Você está na página 1de 13

SINAIS DE PARTO

O trabalho de parto é dividido em:

 Dilatação  Primeiro Período do Parto

 Expulsão  Segundo Período do Parto

 Secundamento  Terceiro Período do Parto -> Saída da Placenta


 Características das fazes variam de mulher para mulher

 É difícil delimitar quando começa ou termina uma ou outra etapa


PERÍODO PRÉ-PARTO (ENSAIO)
Início entre 30ª e 36ª semana de gestação

Compactação do útero

Contração uterina irregulares

Acomodação do Bebe no canal de parto


PERÍODO PRÉ-PARTO (ENSAIO)
 Aparecimento de cólicas  Irregulares

 Confusão entre Contrações reais do trabalho e parto e as contrações


falsas(“Braxton-Hicks”)

Procura do auxilio medico fora de hora


TAMPÃO MUCOSO
 Aumento da secreção do colo uterino.
 Pode possuir rajas de sangue -> rompimento de pequenos vasos do endométrio
Precede em poucas horas o trabalho de parto.

OBS.: Em alguns casos o tampão mucoso pode descer muito tempo antes do devido, pode não
indicar nada, porém a gestante deve procurar auxilio medico para verificar a possibilidade
de não estar entrando em trabalho de parto pré-termo ( 37 semanas (<259 dias)).
A termo (>37 semanas <42 semanas)
Pós-Termo (>=42 semanas)
Referencia: DataSUS
FASE LATENTE DO PARTO
 Contrações uterinas tornam-se mais progressivas, mais intensas e regulares

Colo do útero começa a se dilatar lentamente

 Gestantes de primeiro filho essa fase dura em media 20h, caso contrario, dura
em media 14h
FASE LATENTE DO PARTO
 Caso não seja gestação de risco

Indicação medica

A gestante é aconselhada a permanecer em casa para um melhor conforto e


preparação para o trabalho do parto.
FASE ATIVA DO PARTO
Etapa mais importante
A gestante deve possuir total conhecimento para se dirigir no momento certo a
maternidade.
FASE ATIVA DO PARTO
Sinais e Sintomas:
Aumento da frequência e da duração das contrações uterinas:+/- 3
contrações/10min com duração de 50s cada
Rotura da bolsa maioria das vezes espontânea; Percebi pela expulsão de um
liquido claro pelo canal vaginal.
Obs.:Caso a rotura ocorra antes dessa fase(Rotura prematura da membrana), a
gestante deve procurar a maternidade, mesmo sem início das contrações.
 Essa fase dura algumas horas e termina com a dilatação total de 10cm do colo do
útero e posterior saída do bebe.
Não há um momento especifico para o internamento da gestante.
Quando internar?
-Dificuldade de acesso ao local do parto
-Potencial de apresentar complicações no trabalho de parto normal
-Parturientes com idade gestacional superior a 41 semanas
 Tem quadro de rotura prematura das membranas
 Doenças como hipertensão;
 Internamento imediato ao aparecimento de sintomas.
DIFERENÇA ENTRE TRABALHO DE PARTO REAL E
FALSO
REFERENCIAS
Brasil. Ministério da Saúde. Manual Parto, Aborto e puerpério, assistência
humanizada a mulher.2003.
Brasil. Ministério da Saúde. Manual técnico: Pré-natal e puerpério, atenção
qualificada e
humanizada. 2005.
Brasil. Ministério da Saúde. Manual técnico: Assistência Pré-natal. 2000.
http://www.datasus.gov.br/cid10/V2008/WebHelp/definicoes.htm