Você está na página 1de 30

CULTURA DE GERGELIM

Origem

• Origem do nome
• Gergelim (termo que hoje só se usa no Brasil) provém do
árabe vulgar gilgilan, do árabe clássico ģulģulãn, significando
"grão de coentro".
Introdução
• O gergelim ou sésamo é uma planta anual
herbácea, gamopétala, originária do Oriente,
pertencente à família das pedaliáceas (Sesamum
indicum), com propriedades medicinais, de flores
alvas, róseas ou vermelhas, hermafroditas,
malcheirosas, dispostas nas axilas das folhas, e
cujo fruto é cápsula oblonga, pubescente, com
sementes oleaginosas, pequenas, amarelas, alvas
ou pretas, arredondadas e levemente
comprimidas.
Classificação científica

• Reino: Plantae
• Divisão: Magnoliophyta
• Classe: Magnoliopsida
• Ordem: Lamiales
• Família: Pedaliaceae
• Género: Sesamum
• Espécie: S. indicum
• Nome binomial: Sesamum
indicum L.
Importância Económica
 Fonte de renda para agricultores e contribui para
aumentar o PIB do pais produto;

 Sua participação na receita cambial.

 Pela contribuição a formação de capital no sector


agrícola do pais exportador.

 Expressiva capacidade de absorção de mão-de-obra.


• As sementes de gergelim são ricas em manganês,
cobre e cálcio (90 mg de cálcio por colher de
sopa para sementes integrais (não descascadas) e
10 mg para sementes descascadas), e contém
Vitamina B1 e Vitamina E. Elas contém um
poderoso antioxidante (chamados "lignans" em
inglês), que também é anticancerígeno. Elas
também contém fitoesteróis, que bloqueam a
produção de colesterol. Os nutrientes do
gergelim são melhores absorvidos se triturados
antes do consumo.
Uso doméstico
• Seu pó pode ser usado em canapés, pães,
biscoitos, quentão, cremes, pudim; para
tempero de aves, carne de porco, peixes,
saladas de frutas. bolos de especiarias, pé-de-
moleque e cocada nordestina, massas de torta
e patê e em caldos (pitada).
Morfologia
• Planta herbácea de aproximadamente 1 metro de altura.
Caule simples. Flores branco-arroxeadas, em forma de
corneta, em espigas compridas. Sementes oleaginosas.

Ciclo Fenológicos

• Fase vegetativo
• Fase reprodutivo
• Fase de Maturação
Exigências Edafoclimáticas
Clima: O gergelim é considerado planta tropical e subtropical;
vem sendo cultivado em quase todos os países de clima
quente e em zonas temperadas (mais amenas, até 16ºC).
A altitude da zona de plantio não deve ultrapassar a 1.250m.
A temperatura média do ar deve estar entre 25ºC e 27ºC
(notadamente para germinação, para manter
crescimento/desenvolvimento da planta e para manter altos
os teores de sesamina e sesamolina).
chuvas leves de 400 a 650mm./ano bem distribuídas - 160 a
180mm. no primeiro mês de vida
O brilho solar por 12 a 14 horas/dia (10 horas de
preferência);baixas altitudes (próximas ao zero) e boa
luminosidade são interessantes para o gergelim.
Nota: O gergelim é considerada planta resistente à seca; Weis
1971
• Solos: O gergelim prefere solos profundos - 0,6m. a acima -
com textura franca, bem drenados e de boa fertilidade natural
(macro e micronutrientes) e nunca solos salinos. A planta
pode crescer/desenvolver-se em tipos diversos de solos sem
atingir a plenitude observada nos solos preferenciais. Os solos
devem apresentar reação neutra - pH próximo a 7 - não
tolerando, a planta, aqueles com pH abaixo de 5,5 ou acima
de 8, é extremamente sensível à salinidade e alcalinidade (por
sódio trocável). Em regiões semi-áridas do Nordeste (Seridó,
Cariri, Sertão) os solos são razoáveis para o cultivo da planta
que é considerada esgotante do solo sendo sensível ao
encharcamento e a saturação hídrica do solo.
 ,.
Preparo do solo
 Pode ser:
Preparo com solo seco
Preparo com solo húmido
• Preparo com solo seco
• Inicialmente fazer trituração e pré-incorporação
de restos culturais e plantas daninhas tardias
através de grade aradora; em seguida realiza-se
uma aração de 20-30cm. de profundidade
plantando-se no seco ou no início do período
chuvoso.
• Preparo com solo húmido
• Tritura-se e incorpora-se restos culturais e
plantas daninhas com uso de grade leve ou
niveladora; 7 a 15 dias após incorporação realiza-
se uma aração com arado de aiveca. Evitar uso
de grade aradora ou muito pesada.
Épocas de plantio

• Para cultivares de ciclo longo (4-6meses)


recomenda-se o plantio no início das chuvas;
para cultivares de ciclo longo fazer plantio

Semeadura

• A semeadura pode ser realizada em sulcos


contínuos, à mão ou mediante o emprego de
semeadoras adaptadas.
Semeia-se (6-10 sementes) simultaneamente
num sulco.
Não utilizar sulcos com profundidade acima de
3cm.; com o espaçamento de 100cm e 20cm
entre as plantas, gasta-se 1 a 3 quilos de
sementes para semear um hectare.
Plantio

• O gergelim deve ser propagado,


comercialmente, por sementes; por serem
pequenas elas devem ser lançadas em solo
bem preparado com objectivo de facilitar a
emergência das plantinhas, promovendo o
seu estabelecimento rápido e evitar a
competição de ervas daninhas.
• Deve-se plantar em período tal que o
amadurecimento/colheita das plantas ocorra
em período seco (sem incidência de chuvas
sobre as capsulas abertas).
Adubação

• O gergelim é considerado planta esgotante de


solos; de uma maneira geral, para fins de
adubação, recomenda-se retirar amostras de
solo, na profundidade de 0-20cm.
• Deve-rotação cultural - com milho e algodão
herbáceo - em solos adubados no ano
anterior.

Tratos Culturais

• Desbaste: para atender à recomendações referentes aos


espaçamentos e densidades de plantio é necessário proceder-
se ao raleamento ou desbaste no campo; este deve ser feito
em duas etapas e com solo húmido:
• Primeira
• Plantas com 4 folhas - deixa-se 4-5 plantas por unidade de
espaçamento dentro da fileira;
• Segundo
• Plantas com 12-15cm. de altura - em desbaste definitivo-
deixa-se uma a duas plantas por unidade de espaçamento
dentro da fileira.
• Controle de ervas daninhas: gergelim é planta
de crescimento inicial lento; o preparo do solo
já auxilia no controle de ervas quando é feito
com trituração/incorporação e aração com
terreno úmido
Rendimentos

• Sessenta (60) a cento cinqüenta (150) gramas


de sementes ou mais - duzentos (200) gramas
- de grãos por metro quadrado traduzem em
bom rendimento da lavoura; As cultivares
neste artigo relacionadas podem render
2.000kg/ha de grãos - lavouras irrigadas - e
500-1.000kg/ha (lavouras de sequeiro).
COLHEITA

• O fruto do gergelim, é cápsula deiscente, isto


é, abre-se com a secagem liberando as
sementes. A colheita deve ser feita antes de
ocorrer a secagem no campo a época de
colheita ocorre ao redor de 95 dias depois da
germinação, quando as folhas estão amarelas.
A colheita manual é feita por
etapas:
• 1. Corte das plantas, na base da haste
• 2. Secagem em terreiro ou protegida para
evitar perdas
• 3. Trilha e limpeza da sementes
• 4. Embalagem e armazenamento
Doenças
Agente Nome cientifico Sintoma Tratamento
patologico
Podridão Negra Macrophomina coloração marrom- cultivares
do Caule phaseolina (Tassi) claro no caule e ramos resistentes

Murcha de Fusarium oxysporum no corte transversal uso de sementes


Fusario do caule livres do agente,
rotação de culturas
variedade resistente
Virose Clorose nas superfícies Cultural
foliar Cultivares
resistentes
Químico
Pragas
• Lagarta enroladeira: Antigastra catalaunalis,
Lepidoptera. É a principal praga de cultura,
exige controle sistemático em lavouras extensas
ou em áreas tradicionais de cultivo
notadamente em anos de pouca chuva
• O controle deve ser feito antes da frutificação
com deltametrina (Decis).
• Cigarrinha Verde
• Empoasca sp., Homoptera. Inseto transmissor
de viroses e da filoidia para o gergelim
notadamente quando existem feijoeiros e
• O controle pode ser feito através de aplicação
de agroquímicos à base de Tiometom ou
Pirimicarb.
• Mancha Angular: agente causador de doença-
fungo Cylindrosporium sesami, Hansford: das
principais moléstias, causa sérios prejuízos à
planta
• Concluiu-se que o gergelim é uma cultura que
tolera a seca com também contribui para o PIB
dos países produtores e absorve a mão-de-
obra e contridui para a renda da família dos
agricultores.
Autores
Alunos de 4ª Ano de Agronomia
Sala C3
• Michelson Trindade
• Gualdino Emcarnação
• Sara Domingos
• Edna Dias
• Isalda Duarte