Você está na página 1de 20

EMPIRISMO E

INATISMO
NOMES

Vinícius H. R. Rampazzo RA: 8054470


Raphael Scatolin RA: 2015917
Luis Fernando Alves Custodio RA: 8060640
EMPIRISMO
Nome genérico de todas as doutrinas filosóficas que
negam a existência de axiomas enquanto princípios de
conhecimento logicamente distintos da experiência.
É a forma de conhecer que valoriza nossas percepções
sensoriais.
Do ponto de vista psicológico, opõe-se ao racionalismo
inatista, que admite a existência no indivíduo de
princípios de conhecimento evidentes. Por exemplo,
Locke versus Descartes.
EMPIRISMO
Do ponto de vista gnosiológico, o
empirismo é a doutrina que, reconhecendo
ou não a existência de princípios inatos no
indivíduo, não admite que o espírito tenha
leis próprias que difiram das coisas
conhecidas e, por conseguinte, baseia o
conhecimento do verdadeiro apenas sobre a
experiência, fora da qual admite apenas
definições e hipóteses arbitrárias.
FILOSOFIA, 2º ano
Tópico: O Conhecimento: Apreensão e Expressão da Realidade
A B C

Para o empirista, todo o conhecimento está baseado


na experiência sensorial. Depende, portanto, em
última instância, de, pelo menos, um dos nossos
cinco sentidos.
FILOSOFIA, 2º Ano do Ensino Médio
O Conhecimento: Apreensão e Expressão
CARACTERÍSTICAS DO EMPIRISMO
da Realidade

• A verdade está na percepção dos sentidos;


• Não existem ideias inatas, isto é, toda ideia foi adquirida
pela percepção sensorial.
“ Suponhamos, portanto, que a mente seja uma folha em
branco, desprovida de caracteres, sem qualquer ideia. De que
modo receberá as ideias? (...) Respondo: da experiência. É
este o fundamento de todos os nossos conhecimentos; daí
extraem a sua origem primeira.”
(Ensaio sobre o entendimento humano, Livro II, Cap. 1, sec. 19)
John Locke
A QUESTÃO DO INATISMO

Percebemos que o princípio do racionalismo é a


teoria do inatismo, ou seja, a crença de que, ao
nascermos, já trazemos conosco algumas ideias. Por
outro lado, o empirismo fundamenta-se na crença de
que nossa mente nasce vazia e somente no contato
com o mundo, por meio dos nossos sentidos, é que
iremos construir as ideias.
FILOSOFIA, 2º Ano do Ensino Médio
O Conhecimento: Apreensão e Expressão
da Realidade

Você acredita na existência de algum


conhecimento inato?

?
FILOSOFIA, 2º ano
Tópico: O Conhecimento: Apreensão e Expressão da Realidade
Platão acredita que sim!
Esse importante filósofo grego
nasceu em Atenas, provavelmente
em 427 a.C. e morreu em 347 a.C. É
considerado um dos principais
pensadores gregos, pois influenciou
profundamente a filosofia ocidental.
Ele defendia a existência de ideias
inatas na matemática, como veremos
no vídeo de uma de suas obras, a
Imagem: Unknown Author / Public Domain
seguir:
Além de acreditar nas ideias inatas, Platão também
afirmava que não podíamos confiar nos sentidos, já que
eles estão sujeitos a erros e a falsas opiniões. Para
exemplificar sua tese, Platão cria o famoso “Mito da
caverna". Vejamos o vídeo “Alegoria da caverna”:

http://www.youtube.com/watch?v=Rft3s0bGi78&feature=related
FILOSOFIA, 2º Ano do Ensino Médio
O Conhecimento: Apreensão e Expressão
da Realidade

PENSO EXISTO

Vamos filosofar...

Se a consciência antecede o corpo, seria


essa a origem das ideias inatas defendidas
pelos racionalistas?
FILOSOFIA, 2º Ano do Ensino Médio
O Conhecimento: Apreensão e Expressão
Para não concluir...
da Realidade

Certa vez, um cosmonauta e um neurologista russos


discutiam sobre religião. O neurologista era cristão,
e o cosmonauta não. “Já estive várias vezes no
espaço”, gabou-se o cosmonauta, “e nunca vi nem
Deus, nem anjos”. “E eu já operei muitos cérebros
inteligentes”, respondeu o neurologista, “e também
nunca vi um pensamento”.
O mundo de Sofia, Jostein Gaardner, Cia. das Letras,
1995
E você? Só acredita no que vê?
INATISMO
Inatismo é uma ideologia filosófica que acredita ser
o conhecimento de um indivíduo uma característica
inata, ou seja, que nasce com ele.
Nessa teoria, a ideia do conhecimento desenvolvido
a partir das aprendizagens e experiências
individuais de cada pessoa é desacreditado.
INATISMO
Ou seja, todas as capacidades básicas de
conhecimento do ser humano já estariam presentes
desde seu nascimento. Essas qualidades seriam
transmitidas através da hereditariedade (passadas de
pais para filhos por herança genética.)
O pensamento inatista descarta a possibilidade de
aperfeiçoamento do ser humano, sendo que este não
teria capacidades de evoluir ou possibilidades de
mudanças após o seu nascimento.
INATISMO
Diante disso, o indivíduo é considerado um ser
estático, desprovido de qualquer capacidade de
evoluir ao longo de sua vida, de seus hábitos,
crenças, conduta social, valores e personalidade
estão na sua origem, e não podem ser mudadas.
INATISMO
Segundo o inatismo, a educação deveria servir apenas para
despertar a “essência” existente dentro de cada indivíduo.
Os professores são aconselhados a não interferirem no
processo de aprendizado dos seus alunos.
A partir daí, o sucesso ou fracasso depende exclusivamente
do aluno, pois se este não consegue absorver ou aprender
determinado assunto ou ciência, a justificativa estava na
falta da sua capacidade genética de aptidão ou
desempenho para aquela matéria.
INATISMO PLATÔNICO
Platão foi um dos primeiros filósofos a defender a teoria do
inatismo. De acordo com o inatismo platônico, “a alma precede
o corpo”, ou seja, todo o conhecimento já estava armazenado
desde sua concepção.
Ele aborda a teoria da reminiscência, na qual já nascemos
convictos da razão e de ideias verdadeiras.
A filosofia ajuda a que nos recordemos delas. De acordo com
Platão, conhecer é recordar a verdade que já existe em nós
mesmos.
INATISMO CARTESIANO
O pensador René Descartes aborda a teoria do inatismo,
desenvolvendo o conceito do inatismo cartesiano.
Para Descartes, há três ideias dentro de nosso espírito.
As ideias adventícias, ou vindas de fora, derivadas de nossas
sensações e percepções.
As ideias fictícias, logo, criadas por nossa mente.
E as ideias inatas, aquelas que já nascem com a gente e foram
colocadas em nosso espírito por Deus, por isso elas serão
sempre verdadeiras.
BIBLIOGRAFIA
https://www.significados.com.br/inatismo/
https://www.meusdicionarios.com.br/inatismo
https://www.portaleducacao.com.br/conteudo/artigos/esporte/teoria-
inatista/45718