Você está na página 1de 16

UERR - Especialização em Direito Público

O PREGÃO ELETRÔNICO COMO INSTRUMENTO


DE CONTROLE DE OPORTUNISMOS NO
PROCESSO LICITATÓRIO PÚBLICO

ANA LUISA MORAES


ANTONIO CEZAR DA SILVA ROBALO
1
UERR - Especialização em Direito Público

Artigo da Revista GeP (2012)


Mauricio Massao Oura - Doutorando em Administração pela Universidade Nove
de Julho – UNINOVE - Chefe da Divisão de Importação da Universidade Federal
do ABC – UFABC.

Carlos Mamori Kono - Mestrando em Administração na Universidade Nove de


Julho – UNINOVE - Diretor da Sistec - Sistemas e Tecnologia em Informática,
empresa de desenvolvimento de sistemas e consultoria em TI

Leonel Cezar Rodrigues - Doutor em Administração pela Vanderbilt University,


TN (USA) - Coordenador do Programa de Doutorado Interinstitucional em
Administração da Universidade Nove de Julho – DINTER/UNINOVE

Edson Luiz Riccio - Doutor em Administração pela Universidade de São Paulo –


USP - Livre-Docente em Sistemas de Informação pela Faculdade de
Administração, Contabilidade e Economia da Universidade de São Paulo –
FEA/USP
2
UERR - Especialização em Direito Público

RESUMO DO ARTIGO

Este trabalho tem como objetivo analisar a operação de


pregão eletrônico (PE) no sistema Comprasnet, da União,
que busca instrumentalizar o governo para lidar com o
oportunismo dos licitantes, permitindo ao primeiro,
contratar bens e serviços a preços mais compatíveis com
os praticados no mercado. O desenho da pesquisa envolve
o estudo de caso, em nível descritivo, dos processos de PE
no sistema Comprasnet, do Governo Federal, tendo como
campo de pesquisa uma área demandante e cinco
pregoeiros como sujeitos sociais da pesquisa.
3
UERR - Especialização em Direito Público

RESUMO DO ARTIGO

Os principais resultados indicam que houve aumento na


eficiência e transparência nos processos a partir do uso do
sistema de pregão eletrônico. Em conclusão, esse sistema
tem servido, principalmente, para automatizar o controle
do cumprimento à legislação no processo licitatório, mas
parece não ter sido efetivo no combate ao oportunismo
dos licitantes.

4
UERR - Especialização em Direito Público

Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC)

A Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) vem


revolucionando os processos de compras dos órgãos da
administração pública federal direta e demais entidades
controladas direta ou indiretamente pela União. Nesse
contexto, destaca-se o sistema Comprasnet, ferramenta
eletrônica amplamente utilizada para operacionalizar uma
das principais modalidades de licitação do país: o pregão
eletrônico (PE).

5
UERR - Especialização em Direito Público

COMPRASNET

https://www.comprasgovernamentais.gov.br

SICAF - Sistema de Cadastramento Unificado de


Fornecedores

6
7
8
UERR - Especialização em Direito Público

Apesar de suas vantagens, as operações de PE não estão


livres de práticas oportunistas por parte dos licitantes como,
por exemplo, a oferta de produtos em desacordo com as
especificações do edital.

Assim, a aquisição de produtos e serviços com qualidade


mínima de aceitabilidade e com preços condizentes com a
realidade do mercado tem sido um desafio constante
enfrentado pelos sistemas de compras estatais que, por
força legal, estão obrigados a utilizar o Comprasnet para a
aquisição de bens e serviços denominados comuns, isto é,
aqueles cujos padrões de desempenho e qualidade,
possam ser objetivamente definidos em edital
9
UERR - Especialização em Direito Público

O combate a situações de oportunismo, isto é, situações em


que licitantes ganham licitações com produtos e serviços
que preenchem os requisitos dos editais, mas possuem
desempenho ou qualidade inferior àquelas esperadas no
objeto dos editais é altamente relevante para o governo
federal por ser esse o maior consumidor do país.

10
UERR - Especialização em Direito Público

Modalidade Licitatória Pregão Eletrônico – Lei 10.520/02.

O que é o Pregão Eletrônico? É um leilão eletrônico com


lances inversos (reverso) e regras definidas para garantir a
lisura do processo licitatório, e a rapidez na aquisição do
bem licitado.
Exemplos da lisura desse processo:
- Licitante não vê os lances dos demais licitantes.
- O Pregão fecha aleatoriamente.
- A fase de habilitação é após a adjudicação (somente para
o vencedor).
11
UERR - Especialização em Direito Público
PREGÃO ELETRÔNICO

12
UERR - Especialização em Direito Público

Sua utilização significa mudança na estratégia e na


estrutura de compras. São inúmeros os benefícios:
centralizar compras, negociar descontos por volume,
adquirir de fornecedores habilitados.

Outros benefícios: acelera o fluxo de dados entre


compradores e fornecedores; reduz o tempo de processo
administrativos; aumenta precisão no atendimento de
pedidos e nas entregas de produtos, eliminando erros
operacionais e financeiros; permite controles de auditoria,
segurança contra fraudes; reduz níveis de estoques e
custos associados.

13
14
UERR - Especialização em Direito Público

Principais resultados alcançados a partir do uso do sistema


de pregão eletrônico:

- O aumento na eficiência do processo licitatório

- O aumento na transparência do processo licitatório

- Automatização no controle do cumprimento da legislação

Mas o PE parece não ter sido efetivo no combate ao


oportunismo dos licitantes.

15
UERR - Especialização em Direito Público

- A manipulação dos lances, por parte de licitantes criados


para esse fim.

- A criação de empresas exclusivamente virtuais.

- A baixa qualidade do material entregue.

- A baixa qualidade na elaboração do edital.

- Distância zero para o pregão x distância para a entrega do


item vencido.
16