Você está na página 1de 28

FACULDADE DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA – ÁREA1

Disciplina: Mecânica Geral


Professor: Landson Soares

Equilíbrio de Corpos
Rígidos

Salvador
01/01/2015
Objetivo
Estudo do equilíbrio de sistemas de forças não concorrentes
Introdução
• Quando o sistema força-binário equivalente de todas as ações atuantes no
corpo, em relação a qualquer ponto de referência, é nulo, o corpo está em
equilíbrio.
• Para um corpo em equilíbrio, o sistema de forças não causa qualquer
movimento translacional ou rotacional ao corpo considerado.
• Algebricamente o equilíbrio corresponde a:

que em termos dos componentes retangulares pode ser expresso como:

juntamente com:
Introdução
• A maioria dos problemas que tratam do equilíbrio de um corpo
rígido se enquadra em duas categorias:
 Verificação: quando todas as ações que atuam no corpo rígido
são conhecidas e se deseja saber se a condição de equilíbrio é ou
não atendida.
 Imposição: quando algumas das ações que atuam no corpo
rígido são desconhecidas, normalmente as reações de apoio, e se
deseja saber quem são essas ações desconhecidas que garantem a
condição de equilíbrio.
Introdução
• Para os problemas que envolvem o equilíbrio de um corpo
rígido, escolhe-se uma porção significativa e traça-se um
diagrama separado, denominado de DIAGRAMA DE CORPO
LIVRE, mostrando essa porção, todas as ações que atuam sobre
ela e as cotas (necessárias no cálculo dos momentos das forças).
Equilíbrio de um Corpo
Rígido em Duas Dimensões
• Consideração possível quando todas as forças atuantes no corpo apresentam
um plano comum para suas linhas de ação, assim como os binários, existindo,
estão na direção perpendicular desse mesmo plano.
•Tomando-se o plano das forças como o plano cartesiano xy, todas as forças
apresentam componente z nula. Qualquer binário presente no sistema só
apresenta componente z não nula.
•Para construção do sistema força-binário equivalente, tomando-se um ponto
de referência qualquer no plano das forças, só as equações

precisam ser verificadas/impostas.


Reações de Apoio em Duas Dimensões
Reações de Apoio em Duas Dimensões
Reações de Apoio em Duas Dimensões
Reações de Apoio em Duas Dimensões
Reações de Apoio em Duas Dimensões
Apoios
Apoios
Apoios
Apoios
Apoios
Apoios
Estaticidade de um Arranjo Estrutural
HIPOSTÁTICA: O arranjo apresenta uma insuficiência na vinculação,

permitindo movimentos globais de corpo rígido, possibilitando o equilíbrio


apenas de sistemas de forças particulares.
Estaticidade de um Arranjo Estrutural
ISOSTÁTICA: O arranjo apresenta uma vinculação mínima suficiente para
impedir qualquer movimento global de corpo rígido, sendo as reações de apoio
determinadas exclusivamente através das equações globais de equilíbrio.
Estaticidade de um Arranjo Estrutural
HIPERESTÁTICA: O arranjo apresenta uma vinculação mais do que o
suficiente para não permitir movimentos globais de corpo rígido, não sendo
possível a determinação de todas as reações de apoio exclusivamente através
das equações globais de equilíbrio.
Observações
1. Quando o sentido de uma força ou um binário desconhecido não é
facilmente previsível, não se deve fazer qualquer tentativa de determiná-
lo. Em vez disso, deve-se arbitrar o sentido da força ou binário; O sinal da
solução obtida indicará se a hipótese estava correta ou não.
2. O número de incógnitas deve ser compatível com o número de equações.
3. Os valores obtidos para as reações podem ser verificadas recordando-se
que a soma dos momentos de todas as forças externas em relação a
qualquer ponto deve ser nula.
Exercício 1
Exercício 2
Três cargas são aplicadas a uma viga tal como mostra a figura. A viga é
sustentada por um rolete em A e por um pino em B. Desprezando o peso da
viga, determine as reações em A e B quando P = 67,5 kN.
Exercício 3
A estrutura representada na figura sustenta parte do teto de um pequeno
edifício. Sabendo que a tração no cabo é de 150 kN, determine a reação na
extremidade fixa E.
Exercício 5
Exercício 6
Rótula
Rótulas são características construtivas que têm a propriedade de
não permitir passagem de momento em uma viga. Logo . . .
Rótula
Ache as reações nos apoios B, C e E.