Você está na página 1de 33

J2. A 2.

ª Guerra Mundial –
Violência e Reconstrução
Páginas da
História 9
A origem da 2.ª Guerra Mundial
A política expansionista do Japão na década de 30

• conquista de um império que ia


da Manchúria e norte da China até
à Birmânia, Malásia, Indonésia e
Filipinas.

O expansionismo japonês nas décadas de 30 e 40.


Páginas da
História 9
A origem da 2.ª Guerra Mundial
A política expansionista da Itália na década de 30

• anexação da Etiópia,

• ocupação da Albânia.

Invasão italiana da Albânia, em 1939.


Páginas da
História 9
A origem da 2.ª Guerra Mundial
A política expansionista da Alemanha (1936-1939)

• ocupação da Renânia,

• anexação da Áustria,

• anexação dos Sudetas.

Com o objetivo de criar a


“Grande Alemanha”
(doutrina nazi do “espaço
vital”).

O expansionismo alemão entre 1936 e 1939.


Páginas da
História 9
A origem da 2.ª Guerra Mundial
O Pacto Germano-Soviético (1939)

• tratado de não-agressão entre a


Alemanha e a URSS;

• objetivo: invasão da Polónia (que seria


dividida entre as duas nações), dos
Países Bálticos e da Finlândia.

Assinatura do Pacto Germano-Soviético, nas vésperas


da 2.ª Guerra Mundial (23 de agosto de 1939).
Páginas da
História 9
A origem da 2.ª Guerra Mundial
O início da guerra: invasão da Polónia pela Alemanha, em 1 de setembro
de 1939.

Tropas alemãs na fronteira da Bombardeamento da cidade de Varsóvia (capital da


Polónia. Polónia).
Páginas da
História 9
A origem da 2.ª Guerra Mundial

Do expansionismo dos anos 30 ao início da 2.ª Guerra


Mundial.
Páginas da
História 9
A evolução da 2.ª Guerra Mundial
A “Guerra-Relâmpago” alemã

“Guerra-Relâmpago”: rápidos ataques lançados por carros blindados e aviões bombardeiros, seguidos por
ofensivas da infantaria.
Páginas da
História 9
A evolução da 2.ª Guerra Mundial
O avanço da Alemanha: entre 1939 e 1942, dominou quase toda a
Europa.

Hitler em
Paris, após
a ocupação
da França,
A guerra na Europa, entre 1939 e 1941. em 1940.
Páginas da
História 9
A evolução da 2.ª Guerra Mundial
O avanço da Alemanha

• em 1941, a Alemanha lançou


uma grande ofensiva militar
contra a URSS.

Invasão da
URSS: uma
das maiores
ofensivas
militares da
História.
Páginas da
História 9
A evolução da 2.ª Guerra Mundial
O avanço do Japão e a mundialização do conflito

• em 1941, o Japão atacou


a esquadra americana
estacionada em Pearl
Harbor (Havai), no Pacífico;

• os EUA entraram na
guerra que, desta forma, se
tornou mundial.

Ataque japonês à base naval americana de Pearl Harbor, no Havai


(dezembro de 1941).
Páginas da
História 9
A evolução da 2.ª Guerra Mundial
A Europa sob o domínio nazi e a exploração do Oriente pelo Japão

• os alemães e os japoneses
exploraram as riquezas
económicas e a mão de obra dos
países ocupados e sujeitavam as
populações a pesados impostos.

Matérias-primas e produtos alvo da pilhagem nazi na Europa,


em 1942.
Páginas da
História 9
A evolução da 2.ª Guerra Mundial
O racismo nazi – repressão e extermínio: os alemães perseguiram e
massacraram os judeus, os eslavos e os ciganos.

Campos de concentração e de extermínio nazis.


Páginas da
História 9
A evolução da 2.ª Guerra Mundial
O racismo nazi: em 1942, Hitler decretou a “solução final”, isto é, o
extermínio total dos judeus da Europa – genocídio.

Crianças em Auschwitz-Birkenau (Polónia).


Judeus no campo de concentração e de extermínio de
Auschwitz-Birkenau, em 1944.
Páginas da
História 9
A evolução da 2.ª Guerra Mundial
O racismo japonês – repressão e extermínio: os japoneses
massacraram os chineses e outros povos orientais.

Unidade secreta japonesa para a realização


de experiências com seres humanos.
Páginas da
História 9
A evolução da 2.ª Guerra Mundial
A Resistência e o colaboracionismo nos territórios ocupados

• Resistência: movimentos de
combate (luta de guerrilha,
ações clandestinas) contra as
forças ocupantes do Eixo, em
particular as tropas alemãs;

• Colaboracionistas: pessoas
que colaboraram com as
forças ocupantes.

Membros da Resistência Francesa.


Páginas da
História 9
O desfecho da 2.ª Guerra Mundial
As frentes de guerra entre 1942 e 1945

Os Aliados – em
particular a intervenção
da URSS e dos EUA –
lançaram poderosas
ofensivas militares no
Atlântico, Mediterrâneo,
Pacífico e, claro, na
Europa para recuperar
as regiões ocupadas
pelas tropas do Eixo.

A 2.ª Guerra Mundial: as grandes ofensivas na Europa e no Norte de África.


Páginas da
História 9
O desfecho da 2.ª Guerra Mundial
As frentes de guerra entre 1942 e 1945: o Pacífico

Os EUA obtiveram
importantes vitórias sobre os
japoneses em violentas
batalhas aeronavais, como a
de Midway.

Batalha de Midway, em 1942.


Páginas da
História 9
O desfecho da 2.ª Guerra Mundial
As frentes de guerra entre 1942 e 1945: o Atlântico

Os Aliados afundaram
inúmeros submarinos
alemães, abrindo caminho
para o desembarque na
Europa.

A guerra no Atlântico.
Páginas da
História 9
O desfecho da 2.ª Guerra Mundial
As frentes de guerra entre 1942 e 1945: o Mediterrâneo

A vitória dos Aliados no Norte de África conduziu à invasão da Itália.

Batalha de El Alamein (Egito), em 1942. Desembarque dos Aliados em Itália, em 1943.


Páginas da
História 9
O desfecho da 2.ª Guerra Mundial
As frentes de guerra entre 1942 e 1945: na União Soviética

A derrota dos alemães em


Estalinegrado (fevereiro de
1943) conduziu à
contraofensiva soviética.

Batalha de Estalinegrado, 1942-1943.


Páginas da
História 9
O desfecho da 2.ª Guerra Mundial
O Dia D: forças inglesas, americanas e francesas desembarcaram na
Normandia.

Dia D: desembarque dos Aliados na Normandia, no noroeste de França, em 6 de junho de 1944.


Páginas da
História 9
O desfecho da 2.ª Guerra Mundial
As frentes de guerra entre 1942 e 1945

• as forças soviéticas por leste e as


anglo-americanas por ocidente
avançaram para Berlim (1944-1945).

A libertação da Europa.
Páginas da
História 9
O desfecho da 2.ª Guerra Mundial
A rendição da Alemanha

Tomada de Berlim pelos soviéticos, em 2 de maio de Assinatura da capitulação pela Alemanha, em 8 de


1945. maio de 1945.
Páginas da
História 9
O desfecho da 2.ª Guerra Mundial
O fim da guerra na Europa (1945)

Notícia da morte de Hitler (30 de Winston Churchill, primeiro-ministro britânico, acena o


abril de 1945). sinal de vitória à multidão (8 de maio de 1945).
Páginas da
História 9
O desfecho da 2.ª Guerra Mundial
O fim da guerra no Extremo-Oriente (1945)

Hiroxima após o lançamento da bomba atómica, em 6 Nagasáki após o lançamento da bomba atómica, em 9
de agosto de 1945. de agosto de 1945.
Páginas da
História 9
O desfecho da 2.ª Guerra Mundial
O fim da guerra no Extremo-Oriente: o Japão rendeu-se, após o
lançamento das bombas atómicas sobre Hiroxima e Nagasáqui.

Assinatura da rendição pelo Japão, em 2 de setembro O fim da 2.ª Guerra Mundial.


de 1945.
Páginas da
História 9
O decorrer e o desfecho da 2.ª Guerra Mundial
A 2.ª Guerra Mundial (1939-1945)
Páginas da
História 9
As consequências da 2.ª Guerra Mundial
As consequências demográficas

• mais de 50 milhões de mortos,


maioritariamente civis;

• a URSS, a China, a Alemanha e a


Polónia foram os países com
maiores perdas;

• privações de toda a espécie,


como deslocações forçadas das
populações e epidemias.

Perdas humanas dos principais países em guerra.


Páginas da
História 9
As consequências da 2.ª Guerra Mundial
As consequências materiais

• cidades arrasadas;

• vias de comunicação e frotas


marítimas destruídas;

• fábricas e campos arruinados.

Ruínas da cidade de Varsóvia, em 1945.


Páginas da
História 9
As consequências da 2.ª Guerra Mundial
Os métodos utilizados no conflito: pilhagens; massacres; torturas;
campos de concentração; lançamento de bombas atómicas.

Vítimas de um campo de concentração alemão, em abril de 1945. Efeitos da bomba atómica.


Páginas da
História 9
As consequências da 2.ª Guerra Mundial
Principais conferências da 2.ª Guerra Mundial

Conferência de Ialta (Crimeia), em fevereiro de Conferência de Potsdam (Berlim), em julho e agosto de


1945. 1945.
Páginas da
História 9
As consequências da 2.ª Guerra Mundial
Alterações no mapa político mundial

• estabelecimento de novas
fronteiras;

• nascimento de novos países;

• ocupação, temporária, da
Alemanha e do Japão pelos
Aliados a fim de se eliminar os
vestígios dos regimes ditatoriais
e democratizar as populações.

A nova carta política da Europa.