Você está na página 1de 19

O PERFIL DO PROFESSOR DURANTE O SÉCULO PASSADO

A NOVA PROPOSTA PARA O XÉCULO XXI


VISÕES SOBRE O PROFESSOR
A TRANSFORMAÇÃO DO SISTEMA ESCOLAR GARANTIU O ACESO À
ESCOLA PARA TODOS, MAS TAMBÉM PROMOVEU A FALTA DE
QUALIDADE NO ENSINO E O PROFESSOR PASSOU A SOFRER
CRÍTICAS GENERALIZADAS, DOS QUE SEM ANALISAR AS
CIRCUNSTÂNCIAS QUE OS OBRIGAM FAZER MAL O SEU
TRABALHO, CONSIDERA-OS COMO OS RESPONSÁVEIS
IMEDIATOS PELAS FALHAS NO SISTEMA. (NÓVOA, 1995).
VISÕES SOBRE O PROFESSOR
HOJE, OS PROFESSORES PRECISAM REENCONTRAR
ESTÍMULOS NO INTERIOR DE SEU TRABALHO, PRECISAM
INVESTIR NO DESENVOLVIMENTO PROFISSIONAL,
INDIVIDUAL E COLETIVO, CRIANDO CONDIÇÕES QUE
PERMITAM BASEAR A SUA CARREIRA DOCENTE NO MÉRITO E
NA QUALIDADE DE TRABALHO PROMOVENDO ASSIM O
PRESTÍGIO E A VALORIZAÇÃO DA CARREIRA.
VISÕES SOBRE O PROFESSOR

"OS PROFESSORES PRECISAM REENCONTRAR NOVOS


VALORES, NOVOS IDEALISMOS ESCOLARES QUE PERMITAM
ATRIBUIR UM NOVO SENTIDO À AÇÃO DOCENTE". (NÓVOA,
1995, P. 29).
PROFESSOR DO SÉCULO XXI
SER PROFESSOR NO SÉCULO XXI É TER CONHECIMENTOS
TEÓRICOS ALÉM DAS DISCIPLINAS A QUE SE PROPÕE MINISTRAR
E UMA GAMA DIVERSIFICADA DE PRÁTICAS DE ENSINO. SER
PROFESSOR NO SÉCULO XXI É DESENVOLVER OS CONTEÚDOS DE
MODO CONTEXTUALIZADO, GLOBALIZADO E DIVERSIFICADO O
SUFICIENTE PARA ENVOLVER OS ALUNOS NUM PROJETO DE
ENSINO APRENDIZAGEM CAPAZ DE DESPERTAR INTERESSE E
MOTIVAÇÃO.
PROFESSOR DO SÉCULO XXI

SER PROFESSOR NO SÉCULO XXI É DESENVOLVER PRÁTICAS


DE ENSINO QUE ATENDAM À DIVERSIDADE DOS PROCESSOS
DE APRENDIZAGEM DOS ALUNOS CONTEMPLANDO ÀS
NECESSIDADES INDIVIDUAIS NUM TRABALHO COLETIVO DE
CONSTRUÇÃO DE CONHECIMENTO.
PROFESSOR DO SÉCULO XXI

A FUNÇÃO DE ENSINAR É CARACTERIZADA PELA "FIGURA DA


DUPLA TRANSITIVIDADE E PELO LUGAR DE MEDIAÇÃO”
PROFESSOR DO SÉCULO XXI
SABER PRODUZIR ESSA MEDIAÇÃO NÃO É UM DOM, EMBORA
ALGUNS O TENHAM; NÃO É UMA TÉCNICA, EMBORA
REQUEIRA UMA EXCELENTE OPERACIONALIZAÇÃO TÉCNICO-
ESTRATÉGICA; NÃO É UMA VOCAÇÃO, EMBORA ALGUNS A
POSSAM SENTIR. É SER UM PROFISSIONAL DE ENSINO,
LEGITIMADO POR UM CONHECIMENTO ESPECÍFICO EXIGENTE
E COMPLEXO.
PROFESSOR DO SÉCULO XXI
A AÇÃO DOCENTE ESTÁ VINCULADA AO PROCESSO FORMATIVO DO
PROFESSOR. TORNAR-SE PROFESSOR, SEGUNDO PACHECO (1995, P.
45), "É UM PROCESSO DINÂMICO E EVOLUTIVO QUE COMPREENDE UM
CONJUNTO VARIADO DE APRENDIZAGENS E DE EXPERIÊNCIAS AO LONGO
DAS DIFERENTES ETAPAS FORMATIVAS", EM UM PROCESSO DE
TRANSFORMAÇÃO E RECONSTRUÇÃO, DE APRENDIZAGEM CONTÍNUA DE
CARÁTER FORMAL OU NÃO FORMAL, QUE VAI ALÉM DA AQUISIÇÃO DE
CONHECIMENTOS E DESTREZAS, CONSTITUINDO UMA QUESTÃO DE
INDIVIDUALIDADE.
PROFESSOR DO SÉCULO XXI
CONFORME PACHECO (1995), PROCESSO DE APRENDER A
ENSINAR RESULTA DA ARTICULAÇÃO TEORIA E PRÁTICA,
DESTACANDO-SE QUATRO COMPONENTES PROCESSUAIS,
SENDO ELES: METACOGNIÇÃO, DESCONTINUIDADE,
INDIVIDUALIZAÇÃO E SOCIALIZAÇÃO.
PROFESSOR DO SÉCULO XXI
PERRENOUD (2000), APONTA QUE É NECESSÁRIO A BUSCA
POR PARTE DO DOCENTE DO DOMÍNIO DE COMPETÊNCIAS
TÉCNICAS PROFISSIONAIS CAPAZES DE POSSIBILITAR UMA
MUDANÇA DE CONCEPÇÃO QUE VENHA DE ENCONTRO AS
NECESSIDADES EDUCACIONAIS DESTE MILÊNIO.
PROFESSOR DO SÉCULO XXI
DENTRE ELAS ESTÃO AS COMPETÊNCIAS BÁSICAS QUE CABEM AO
EDUCADOR:
- ORGANIZAR E ANIMAR SITUAÇÕES DE APRENDIZAGEM;
- GERIR A PROGRESSÃO DAS APRENDIZAGENS: CONCEBER E
GERIR SITUAÇÕES-PROBLEMA AJUSTADAS AOS NÍVEIS E
POSSIBILIDADES DOS ALUNOS;
- CONCEBER E FAZER EVOLUIR DISPOSITIVOS DE DIFERENCIAÇÃO:
GERIR A HETEROGENEIDADE DENTRO DE UMA CLASSE;
PROFESSOR DO SÉCULO XXI
IMPLICAR OS ALUNOS EM SUA APRENDIZAGEM E EM SEU
TRABALHO: SUSCITAR O DESEJO DE APRENDER, EXPLICITAR
A RELAÇÃO COM OS CONHECIMENTOS, O SENTIDO DO
TRABALHO ESCOLAR E DESENVOLVER A CAPACIDADE DE
AUTOAVALIAÇÃO NA CRIANÇA;
- TRABALHAR EM EQUIPE: ELABORAR UM PROJETO DE
EQUIPE, REPRESENTAÇÕES COMUNS;
PROFESSOR DO SÉCULO XXI
- PARTICIPAR DA GESTÃO DA ESCOLA: ELABORAR, NEGOCIAR
UM PROJETO DA ESCOLA;
- INFORMAR E IMPLICAR OS PAIS: ANIMAR REUNIÕES DE
INFORMAÇÃO E DE DEBATE;
- UTILIZAR TECNOLOGIAS NOVAS: UTILIZAR SOFTWARES DE
EDIÇÃO DE DOCUMENTOS;
PROFESSOR DO SÉCULO XXI
A REFLEXÃO POSSIBILITA TRANSFORMAR O MAL-ESTAR, A
REVOLTA, O DESÂNIMO, EM PROBLEMAS, OS QUAIS PODEM SER
DIAGNOSTICADOS E ATÉ RESOLVIDOS COM MAIS CONSCIÊNCIA,
COM MAIS MÉTODO. OU SEJA, UMA PRÁTICA REFLEXIVA NAS
REUNIÕES PEDAGÓGICAS, NAS ENTREVISTAS COM A
COORDENAÇÃO PEDAGÓGICA, NOS CURSOS DE
APERFEIÇOAMENTO, NOS CONSELHOS DE CLASSE, ETC. - LEVA A
UMA RELAÇÃO ATIVA E NÃO QUEIXOSA COM OS PROBLEMAS E
DIFICULDADES.
PROFESSOR DO SÉCULO XXI
NESSA PREMISSA DE PERRENOUD, É IMPORTANTE FRISAR
QUE A FORMAÇÃO CONTINUADA, É UM CAMINHO QUE NÃO SE
ESGOTA SOMENTE NUM CURSO DE ATUALIZAÇÃO, MAS DEVE
SER ENCARADA COMO UM PROCESSO CONTÍNUO A SER
CONSTRUÍDO NO COTIDIANO ESCOLAR SOB GESTÃO DO
PROFESSOR E DOS SISTEMAS DE ENSINO NOS QUAIS
ENCONTRAM-SE LIGADOS.
PROFESSOR DO SÉCULO XXI
O PROFESSOR, INSERIDO NESSA NOVA PERSPECTIVA
ESCOLAR, TORNA-SE UM PESQUISADOR, UM INVESTIGADOR
DA REALIDADE LOCAL, ARTICULANDO-A COM OS
CONHECIMENTOS DISPONÍVEIS E OFERECENDO ESPAÇOS DE
REFLEXÃO À COMUNIDADE; O CONHECIMENTO APRESENTADO
SUPERA A DEPARTAMENTALIZAÇÃO DA REALIDADE IMPOSTA
PELA ESTRUTURA DISCIPLINAR ESTANQUE.
PROFESSOR DO SÉCULO XXI
É FUNDAMENTAL A COMPREENSÃO DA IMPORTÂNCIA DO USO DAS
TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO A SERVIÇO DA EDUCAÇÃO E
COMO APORTE PARA MUDANÇAS NAS PRÁTICAS DE ENSINO,
LEVANDO O PROFESSOR AO CONHECIMENTO DE SUAS
POSSIBILIDADES, LIMITAÇÕES E NA COMPREENSÃO DA LÓGICA
QUE PERMEIA A MOVIMENTAÇÃO ENTRE OS SABERES NO ATUAL
ESTÁGIO DA SOCIEDADE TECNOLÓGICA.