Você está na página 1de 30

UFCD 0623 – EMPRESA E PRODUÇÃO

Disciplina de Organização Administrativa e Documental

Alexandra Martins
OBJETIVOS
• Identificar e classificar a empresa, enquadrando a produção
na atividade empresarial.
CONTEÚDOS
• Organização
• Conceito e tipos
• Empresa
• Conceito
• Objetivos e papel na
sociedade
• Elementos constitutivos
• Classificação das organizações
• Dimensão
• Propriedade
• Ramo de atividade
• Produção
• Meio envolvente
• Elementos de produção
• Produção e consumo
ORGANIZAÇÃO

Associação de pessoas que combinam esforços individuais e


em equipe com a finalidade de realizar propósitos coletivos.
Exemplos: empresas, associações, órgãos do governo, etc.
EMPRESA

Conjunto de meios técnicos, humanos e financeiros, organizados


com vista à concretização de um determinado fim.
OBJETIVOS E PAPEL NA
SOCIEDADE

O objetivo de uma empresa é


ter lucro ou aumentar o bem
estar social.
O papel das empresas na
sociedade é produzir bens e
serviços que satisfaçam as
necessidades dos consumidores.
ELEMENTOS CONSTITUTIVOS
DE UMA EMPRESA
PESSOAS - fatores ativos
• detentores do capital (sócios ou
acionistas, órgãos de direção e
administração, e os trabalhadores,
que formam a dinâmica da
empresa;
BENS ECONÓMICOS - fatores passivos
• meios técnicos e financeiros em que é exercida a atuação das
pessoas da empresa, considerados, quer numa perspetiva
física concreta, quer numa perspetiva patrimonial e financeira;
ELEMENTOS CONSTITUTIVOS
DE UMA EMPRESA: MISSÃO
A missão é, em essência, o propósito da organização, a razão de
ser, ou seja, é o porquê da empresa.
Na missão, deve-se reconhecer o que a empresa produz, a sua
previsão de conquistas futuras e como espera ser reconhecida
pelos clientes e demais stakeholders (parte
interessada ou interveniente).

Exemplo da missão da Fiat


Desenvolver, produzir e comercializar carros e serviços que as
pessoas prefiram comprar e tenham orgulho de possuir,
garantindo a criação de valor e a sustentabilidade do negócio.
ELEMENTOS CONSTITUTIVOS
DE UMA EMPRESA: VISÃO
A visão pode ser encarada como a
direção desejada, o caminho que se
pretende percorrer, uma proposta
do que a empresa deseja ser a
médio e longo prazo e, ainda, de
como ela espera ser vista por todos.

Exemplos da visão da Fiat


Estar entre os principais players do
mercado e ser referência de
excelência em produtos e serviços
automobilísticos.
ELEMENTOS CONSTITUTIVOS
DE UMA EMPRESA: VALORES
“Dou valor as coisas, não por aquilo que valem, mas por aquilo
que significam”. Gabriel Garcia Marques

Os valores pautam o modo de


conduta tanto do indivíduo
como da organização e
incidem nas convicções que
fundamentam as escolhas.
Assim sendo, os valores
organizacionais podem ser
definidos como princípios que
guiam a vida da organização.
ELEMENTOS CONSTITUTIVOS
DE UMA EMPRESA: VALORES
Exemplos de valores da Fiat
• Satisfação do cliente: ele é a razão da
existência de qualquer negócio.
• Valorização e respeito às pessoas: são as
pessoas o grande diferencial que torna
tudo possível.
• Atuar como parte integrante do Grupo Fiat:
juntos a nossa marca fica muito mais forte.
• Responsabilidade social: é a única forma
de crescer numa sociedade mais justa.
• Respeito pelo Meio Ambiente: é isso que
nos dá a perspetiva do amanhã.
ESTRUTURA ORGANIZACIONAL
As estruturas organizacionais mostram como a organização é
comandada – se funcionalmente (por funções), se linearmente
(por unidade de comando) ou se será a mistura dos dois, com o
conceito de linha-staff (por funções e por hierarquias).
FUNCIONAL
A estrutura do tipo funcional agrupa pessoas que
exercem funções em uma determinada área, na organização.
Exemplo: organograma de uma fábrica de móveis de madeira.
FUNCIONAL
Vantagens da estrutura funcional

• maior especialização dos funcionários (eles sabem mais sobre


suas respetivas áreas);
• aumenta o relacionamento entre empregados que estão
dentro de um mesmo setor;
• autoridade baseada no conhecimento (e não na pura e
simples hierarquia).
FUNCIONAL
Desvantagens da estrutura funcional

• demasiada especialização dificulta a interdisciplinaridade das


funções;
• diminui a visão global da empresa;
• dificulta a tomada de decisão;
• os líderes têm menos poder hierárquico, o que leva à perda
de autoridade (e dificulta a aceitação de mudanças pelos
empregados).
LINEAR
Esta é a estrutura organizacional mais antiga que existe. Ela
tem o nome “linear” porque é extremamente verticalizada:
começa com alguém da alta administração da organização e
vai descendo para níveis mais baixos com apenas um “setor”.
As estruturas lineares, muitas
vezes, tomam a forma piramidal
(de pirâmide!), pois começam
por um chefe, tendo, em
média, dois subordinados, e cada
um desses dois com mais dois
subordinados, em média, e assim
por diante.
LINEAR
As principais características deste tipo de estrutura são a
hierarquia e a unidade de comando.
O exemplo clássico de organização linear é o exército. O
exército é uma organização como qualquer outra, e o poder de
decisão sobre tudo depende do alto escalão
LINEAR
Vantagens da estrutura linear

• clara definição das responsabilidades;


• maior facilidade na tomada de decisões;
• estrutura facilmente compreendida pelos integrantes da
organização;
• fácil implantação.
LINEAR
Desvantagens da estrutura linear

• o líder costuma ter uma maior carga de trabalho (e há muita


centralização das decisões);
• equipas preparadas para seguir ordens, não para inovar;
• exagero na função de chefia;
• comunicações demoradas, com possíveis distorções (a ordem
parte de um chefe e, até chegar ao recetor, acontece o
fenómeno do ‘telefone sem fio’);
• pouquíssima especialização dos líderes em relação às funções
da organização (você não encontrará líderes especializados
em contabilidade, segurança, finanças, comunicação, como
na estrutura funcional).
LINHA-STAFF
As estruturas em linha com
uma função de staff possuem
uma hierarquização do poder
de decidir em linha que se
aplica a todos (como no caso
anterior) exceto ao staff (que
realizam tarefas que não são o
objeto social da organização).
Como o staff não faz parte da
organização, e tem autonomia
em relação a ela, ele é
representado a tracejado.
LINHA-STAFF
Vantagens da estrutura linha-staff

• faz uma mistura entre a estrutura funcional (porque mantém a


especialização) e a linear (porque mantém a autoridade). Isso
fará trazer as vantagens desses dois tipos de estrutura.
LINHA-STAFF
Desvantagens da estrutura linha-staff

• pode haver conflitos entre a área especializada (staff) e os


executores (linha);
• altos custos de se manter uma assessoria dentro da empresa;
• pouca especialização de quem realmente toma as decisões
(linha).
CLASSIFICAÇÃO DA EMPRESA
DIMENSÃO
MICRO EMPRESA:
• Menos de 10 trabalhadores efetivos;
• Volume de negócios anual <= a 2 milhões de euros;
PEQUENA EMPRESA:
• Menos de 50 trabalhadores efetivos;
• Volume de negócios anual <= 10 milhões de euros;
MÉDIA EMPRESA:
• Menos de 250 trabalhadores efetivos;
• Volume de negócios anual <= 50 milhões de
GRANDE EMPRESA:
• Quando não for nenhuma das anteriores;
CLASSIFICAÇÃO DA EMPRESA
PROPRIEDADE

A classificação mais usual é


quanto à propriedade do
capital:

• Empresas públicas: empresas cujo capital é detido pelo Estado


ou por instituições por ele diretamente controladas;
• Empresas privadas: empresas cujo capital é detido por pessoas
individuais ou por instituições privadas;
• Empresas de capitais mistos: empresas cujo capital é detido
simultaneamente pelo Estado e por entidades privadas.
CLASSIFICAÇÃO DA EMPRESA
RAMO DE ATIVIDADE
• Sector primário: inclui as atividades
diretamente relacionadas com a
exploração de recursos primários,
nomeadamente a agricultura, as pescas,
a pecuária e a extração de minérios;
• Sector secundário: refere-se às atividades
de transformação e inclui as atividades
industriais e de construção e obras
públicas;
• Sector terciário: inclui as atividades
relacionadas com a prestação de
serviços e com o comércio, distribuição e
transportes.
PRODUÇÃ0

A Produção (palavra etimologicamente derivada do


latim producere, que significa “fazer aparecer”) é um tipo de
fenómeno económico que consiste na atuação do Homem
sobre a Natureza com o objetivo de obter, através de um
determinado processo produtivo, bens (incluindo produtos e
serviços) necessários para a satisfação das suas necessidades.
MEIO ENVOLVENTE