Você está na página 1de 31

DIREITO DO IDOSO

Professor Mestre Denisson Gonçalves Chaves


O que é ser idoso?

Social Pessoal

Jurídico
O que é Direito?
•Direito é a mesma coisa que Justiça?
•O que é Constituição?
•Qual a importância da Constituição para o Direito?
•Qual a diferença entre Direito Humanos e Direito
Fundamentais?
•Quando e porque surgiu do Direito dos Idosos?
Direito do Idoso é um Direito
Humano?
SIM!
Temos a CONVENÇÃO INTERAMERICANA SOBRE A
PROTEÇÃO DOS DIREITOS HUMANOS DOS IDSOS, de
2015.
O Brasil foi o primeiro Estado a aderir a esta convenção.
Ou seja, ela é obrigatória no nosso país.
Direito do Idoso na Constituição
• ART. 229, CF – RESPONSABILIDADE ENTRE GERAÇÕES
Art. 229. Os pais têm o dever de assistir, criar e educar os filhos
menores, e os filhos maiores têm o dever de ajudar e amparar os
pais na velhice, carência ou enfermidade.

ART. 230, CF – RESPONSABILIDADE SOLIDÁRIA


Art. 230. A família, a sociedade e o Estado têm o dever de
amparar as pessoas idosas, assegurando sua participação na
comunidade, defendendo sua dignidade e bem-estar e
garantindo-lhes o direito à vida.
Direito do Idoso na Constituição
• ART. 230, §1 – PROGRAMAS DE AMPARO DOMICILIAR
Art. 230, §1. § 1º Os programas de amparo aos idosos
serão executados preferencialmente em seus lares.

ART. 230, §2 – GRATUIDADE NOS TRANSPORTES COLETIVOS


URBANOS
§ 2º Aos maiores de sessenta e cinco anos é garantida a
gratuidade dos transportes coletivos urbanos.
ESTATUTO DO IDOSO – Lei nº 10.741/2003
As normas do Direito do Idoso são:
a)Direitos Indisponíveis;
b)Normas de Ordem Pública;
c)Doutrina da Proteção Integral.

Quem é a pessoa idosa para o Estatuto?


É instituído o Estatuto do Idoso, destinado a regular os direitos
assegurados às pessoas com idade igual ou superior a 60
(sessenta) anos.
Sempre o idoso será igual ou superior
a 60 anos?
NÃO! Existem algumas situações onde será considerado idoso
APENAS aqueles que tiverem igual ou superior a 65 ANOS.

São elas:
1. BENEFÍCIO DO LOAS – O idoso em estado financeiro de
miserabilidade tem direito a um salário mínimo mensal a partir
dos 65 anos (Lei nº 8.472/1993 – Lei Orgânica da Assistência
Social).
2. GRATUIDADE NO TRANSPORTE URBANO e SEMIURBANO – A
gratuidade é apenas a partir dos 65 anos de idade.
Prioridade no atendimento
I – atendimento preferencial imediato e individualizado junto aos
órgãos públicos e privados prestadores de serviços à população;
II – preferência na formulação e na execução de políticas sociais
públicas específicas;
III – destinação privilegiada de recursos públicos nas áreas
relacionadas com a proteção ao idoso;
IV – viabilização de formas alternativas de participação, ocupação e
convívio do idoso com as demais gerações;
V – priorização do atendimento do idoso por sua própria família, em
detrimento do atendimento asilar, exceto dos que não a possuam ou
careçam de condições de manutenção da própria sobrevivência;
Prioridade no atendimento
VI – capacitação e reciclagem dos recursos humanos nas
áreas de geriatria e gerontologia e na prestação de serviços
aos idosos;
VII – estabelecimento de mecanismos que favoreçam a
divulgação de informações de caráter educativo sobre os
aspectos biopsicossociais de envelhecimento;
VIII – garantia de acesso à rede de serviços de saúde e de
assistência social locais.
IX – prioridade no recebimento da restituição do Imposto de
Renda.
Direitos Fundamentais dos Idosos
1. Direito à Vida 6. Direito a Profissionalização
2. Direito à Liberdade, ao e do Trabalho
Respeito e à 7. Direito à Previdência Social
Dignidade 8. Direito à Assistência Social
3. Direito aos Alimentos 9. Direito à Habitação
4. Direito à Saúde 10. Direito ao Transporte
5. Direito a Educação,
Cultura, Esporte e Lazer
Direito à Vida
Art. 8o O envelhecimento é um direito personalíssimo e a sua
proteção um direito social, nos termos desta Lei e da legislação
vigente.

Direito Personalíssimo significa que ninguém pode abrir mão do


envelhecimento, pois faz parte da sua personalidade.

Direito Social significa que para proteção do direito à vida da


pessoa idosa faz-se necessária intervenção do Estado através de
políticas públicas.
Direito à Liberdade, Respeito e
Dignidade
A pessoa idosa, no domínio de suas faculdades mentais,
tem liberdade para qualquer ato da vida civil, como
liberdade de crença, de opinião, de culto, etc.

O Direito ao respeito consiste na inviolabilidade física,


psíquica e moral, bem como preservação da imagem.
Obs: Expor imagem não autorizada de idoso é crime!
(Detenção de 1 a 3 anos e multa)
Direito aos Alimentos
A pessoa idosa tem direito a prestação alimentar?
SIM, trata-se do que a lei chama de OBRIGAÇÃO
ALIMENTAR AO IDOSO, de natureza solidária, podendo o
idoso escolher entre os prestadores.

Quem deve pagar a “pensão” alimentar do idoso?


Em regra, cabe a pessoa idosa escolher. Ela vai dizer na
ação quem escolher para pagar a prestação alimentar.
Direito aos Alimentos
Quais são os meios de pleitear alimentos para pessoa idosa?
São dois modos:
a)Através de acordos (transações) junto ao MINISTÉRIO PÚBLICO
ou DEFENSORIA PÚBLICA, que terão efeitos de título executivo
extrajudicial.
b)Pelo meio judicial.

Títulos executivos extrajudiciais são documentos capazes de embasar


uma execução, assim sendo, caso tenhamos em mãos um título dessa natureza,
basta acionar o devedor através de uma execução forçada para receber o
quando representado no título, sem a necessidade de ingressar com uma ação
de conhecimento comum para apurar se realmente o autor tem ou não direito.
Direito aos Alimentos
E se os familiares não tiverem condição de pagar pensão?
Quem arca com as despesas será o Poder Público, através
da Assistência Social.

Filho abandonado pelo pai tem que pagar pensão?


De acordo com os juízes e tribunais, NÃO. Porque falta
reciprocidade entre as partes. Ora, o genitor não usou da
boa-fé para o filho.
Direito à Saúde
PRINCIPAIS DIREITOS À SAUDE DOS IDOSOS

• Atendimento ao SUS com atenção especial à prevenção;

• Fornecimento gratuito de medicamentos, especialmente


de uso continuado, além de próteses e órteses;

• Atendimento domiciliar, incluindo internação, para a


população que esteja impossibilitada de se locomover
Direito à Educação, Cultura, Esporte
e Lazer

Direitos!
Os idosos tem direito à Para fazer uso do
educação, adequada Desconto de pelo menos benefício basta
as suas particularidades, 50% nos ingressos para apresentar documento
bem como cursos de eventos artísticos, com foto que comprove
técnicas de culturais, esportivos e de a idade: RG, Carteira de
comunicação e lazer. Trabalho, Habilitação,
computação. Carteira do Idoso, etc.
Direito a Profissionalização e
Proteção do Trabalho
É vedada a discriminação e a fixação de limite máximo de idade,
inclusive para concursos, ressalvados os casos em que a natureza
do cargo o exigir

Súmula 683 do STF: “O limite de O primeiro critério de


idade para a inscrição em desempate em concurso
concurso público só se legitima
público deve ser a: idade,
em face do art. 7°, XXX, da
Constituição, quando possa ser dando-se preferência ao de
justificado pela natureza das idade mais
atribuições do cargo a ser elevada.
preenchido”
Direito à Habitação
O idoso tem direito a moradia digna, no seio da família
natural ou substituta, ou desacompanhado de seus
familiares, quando assim o desejar, ou, ainda, em
instituição pública ou privada
Quem escolhe onde ficar é o IDOSO, não os familiares!
• Ele pode escolher ficar na família;
• Ele pode escolher ficar sozinho;
• OU, pode escolher ir para o asilo ou abrigo.
Direito à Habitação
Nos programas habitacionais financiados pelos recursos públicos,
como Minha Casa, Minha Vida, o idoso tem prioridade na
aquisição de MORADIA PRÓPRIA, da seguinte forma:
a) Reserva de pelo menos 3% das habitações para os idosos -
preferencialmente no térreo.
b) Equipamentos urbanos voltados para os idosos (academias e
parques)
c) eliminação de barreiras arquitetônicas e urbanas;
d) critérios de financiamento compatíveis com os rendimentos da
aposentadoria e pensão;
Direito à Assistência Social
BENÉFICIO DA PRESTAÇÃO CONTINUADA (BPC)
O que é o BPC?
Benefício assistencial garantido aos idosos e pessoas com deficiência
em estado de miserabilidade, no valor de 01 (um salário) mínimo.
Quem tem direito?
• Idosos a partir de 65 anos de idade;
• Não tem meios para prover sua subsistência, nem sua família
• A renda mensal familiar deve ser inferior a ¼ do salário mínimo.
Quem recebe BPC pode cumular com aposentadoria?
NÃO. Não pode nem acumular com aposentadoria, nem qualquer
outro benefício.
Direito ao Transporte

Transporte Urbano e Semiurbano


Para ter acesso
Idosos com mais Idosos entre 60 e
ao direito, basta
65 anos de 65 anos idade
apresentar
idade têm vai depender
documento
GRATUIDADE de Lei local
com foto.
Direito ao Transporte

Transporte Interestadual
Desconto de 50%, no
Reserva de DUAS vagas
mínimo, no valor das
gratuitas para idosos (60
passagens, que
anos) com renda inferior
excederem as vagas
a dois salários mínimos.
gratuitas.
Direito ao Transporte
• O que o idoso precisa para ter direito a gratuidade ou meia
passagem interestadual?
Um documento com foto (e uma cópia) e o comprovante de
renda (pode ser o de aposentadoria).
O idoso precisa se cadastrar na empresa de transporte para fazer
uso desse direito?
Não. Exigir do idoso cadastro é ilegal.
A quem denunciar no caso de negativa de meia passagem ou
gratuidade?
A ANTT, que fica em todas as rodoviárias, ou ao Ministério Público,
Conselho do Idoso.
Direito ao Transporte
É assegurada a reserva, para os idosos, nos
termos da lei local, de 5% das vagas nos
estacionamentos públicos e privados, as
quais deverão ser posicionadas de forma a
garantir a melhor comodidade ao idoso.
Crimes contra a Pessoa Idosa
Os crimes contra a pessoa Idosa são de AÇÃO PENAL PÚBLICA
INCONDICIONADA, ou seja, o Ministério Público, ao ter ciência do
crime não precisa de representação da vítima, ele sozinho pode dar
prosseguimento a ação penal.
DISCRIMINAÇÃO DA PESSOA IDOSA
Art. 96. Discriminar pessoa idosa, impedindo ou dificultando seu
acesso a operações bancárias, aos meios de transporte, ao direito de
contratar ou por qualquer outro meio ou instrumento necessário ao
exercício da cidadania, por motivo de idade:
Pena – reclusão de 6 (seis) meses a 1 (um) ano e multa.
§ 1o Na mesma pena incorre quem desdenhar, humilhar, menosprezar
ou discriminar pessoa idosa, por qualquer motivo.
Crimes contra a Pessoa Idosa
OMISSÃO DE ASSISTÊNCIA ABANDONO EXPOSIÇÃO AO PERIGO
Art. 97. Deixar de prestar Art. 98. Abandonar o idoso Art. 99. Expor a perigo a
assistência ao idoso, em hospitais, casas de integridade e a saúde,
quando possível fazê-lo saúde, entidades de longa física ou psíquica, do idoso,
sem risco pessoal, em permanência, ou submetendo-o a condições
situação de iminente congêneres, ou não prover desumanas ou
perigo, ou recusar, retardar suas necessidades básicas, degradantes ou privando-o
ou dificultar sua assistência quando obrigado por lei ou de alimentos e cuidados
à saúde, sem justa causa, mandado: indispensáveis, quando
ou não pedir, nesses casos, Pena – detenção de 6 (seis) obrigado a fazê-lo, ou
o socorro de autoridade meses a 3 (três) anos e sujeitando-o a trabalho
pública: multa. excessivo ou inadequado:
Pena – detenção de 6 Pena – detenção de 2
(seis) meses a 1 (um) ano e (dois) meses a 1 (um) ano e
multa. multa.
Crimes contra a Pessoa Idosa
Art. 102. Apropriar-se de ou desviar bens, proventos, pensão ou qualquer outro
rendimento do idoso, dando-lhes aplicação diversa da de sua finalidade:
Pena – reclusão de 1 (um) a 4 (quatro) anos e multa.

Art. 103. Negar o acolhimento ou a permanência do idoso, como abrigado, por recusa
deste em outorgar procuração à entidade de atendimento:
Pena – detenção de 6 (seis) meses a 1 (um) ano e multa.

Art. 104. Reter o cartão magnético de conta bancária relativa a benefícios, proventos ou
pensão do idoso, bem como qualquer outro documento com objetivo de assegurar
recebimento ou ressarcimento de dívida:
Pena – detenção de 6 (seis) meses a 2 (dois) anos e multa.
Crimes contra os Idosos
•QUEM PROCURAR?
1.Autoridade Policial;
2.Ministério Público;
3.Conselho Municipal do Idoso; Conselho
Estadual ou Conselho Nacional.