório: No sistema com óleo
mineral o tanque tem grande capacidade,
sendo este de 4.000 a 20.000 litros. Os
reservatórios são feitos de aço carbono ou
inox;
• Bomba de partida hidráulica: