Você está na página 1de 14

QUÍMICA

Estuda toda e qualquer modificação


que ocorre na natureza da matéria.

A formação de uma nova substância


pode ser identificada por:
•Alteração na cor.
• Surgimento de chama ou luminosidade.
• Efervescência: liberação de gás.
• Produção ou absorção de energia.
• ÁTOMO: partícula
fundamental que
forma tudo o que
existe no Universo.

O átomo é constituido por:


Prótons: tem carga elétrica positiva e uma massa unitária.
Nêutrons: não tem carga elétrica mas tem massa unitária.
Elétrons: tem carga elétrica negativa e quase não possuem
massa
No núcleo ficam as partículas de
prótons
com carga elétrica positiva e de
nêutrons sem carga elétrica.
Na eletrosfera ficam as partículas
de elétrons com carga elétrica
negativa.
Elemento químico: conjunto de átomos que
apresentam o mesmo número atômico (Z), que
corresponde á quantidade de prótons que um átomo
apresenta em seu núcleo.

• Os átomos dos elementos químicos combinam-


se e formam moléculas, estas irão unir-se umas
as outras e formar substâncias.
Alotropia

Alotropia: É a capacidade de um
elemento químico formar duas ou
mais substâncias simples
diferentes.

Moléculas de grafite e diamante


respectivamente.
Ligações Químicas: São uniões estabelecidas entre átomos para
formarem as moléculas que constituem a estrutura básica de
uma substância ou composto.

Ligações Químicas: Tipos

Ligação Iônica: Através da doação e recepção de elétrons entre os átomos.


Ligação Covalente: Através do compartilhamento de elétrons causando uma atração
mútua entre eles; o que mantém a molécula resultante unida.

Molécula da água

Molécula de Metano
Ligação Metálica: Ocorre entre metais, isto é; átomos de alta eletropositividade. Nela os
elétrons das últimas camadas do metal, saltam e passam a movimentarem-se livremente
entre os átomos, criando uma força de atração. Nesse caso, não há perda de elétrons.
A Transformação da Matéria e as Ligas Metálicas

Ligas metálicas são materiais de propriedade semelhantes às dos metais e que contêm pelo
menos um metal em sua composição. Há ligas formadas somente de metais e outras
formadas de metais e semimetais (boro, silício, arsênio, antimônio) e de metais e não-
metais (carbono, fósforo).

Ligas metálicas mais comuns no cotidiano:


Aço — constituído por Fe e C.
Aço inoxidável — constituído por Fe, C, Cr e Ni.
Ouro de Joias — constituído por Au (75 %), Ag e/ou Cobre (25 %) para o ouro 18K. O ouro 24K
é ouro puro.
Amálgama dental (utilizada em obturação) — constituída por Hg, Ag e Sn.
Bronze — constituído por Cu e Sn.
Latão (utilizado em armas e torneiras) — constituído por Cu e Zn.
Cobre: Exploração e Obtenção

O cobre ocorre na crosta em uma concentração de 0,005%. É encontrado


apenas em certos locais chamados depósitos minerais, cujas condições
favorecem o seu acúmulo nas rochas em quantidade muito superior à sua
concentração média.
Portanto, é encontrado na natureza em vários minerais, contendo diferentes
elementos químicos combinados.

Calcopirita ou Calcopirite ( CuFeS2)


Do grego chalkós (bronze) e pyros (fogo), é o mineral de cobre mais
frequente na natureza, assim como uns dos principais minérios desse
metal.

Calcopirita ( CuFeS2)
PROCESSO TECNOLÓGICO PARA OBTENÇÃO DE COBRE

PROSPECÇÃO MINERAL: CONSTA DO PROCESSO DE SELEÇÃO DE ÁREA PARA PESQUISA


MINERAL, SEGUIDA DE ANÁLISE DE CUSTO, AVALIAÇÃO DO IMPACTO AMBIENTAL.

MINERAÇÃO: O CICLO DE EXTRAÇÃO COMPREENDE OS SEGUINTES PROCESSOS:


PERFURAÇÃO, DETONAÇÃO, CARREGAMENTO, TRANSPORTE.

BENEFICIAMENTO E CONCENTRAÇÃO: O PROCESSO É CONSTITUÍDO POR:


*BRITAGENS PARA REDUZIR O MINÉRIO DE COBRE A GRÃOS.
*MOINHOS DE BOLA PARA SE REDUZIR A PÓ.
* FLOTAÇÃO PARA SEPARAR A PARTE QUE CONTÉM SULFETO DE COBRE. ESSE PROCESSO
PERMITE A OBTENÇÃO DE UM CONCENTRADO COM 25 A 35% DE COBRE METÁLICO, É O
CHAMADO CONCENTRADO DE COBRE.

METALURGIA: PROCESSO DE FABRICAÇÃO DOS METAIS E SUAS PROPRIEDADES FÍSICAS,


QUÍMICAS E MECÂNICAS.
REPRESENTAÇÃO CIENTÍFICA DAS SUBSTÂNCIAS

Sob o ponto de vista do conhecimento é muito interessante saber a


importância da aplicação dos elementos químicos existentes na
natureza e onde estão presentes no nosso cotidiano.
Um elemento químico é qualquer substância que não pode ser
decomposta em outras substâncias mais simples através de processos
químicos.
Cada elemento químico recebe um nome e um símbolo. O símbolo é
retirado do nome do elemento em latim. Em princípio, é
representado por uma letra maiúscula. Existindo vários elementos
com a mesma letra inicial, utiliza-se mais uma letra, agora minúscula.

VEJA ALGUNS ELEMENTOS DA TABELA PERIÓDICA COM A LETRA C:


CARBONO (C), CÁDMIO ( Cd) , CÁLCIO (Ca), CLORO (Cl), CROMO (Cr), CÉSIO ( Cs), CÉRIO
(Ce), COBRE (Cu), COBALTO (Co)
FÓRMULAS DAS SUBSTÂNCIAS

A IDEIA DE QUE AS PARTÍCULAS QUE CONSTITUEM AS SUBSTÂNCIAS TÊM UM NÚMERO


DEFINIDO DE ÁTOMOS DOS ELEMENTOS QUÍMICOS QUE AS COMPÕEM, PERMITEM A
REPRESENTAÇÃO DESSAS POR MEIO DE FÓRMULAS. NESSAS FÓRMULAS, UTILIZAMOS OS
SÍMBOLOS DOS DIFERENTES ÁTOMOS QUE AS COMPÕEM, ACOMPANHADOS DE ÍNDICES
QUE INDICAM QUANTOS ÁTOMOS DESSE ELEMENTO ENTRAM NA FORMAÇÃO DA
PARTÍCULA DESSA SUBSTÂNCIA.

EXEMPLOS: H2SO4 (ÁCIDO SULFÚRICO); MgOH (HIDRÓXIDO DE MAGNÉSIO); NaCl


(CLORETO DE SÓDIO); P2O5 (PENTÓXIDO DE DIFÓSFORO)
SUBSTÂNCIAS SIMPLES E COMPOSTAS
Substância simples: é formada por um único elemento químico (um só tipo de átomo na
molécula). Podemos observar que a sua fórmula apresenta somente uma letra
maiúscula. Veja: H2, N2, O2, O3, P4, S8, He, etc.

Substância composta ou composto: é formada por átomos de mais de um elemento


químico (mais de um tipo de átomo na molécula). Podemos observar que a sua fórmula
apresenta mais de uma letra maiúscula. Veja: H2O, N2O, CO2, HNO3, P2O5, C2H5OH, etc.