Você está na página 1de 30

NITRETAÇÃO E CEMENTAÇÃO

PROCESSOS DE TRATAMENTO TERMOQUÍMICO


FATEC SÃO PAULO – PROJETOS MECÂNICOS
MAIO/2017

ALUNOS:

LUCAS HIROAKI FUJIMURA


LUCAS PEREIRA DA SILVA
SAMUEL HELFENSTENS
NITRETAÇÃO - DEFINIÇÃO

• Nitretação, pode ser compreendida como um processo de tratamento


termoquímico que proporciona um aumento ou enriquecimento de
nitrogênio na camada externa de um material. São processos importantes
na manutenção das características do material.
OBJETIVOS DA NITRETAÇÃO

• Aumentar a vida útil de peças e componentes.


• Promover camada superficial endurecida.
• Diminuir desgaste de peças.
• Melhorar o coeficiente de atrito.
TIPOS DE NITRETAÇÃO

GASOSA
POR PLASMA
LIQUIDA
NITRETAÇÃO GASOSA

CARACTERISTICAS:
• Altas temperaturas de aproximadamente
1000°C e 1200°C
• Atmosfera gasosa rica em N2
• Aumentar a resistência ao desgaste e a
resistência à corrosão.
NITRETAÇÃO GASOSA
Efeito de elementos de liga em relação à formação
de Nitretos
Nitretos que se formam Efeito sobre o
Elemento (com amônia) endurecimento
superficial
Manganês Mn3N5 Quase nulo
Níquel - Sozinho, nulo
Cromo Cr2N, CrN Forte
Alumínio Al3N3 Muito forte

Medíocre; junto com o


Molibdênio - cromo, mais forte
(aumenta a penetração)

Tungstênio Nenhum Nulo

Titânio TiN Bastante forte, máximo


com o Cr
NITRETAÇÃO POR PLASMA
• Nitretação por Plasma
• Método Termoquímico para nitretação
de superfícies metálicas que utiliza o
plasma como fonte energética.
NITRETAÇÃO POR PLASMA
Vantagens do processo:
• Baixa temperatura de operação (300°C –
600°C).
• Menor tempo de tratamento
• Completo controle sobre a camada de
compostos
• Processo bem versátil
• Facilidades de uso de máscaras para
proteção de regiões que não se deseja
nitretar.
NITRETAÇÃO LÍQUIDA
• A nitretação líquida utiliza banho de
cianeto de sódio ou potássio.
• Temperatura utilizada entre 550 e 570 ºC.
• Tempo de duração do tratamento
entre 1 e 4 horas.
NITRETAÇÃO LÍQUIDA
Desvantagens do processo
• Assim como o processo de cementação em banho de sal, os banhos de
nitretação apresentam cianetos de sódio e potássio, exigindo cuidados
especiais de manuseio, operação e descarte destes sais.
APLICAÇÕES DA NITRETAÇÃO

• Engrenagens
• Ferramentas de corte e usinagem
• Peças automotivas
• Moldes de injetora
AÇOS PARA CEMENTAÇÃO
O QUE É CEMENTAÇÃO?
Processo termoquímico com finalidade de modificar a superfície do
material, lhe proporcionando maior dureza e resistência a desgaste, sem
modificar seu núcleo.
TIPOS DE CEMENTAÇÃO
• Gasosa
• Sólida
• Líquida
CEMENTAÇÃO GASOSA

• Maior uniformidade
• Maior eficiência
• Economia
CEMENTAÇÃO SÓLIDA

• Sólidos ricos em carbono


• Alto tempo de exposição
CEMENTAÇÃO LÍQUIDA

• Sais fundidos
• Principalmente carbonatos
• Pré-aquecimento
AÇO A SER CEMENTADO
MEIO DE ESFRIAMENTO

• Empenamento
• Água / solução aquosa
• Forma e secções
TIPOS E GRAU DE TENSÃO

• Espessura
• Estrutura metalográfica
PROFUNDIDADE DA CEMENTAÇÃO
• Núcleo
Mais tenaz possível para resistir a deformações

• Zona de transição
gradual e constante

• Superfície
Principal área de atuação, eleva o C e altera a
composição do aço de forma localizada
AÇOS PARA CEMENTAÇÃO
• Aço carbono

• Aço liga de baixo teor em liga

• Aço liga de alto teor em liga


AÇO CARBONO

• 0,08% a 0,25% de C
• Comum 1020
• Pinos, engrenagens, eixos, etc...
AÇO LIGA DE BAIXO TEOR EM LIGA
• 1% a 2% de elementos de liga
• Níquel, cromo, molibdênio e manganês
• Tempera em óleo
• Aplicações automobilísticas
AÇO LIGA DE ALTO TEOR EM LIGA
• Elementos de liga > 2%
• C > 0,25%
• Aplicações automotivas
TRATAMENTOS TÉRMICOS
OBJETIVO DA CEMENTAÇÃO
• Conciliar núcleo e superfície
CONCLUSÃO DO TRABALHO

•A partir deste trabalho, nós podemos perceber a importância dos


tratamentos térmicos, pois através deles podemos dar diversas
características ao material e usá-lo para diversos fins. Por exemplo, para
aumentar o teor de carbono do aço e deixa-lo mais duro, usa-se a
cementação, ou então usamos a nitretação, aplicando nitrogênio na peça e
deixando-a com uma fina camada superficial muito dura. Esses dois
processos são de grande importância, pois permite a manutenção da dureza
das ligas metálicas e garante a eficiência das peças de acordo com o que se
espera delas.