Você está na página 1de 18

Determinantes

Sociais da
Saúde

Denyse Brito Nunes


Algumas evidências...

“O risco de mortalidade materna é de 1 em 8 no


Afeganistão, mas é de apenas 1 em cada 17.400 na Suécia”.

 Em países de todos os níveis de rendimento, a saúde e a


doença seguem uma gradação social: quanto mais baixa
a posição socioeconómica, pior o estado de saúde.

 As doenças cardiovasculares (DCVs) são a principal causa de


morte em todo o mundo. Mais de 80% das mortes por DCV
ocorrem em países de rendimento baixo e médio.
Histórico
• Teoria Miasmática

• Primeira escola de saúde pública  “paradigma


bacteriológico”

• Movimento da Reforma Sanitária - 8ª Conferência Nacional


de Saúde

Saúde: um estado de completo bem-estar físico,


mental e social, e não meramente a ausência de doença
ou enfermidade.
Determinantes Sociais da
Saúde
 Artigo 3º da lei 8080/90 (Lei orgânica da Saúde):

"A saúde têm como fatores determinantes e


condicionantes entre outros, a alimentação, a moradia, o
saneamento básico, o meio ambiente, o trabalho, a renda,
a educação, o transporte, o lazer e o acesso aos bens e
serviços essenciais.”
Determinantes Sociais da
Saúde
 Determinantes 
Fatores/condições/situações com influência direta ou indireta
sobre a saúde das pessoas.

 Sociais 
Produto das relações da vida em sociedade, uma construção
ou produção social, portanto, factível de mudança.

“O componente social na pré-patogênese pode ser definido


como um conjunto de todos os fatores que não podem
ser classificados como componentes genéticos”
(ROUQUAYROL, 2006).
Determinantes Sociais da
Saúde

Definições...

Determinantes sociais de saúde são fatores sociais,


econômicos, culturais, étnicos/raciais, psicológicos e
comportamentais que influenciam a ocorrência de
problemas de saúde e seus fatores de risco na
população.

(CNDSS, 2007)
Determinantes Sociais...
Definições...

“Determinantes sociais da saúde (DSS) são elementos de


ordem econômica e social que afetam a situação de
saúde de uma população: renda, educação, condições de
habitação, trabalho, transporte, saneamento, meio
ambiente”.

Os Determinantes Sociais podem ter influência


negativa na saúde
ou
Os Determinantes Sociais podem ter influência
(Revista Radis nº 45, 2006).
positiva na saúde
Abrangência...
 Fatores socioeconômicos  renda, classe social,
patrimônio, posse de bens específicos (computador, etc.)...
 Fatores sociopolíticos  decisão política, exercício da
cidadania, transparência das ações, acesso à informação...
 Fatores socioculturais  crenças,
atitudes/comportamentos, normas da sociedade...
 Fatores psicossociais  estresse ocupacional, problemas
de relacionamento pessoal e afetivo, desemprego...

 Fatores socioambientais  tamanho e local de


residências, destinação de dejetos, esgotamento sanitário...

(Adaptado do Rouquayrol, 2006


Modelos de Determinantes Sociais de
Saúde

Modelo de Dahlgren e Whitehead

•Inclui os DSS dispostos em diferentes camadas, desde uma camada


mais próxima dos determinantes individuais até uma camada distal,
onde se situam os macrodeterminantes.

•Indivíduos  Macrodeterminantes

Condições econômicas, culturais e ambientais da sociedade


Modelo de Dahlgren e Whitehead

Indivíduos  Macrodeterminantes
Modelo de Diderichsen e Hallqvist

•Enfatiza a estratificação social gerada pelo


contexto social, que confere aos indivíduos
posições sociais distintas, as quais por sua vez
provocam diferenciais de saúde.

Diversificação entre classes


Modelo de Diderichsen e
Hallqvist
Por que enfatizar os determinantes
sociais?
 Os determinantes sociais tem
um impacto direto na saúde.
 Os determinantes sociais
estruturam outros
determinantes da saúde.

 Podem ter um efeito positivo


na saúde (promoção da saúde
e da qualidade de vida) ou
negativo (riscos, doenças e
agravos)

 São as ‘causas das causas’.


(CNDSS, 2007)
Causa das Causas...

“se alguém ainda tem alguma dúvida de que as desigualdades


sociais e econômicas são “causa das causas”, uma das revelações
mais chocantes é a de que a maior causa de doenças evitáveis
no mundo é o baixo peso, ou seja, a desnutrição”.

(Revista Radis nº 45, 2006).


Qual a diferença:
Condições de vida x Estilo de
Vida
Modo de vida e saúde

 Condições de vida: condições materiais necessárias à


manutenção da vida, relacionadas à nutrição, à habitação,
ao saneamento básico e às condições do meio ambiente
(inclui o social) – Circunstância.

 Estilo de vida: formas social e culturalmente determinadas


de vida, que se expressam no padrão alimentar, no
dispêndio energético cotidiano no trabalho e no esporte,
hábitos como fumo, álcool e lazer (Possas, 1989) - Opção
Três princípios de ação
 Melhorar as condições de vida quotidianas – as
circunstâncias em que as pessoas nascem, crescem, vivem,
trabalham e envelhecem.

 Abordar a distribuição desigual de poder, dinheiro e


recursos – os motores estruturais das condições de vida
referidas – aos níveis global, nacionais e locais.

 Quantificar o problema -, avaliar a ação, alargar a base


de conhecimento, desenvolver um corpo de recursos
humanos formado sobre os determinantes sociais da
saúde e promover a consciência pública sobre o tema.

(OMS, 2010).
...

“Habituamo-nos demasiado à morte prematura, doenças e


às condições que lhes dão origem. Porém, grande parte
do peso global das doenças e da morte prematura é
evitável e, por conseguinte, inaceitável e injusto”.
(OMS, 2010).