Você está na página 1de 24

1.

TÓPICOS DE ABORDAGEM
 ACIDENTE DO TRABALHO

 RISCO X PERIGO

 ATO X CONDIÇÃO INSEGURA

 CONCEITO DE APR

 RISCOS AMBIENTAIS

 IDENTIFICANDO OS RISCOS E PERIGOS

 3 TÉCNICAS CONTRA QUALQUER ACIDENTE


2. OBJETIVO

 Garantir que todos tenham conhecimento sobre


as 3 Técnicas eficientes para evitar qualquer tipo
de acidente!
É o evento não planejado e não desejado,
em que não há perda.

É o evento não planejado e não desejado,


em que há perda.

Dano às pessoas, meio ambiente, instalações ou processo


de produção.
Pirâmide de Bird
3. APR – ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCO

 APR é uma técnica de avaliação prévia dos


riscos presentes na realização de uma
determinada atividade / trabalho.

 Consiste no detalhamento minucioso de cada


etapa do trabalho, e dos riscos envolvido nas
tarefas.
3.1- QUANDO DEVEMOS FAZER UMA APR

 Todos trabalhos operacionais;

 Manutenções Especiais ou Fora da Rotina;

 Instalação de Novos Equipamentos;

 Mudanças ou Alterações no Processo (paradas


ou solicitações emergenciais);

 Mudanças ou Alterações nas Condições


Ambientais.
4 - PERIGO X RISCO

 Perigo é toda fonte, situação ou ato com


potencial para provocar danos humanos, lesão
ou doença;
4 - PERIGO X RISCO
O Perigo pode ser:
Um produto químico;
Uma máquina rotativa;
Uma superfície quente;
Um chão escorregadio;
Uma área ruidosa;
Uma área com alta temperatura;
Área energizada, entre outros.
4 - PERIGO X RISCO

 Risco é a possibilidade de ocorrer um dano


devido a um perigo.
5 - ATO X CONDIÇÃO INSEGURA

 Ato Inseguro é a ação motivada por imperícia ou


imprudência do empregado que o que expõem a
um risco desnecessário.

 Condição Insegura são as falhas, irregularidades


ou defeitos no ambiente de trabalho.
6- RISCOS AMBIENTAIS
7- PARA ACABAR COM QUALQUER
FONTE DE PERÍGO
 Entender os campos de aplicação;

 Analisar cada risco para adequar o ambiente de


trabalho;

 Usar as ferramentas da empresa e corporativa;

 Conhecer o que esta sendo feito.


8- IDENTIFICANDO PERIGOS E RISCOS

 Pense na tarefa a ser executada

 Realize uma levantamento de todos os Riscos

 Avalie os Riscos

 Implemente Medidas de Controle

 Faça seu trabalho com Segurança


C
H
A

COMPETÊNCIA - Fazer
Pressa
Esquecendo passos do procedimento correto
Pulando passos do procedimento correto
Improvisação
Usando dispositivos e ferramentas inadequadas
Exceções
Pulando procedimentos “só desta vez”
“neste caso podemos deixar de lado”.
Presumir (proteção, conhecimentos)
“Ele já deve ter travado a cinta”
“Isso aqui eu também sei fazer (é fácil)”
“Isso já deve estar previsto...”
Princípio da Auto-Exclusão
“As coisas só acontecem com os outros”
“Os outros erram, eu não!”.
NUNCA IMPROVISE !!!
NUNCA IMPROVISE !!!

NUNCA IMPROVISE !!!


NUNCA IMPROVISE !!!

NUNCA IMPROVISE !!!


3 TÉCNICAS PARA EVITAR QUALQUER
ACIDENTE

TRÊS TÉCNICAS

o GARANTIR QUE VOCÊ É


COMPETENTE

o AVALIAR OS PERIGOS E RISCOS

o REPORTAR QUALQUER
CONDIÇÕES OU ATOS
INSEGUROS. (PIRÂMIDE)