Você está na página 1de 69

Sistemas básicos

de referência
Eixos:
Longitudinal

Ântero-posterior

Látero-lateral
Planos de secção

Horizontais ou
Transversos

Mediano e
Sagitais
Frontais ou
Coronais
Termos comumente utilizados
em neuroanatomia:

- Anterior e posterior.
- Superior e Inferior.
- Ventral e Dorsal.
- Rostral e Caudal
- Mediano, Medial e Lateral.
- Ipsilateral, Contralateral e
Bilateral.
Sistema Nervoso
INTRODUÇÃO
Os seres vivos devem continuamente
se ajustar ao ambiente para sobreviver
e para isso três propriedades dos seres
vivos são importantes:

•Irritabilidade
•Condutibilidade
•Contratilidade
•Irritabilidade: Permite que a célula detecte as
modificações do ambiente.

•Condutibilidade: Após reagir a um estímulo,


dá origem a um impulso e conduz através da
célula.

•Contratilidade: Após ocorrer a condução do


estímulo, a célula terá uma resposta que pode
ser “encurtamento” (contratilidade).
Ao longo da evolução, surgiram células
especializadas para receber estímulos do
ambiente e transmiti-los para células
musculares que são os:
NEURÔNIOS
À medida que os seres foram evoluindo fibras
nervosas foram se ramificando dando origem
a um sistema nervoso mais avançado nos
quais os elementos nervosos tendem a se
agrupar em um Sistema Nervoso Central
(centralização do sistema nervoso).
Reflexo intra-segmentar
Reflexos inter – segmentares:
O impulso aferente chega à medula em
um segmento e a resposta eferente se
origina em segmentos, às vezes muito
distantes situados acima ou abaixo.
Nestes arcos reflexos existem neurônios
de associação.
Centro
integrador

receptor efetor

Ambiente
variações de energia
ORIGEM DO SISTEMA
NERVOSO
•Durante a evolução os primeiros
neurônios surgiram na superfície externa
dos organismos, tendo em vista a função
principal do sistema nervoso se
comunicar com o meio ambiente
•O sistema nervoso é formado a partir do
ectoderma (folheto embrionário que está
em contato com o meio).
Classificação do
sistema nervoso
Anatômicos

Embriológicos

Critérios

Funcionais

Metameria
(segmentação)
Critérios anatômicos

Central

Sistema
nervoso

Periférico
Critérios anatômicos

Nervos

Periférico Gânglios

Terminações
nervosas
Nervos
Gânglios
Terminações
nervosas
Critérios anatômicos

Encéfalo

Central

Medula
CERVICAL

TORÁCICA

LOMBAR

SACRAL
Critérios anatômicos

Cérebro

Encéfalo Cerebelo

Tronco
encefálico
Critérios embriológicos
Telencéfalo
Prosencéfalo
Diencéfalo

Mesencéfalo
Encéfalo

Metencéfalo

Rombencéfalo

Medula Mielencéfalo
Xenopus laevis

TERCEIRA
SEMANA

anterior

FGF – fibroblast growth fator


RA – retinoic acid
Lâmina do tecto

Lâmina alar

Lâmina basal

Sulco limitante

Lâmina do assoalho
A diferenciação, tanto no eixo rostrocaudal
como no eixo dorsoventral, ocorre
novamente sob a influência :

da expressão da secreção localizada


diferencial de genes de substâncias solúveis

às quais as células neurais são expostas


A diferenciação no eixo rostrocaudal depende
da expressão diferencial e combinada de genes
de diferentes famílias

Define bordas e padrões específicos de cada


estrutura do sistema nervoso central
A diferenciação no eixo dorsoventral também
é determinada pela expressão diferencial e
combinada de genes de diferentes famílias

Lâmina do teto

Lâmina do assoalho
Flexuras

Ritmos diferentes de
crescimento

1a – cefálica – entre mesencéfalo e prosencéfalo

2a – cervical– entre encéfalo e medula

3a – pontina– entre metencéfalo e o mielencéfalo


Em nível celular, o desenvolvimento do SN
pode ser dividido em 5 grandes etapas
(Estas etapas se sobrepõem)

• Gênese das células nervosas


• Migração
• Diferenciação morfofuncional (emissão de
prolongamentos, expressão de neurotransmissores,
receptores e outras moléculas funcionalmente
relevantes)
• Busca dos alvos para o estabelecimento de
conexões
• Fenômenos regressivos
De modo geral a neurogênese
antecede a gliogênese

Os neurônios jovens migram utilizando


o caminho oferecido pela glia radial.
Na sequência começa o
processo de diferenciação.
Critérios embriológicos
Telencéfalo
Prosencéfalo Cérebro
Diencéfalo

Mesencéfalo Mesencéfalo

Cerebelo
Metencéfalo
Ponte
Rombencéfalo

Mielencéfalo Bulbo
Critérios funcionais

aferente
Somático
(vida de relação)
eferente

Sistema
nervoso

aferente
Neurovegetativo
(vida vegetativa)
eferente
centro
integrador

via aferente via eferente

receptor efetor

estímulo ação

ambiente
Metameria (segmentação)

Cérebro
Supra-
segmentar
Cerebelo

Sistema
nervoso

Tronco Encef.
Segmentar
Medula
Em síntese
Anatômicos

Embriológicos

Critérios

Funcionais

Metameria
(segmentação)
BONE MORPHOGENIC PROTEINS
Trends Neurosci. 1997 Jul;20(7):309-17.
Bone morphogenetic proteins in the nervous system.
Mehler MF1, Mabie PC, Zhang D, Kessler JA.
Abstract
Bone morphogenetic proteins (BMPs) are a rapidly expanding subclass of the transforming growth factor superfamily.
BMP ligands and receptor subunits are present throughout neural development within discrete regions of the
embryonic brain and within neural crest-derived pre- and post-migratory zones. BMPs initially inhibit the formation
of neuroectoderm during gastrulation while, within the neural tube, they act as gradient morphogens to promote
the differentiation of dorsal cell types and intermediate cell types throughout co-operative signaling. In the
peripheral nervous system, BMPs act as instructive signals for neuronal lineage commitment and promote graded stages
of neuronal differentiation. By contrast, within the CNS, these same factors promote astroglial lineage elaboration
from embryonic subventricular zone progenitor cells, with concurrent suppression of the neuronal or
oligodendroglial lineages, or both. In addition, BMPs act on more lineage-restricted embryonic CNS progenitor cells to
promote regional neuronal survival and cellular differentiation. Furthermore, these versatile cytokines induce selective
apoptosis of discrete rhombencephalic neural crest-associated cellular populations. These observations suggest
that the BMPs exhibit a broad range of cellular and context-specific effects during multiple stages of neural development.

PMID: 9223224
[Indexed for MEDLINE]